108 ANOS DA IMIGRAÇÃO JAPONESA: Políticos nikkeis citam legado dos pioneiros para enfrentar a crise

A exemplo do que ocorreu no ano passado, a cerimônia em comemoração aos 108 anos da imigração japonesa no Brasil será organizada em conjunto pelos deputados federais, deputados estaduais e vereadores nikkeis na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo quebrando, assim, o “rodízio” que estava sendo feito desde 2013. Pelo acordo, a cada ano a solenidade seria realizada alternadamente na Assembleia e na Câmara Municipal. A Assembleia recebeu  a cerimônia em 2013 e no ano passado, enquanto a Câmara Municipal abrigou o evento uma única vez, em 2014. A medida foi adotada para evitar “saia-justa” como aconteceu em 2012, quando a Assembleia recebeu duas cerimônias em um prazo de quatro dias, sendo que uma “coincidiu” com outro evento na Câmara Municipal.

 

Arquivo: Aldo Shiguti

Arquivo: Aldo Shiguti

 

O deputado estadual Jooji Hato (PMDB) admite que “não prestou atenção nesse detalhe”, mas enfatizou que “a ordem dos fatores não tem importância”. “Marcamos para a Assembleia atendendo a um pedido do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), justificou, acrescentando que “o local não importa, o importante é comemorarmos com união”.

O também deputado estadual Hélio Nishimoto (PSDB) ficou surpreso ao ser informado pela reportagem do Jornal Nippak sobre a “quebra do acordo”. “No próximo ano a gente corrige”, afirmou.

 

No ano passado, sessão solene também foi realizada na Assembleia Legislativa de São Paulo. Arquivo Jiro Mochizuki

No ano passado, sessão solene também foi realizada na Assembleia Legislativa de São Paulo. Arquivo Jiro Mochizuki

 

Esquecimentos à parte, este ano, além dos deputados estaduais Jooji Hato e Hélio Nishimoto, participam “oficialmente” da sessão solene a deputada federal Keiko Ota (PSB) e os vereadores Masataka Ota (PSB) e George Hato (PMDB). Líder da bancada do PSDB na Câmara Municipal, o vereador Aurélio Nomura informou que não poderá estar presente por não conseguir conciliar sua agenda.

“Lamento não poder participar, mas já estava com um compromisso assumido há três meses e não tive como desmarcar e também não foi possível alterar a data na Assembleia”, justificou Nomura, acrescentando que “trata-se de uma data extremamente significativa para nós, descendentes de japoneses”.

 

Cônsul Takahiro Nakamae participou da cerimônia na Assembleia. Foto: Aldo Shiguti

Cônsul Takahiro Nakamae participou da cerimônia na Assembleia. Foto: Aldo Shiguti

 

Sakuras – “É a oportunidade de manter acesa a chama da honestidade, seriedade e dedicação que marcou a trajetória dos nossos antepessados”, explicou o parlamentar, que revelou ao Jornal Nippak que na próxima quarta-feira (8), a partir das 13h30, em parceria com os vereadores Ota e George Hato, estará participando de uma cerimônia de plantio de 9 mudas de pés de cerejeiras em torno da Câmara Municipal, incluindo a Praça Paulo Kobayashi, organizada pela Federação de Sakura e Ipê do Brasil.

 

Shuken Matsudo – Como nos anos anteriores, cada parlamentar indicará um homenageado. Masataka Ota vai homenagear Shuken Matsudo, um dos diretores da Associação Okinawa do Brasil. “Sinto-me honrado em participar desta homenagem à comunidade nipo-brasileira, a maior do mundo depois do Japão. Mais do que isso, como okinawano, tenho  visitado todas as associações na cidade, levando como mensagem a necessidade de união entre todos os japoneses, filhos, netos e bisnetos em torno de nossas tradições e cultura”, disse Ota, destacando que “creio que precisamos resgatar a presença dos jovens dentro dos Bunkyos e kaikans como forma de manter vivas a cultura e as tradições de nosso povo”.

 

Satie Akamine – O também vereador Geroge Hato, que homenageará a professora de música Satie Akamine, ressaltou a importância da data afirmando que “sempre é bom recordar a imigração, pois essa lembrança fortalece a cultura japonesa e é também um momento que podemos reunir várias lideranças e amigos que contribuem para o desenvolvimento não só da cidade de São Paulo como também da sociedade brasileira”, explicou George, acrescentando que “precisamos de muita união, principalmente nesse momento conturbado que o país atravessa”.

“Nossos odityans e obatyans chegaram ao Brasil e só trabalharam. “O trabalho é uma das principais virtudes do povo japonês e nós só vamos conseguir superar essa crise com muito tgrabalho e união”, enfatizou o vereador, que buscou inspiração em exemplos de superação. “Os japoneses superaram várias crises, como a bomba atômica, terremotos e tsunamis, com a união do povo e muito trabalho”, enfatizou.

 

Os proponentes da sessão solene realizada em 2015 na Assembleia posam com os homenageados.

Os proponentes da sessão solene realizada em 2015 na Assembleia posam com os homenageados.

 

Takashi Morita – Seu pai, o deputado estadual Jooji Hato, vai além. Seu sonho é um dia “transformar o Brasil igual ao Japão”. “A imigração japonesa trouxe para o país muita contribuição, seja ela na agricultura, na cultura ou na educação. Eles aqui vieram e acabaram ficando, deixando um legado de honestidade, dignidade e amor ao trabalho para que pudéssemos contribuir com a construção de um país melhor”, disse Hato, que homenageará o sobrevivente da bomba atômica, Takashi Morita. “Hoje só vamos conseguir sair dessa crise social, econômica, moral e política que o país atravessa com trabalho, honestidade e dedicação”, destacou.

 

Eiki Shimabukuro – Para o deputado Hélio Nishimoto, 18 de junho é uma data que “tem que ser comemorada todos anos pela comunidade nipo-brasileira para relembramos o importante legado deixado pelos nossos antepassados”. “Hoje estamos atravessando um momento delicado em que precisamos novamente dos exemplos japoneses como a determinação para que possamos recuperar uma posição mais digna”. “E esse é um momento propício para colocarmos em prática essas características e influenciarmos a sociedade brasileira”, disse Nishimoto, que indicou o atual presidente da Associação Okinawa do Brasil, Eiki Shimabukuro para receber a homenagem em nome da comunidade okinawana.

 

Joe Hirata – Já para a deputada federal Keiko Ota, a comunidade nikkei tem muito a comemorar. “Nestes 108 anos, celebramos não apenas o sucesso da maior comunidade japonesa fora do Japão, mas exaltamos o orgulho do legado deixado pelos nossos queridos ancestrais”, disse Keiko, que homenageará o cantor Joe Hirata.

O também deputado federal Walter Ihoshi (PSD-SP) destacou a importância da data. “É momento de reverenciar nossos pioneiros e homenagear  os líderes da comunidade que têm se dedicado à nossa cultura e a disseminar nossos valores e tradições”, disse Ihoshi, lembrando que “faltam apenas dois anos para completarmos os 110 anos da imigração. “Parece ontem que estávamos comemorando o Centenário. Esperamos mais uma vez que a comunidade faça uma grande festa integrando cada vez mais os dois países”, finalizou Ihoshi.

Depois dos discursos será servido um coquetel aos presentes. A sessão solene é aberta a todos e terá início a partir das 20 horas do dia 13 de junho, no Plenário Juscelino Kubitschek da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

     

     

     

    Related Post

    CAMINHO DE SANTIAGO: Integrantes da Naguisa percor... Numa realização inédita, integrantes do Programa Arukokai Naguisa (PAN) percorreu a pé o famoso Caminho de Santiago de Compostela, entre os meses de m...
    KARAOKÊ / 27º BRASILEIRÃO: Renato Chibana é bicamp...   O seu nome já está lá, registrado na galeria dos campeões.  O cantor e professor Renato Chibana venceu o Grand Prix da maior festa do Karaok...
    18º YATAI MATSURI Província de NAGANO - Shiitake Gohan (arroz com cogumelo) – Bolos, Província de SHIGA - Oumi Niku Udon (macarrão com carne), Província de OITA - Torim...
    SILVIA IN TOKYO: Perto da décima vitória no sumô... O lutador de sumô Kaisei (Ricardo Sugano) está perto da décima vitória no torneio de verão   Kaisei, ao vencer o lutador...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *