109 ANOS DA IMIGRAÇÃO/ESPECIAL: Sessão Solene na Câmara Municipal de São Paulo homenageará os 109 Anos da Imigração

Como acontece desde 2013, políticos nikkeis se unem mais uma vez para celebrar os 109 Anos da Imigração Japonesa no Brasil. Realizado em conjunto pelo deputado federal Walter Ihoshi (PSD-SP), pelos deputados estaduais Jooji Hato (PMDB), Hélio Nishimoto (PSDB) e Pedro Kaká (PTN) e pelos vereadores Aurélio Nomura (PSDB), Rodrigo Hayashi Goulart (PSD), George Hato (PMDB) e Masataka Ota (PSB), a Sessão Solene está marcada para o dia 30 de junho, a partir das 19 horas, no Plenário 1º de Maio da Câmara Municipal de São Paulo.

Será a segunda vez que a “casa do povo” será palco das comemorações desde que a cerimônia passou a ser organizada em conjunto pelos vereadores, deputados estaduais e deputados federais. Considerada a maior casa legislativa municipal do Brasil, a CMSP abrigou o evento em 2014, além dos 120 anos da assinatura do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação Brasil-Japão e do centenário do Consulado Geral do Japão em São Paulo, em 2015.

 

Sessão Solene na Câmara Municipal de SP homenageará os 109 Anos da Imigração. Foto: Jiro Mochizuki

 

A medida foi adotada para evitar episódios como os de 2012, quando a Assembleia Legislativa recebeu duas cerimônias em um prazo de quatro dias, sendo que uma “coincidiu” com outro evento na Câmara Municipal.

Este ano, a única ausência será da deputada federal Keiko Ota (PSB). Sua assessoria informou que, nesse dia, ela estará cumprindo agenda fora do município, nas cidades de Dois Córregos e Jaú, e que “infelizmente não foi possível reagendar os compromissos assumidos anteriormente”. “Existe 95% de chance de a deputada não participar”, informou Issao Hoshino, do Gabinete.

Como nos anos anteriores, cada parlamentar homenageará uma personalidade, associação ou entidade. Este ano foram indicados Seiko Komesu (George Hato), Associação Cultural Tottori Kenjin do Brasil (Pedro Kaká), União das Associações Culturais de Santo Amaro (Rodrigo Goulart), Eiji Denda (Aurélio Nomura), Harumi Goya (Ota), Kiyoshi Onaga (Jooji Hato), Masayuki Okumura (Hélio Nishimoto) e Toyohiro Shimura (Walter Ihoshi).

Será também a segunda vez que a presidente do Bunkyo será homenageada. A primeira foi em 2015. Na ocasião, ela foi indicada pelo deputado estadual Hélio Nishimoto.Harumi Goya ficou surpresa ao ser informada pelo Jornal Nippak que se tratava da mesma homenagem e disse que declinaria o convite. Já a assessoria do vereador Ota confirmou a indicação na quarta-feira, 21, pelo fato da homenageada ter sido a primeira mulher a assumir a presidência do Bunkyo, considerada a principal entidade representativa da comunidade nipo-brasileira e por todo seu trabalho junto às associações nikkeis.

 

No ano passado, cerimônia foi realizada na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Foto: Jiro Mochizuki

 

Primeira vez – Participando pela primeira vez, Rodrigo Hayashi Goulart lembrou que seus avós maternos nasceram no Japão e que seu pai, o hoje deputado federal Antonio Goulart (PSD-SP), “quando das comemorações do Centenário da Imigração, como marido de uma descendente,  na época deu sua grande contribuição como vereador”. “E agora, no meu primeiro mandato como vereador, tenho a honra de também poder participar e ajudar para que essa homenagem aconteça”, disse Rodrigo, explicando que a União das Associação Culturais de Santo Amaro aagrega diversas associações da zona Sul, desde Santo Amaro até a Capela do Socorro, Parelheiros, Grajaú, Campo Limpo e M’Boi Mirim, enfim, de toda a Grande Sato Amaro.

 

Braços abertos – Para George Hato, “os 109 anos da Imigração Japonesa no país influenciaram e contribuíram para a cultura brasileira”. “O Brasil hoje é o país com maior número de descendentes japoneses fora do Japão e os laços entre os dois países estão cada vez mais fortes. O Brasil recebeu os imigrantes japoneses de braços abertos, e em contrapartida contribuiu fortemente com o desenvolvimento sócio-econômico nos proporcionando uma cultura milenar, honestidade, disciplina e de trabalho”, explicou George, acrescentando que “o Japão é uma nação que trabalha muito pelo país, antecipando o futuro, sem desprezar as lições do passado”.

“É gratificante fazer parte desta cultura e contribuir para que essa união se estreite cada vez mais”, disse o vereador. “Que venham mas 109 anos de muita união para que nossas gerações possam desfrutar e dar continuidade a história do nosso país”, finalizou George, que homenageará Seiko Komesu.

 

Lugar ao sol – Líder do Governo na Câmara Municipal de São Paulo, Aurélio Nomura lembrou as dificuldades enfrentadas pelos pioneiros. “Era para ser uma viagem de três anos ou pouco mais, trabalhando nas lavouras de café, no Estado de São Paulo. No entanto, o que era para ser uma viagem passageira, com previsão de ganhar muito dinheiro e depois retornar ao seu país de origem, se tornou um veradeiro pesadelo ao enfrentarem o ressentimento dos fazendeiros de café com a abolição da escravatura, que passaram então a destinar suas frustrações nos imigrantes que, além de estarem sob o impacto das diferenças de costumes, clima e alimentação, ainda tinham que trabalhar arduamente de sol a sol”, observou Nomura, acrescentando que “não bastasse, os japoneses tiveram ainda o dissabor de, ao término de um ano de trabalho, verificar que eles é que deviam aos fazendeiros, pois compravam todos os seus suprimentos nos armazéns das fazendas”.

Apesar de todas essas dificuldades, conta o vereador tucano, os japoneses e seus descendentes, conquistaram um lugar ao sol. “Fruto da dedicação, perseverança e trabalho, bem como dos ensinamentos de seus pais de se prepararem tanto na parte física como espiritualmente. Hoje temos um legado em todos os setores laboriosos da nossa sociedade, o que é motivo de júbilo para todos nós”, disse Nomura, que elencou algumas conquistas do seu homenageado.

“Atual presidente da Naguisa, que reúne ex-funcionários e aposentados do conglomerado do Sistema Financeiro América do Sul, Eiji Denda iniciou sua vida como entregador do Jornal Paulista e fez carreira no Banco América do Sul. Foi fundador do Grupo Escoteiro Caramuru e ocupa cargos como os de vice-presidente do Conselho da Aliança Cultural Brasil-Japão, vice-presidente do Bunkyo, presidente do Conselho da Fundação Kunito Miyasaka e presidente do Rotary da Aclimação”.

 

O cônsul Takahiro Nakamae discursa durante evento em 2016. Foto: Jiro Mochizuki

 

Gratidão – Para o deputado estadual Hélio Nishimoto, que homenageará o médico Masayuki Okumura – “uma referência dentro da cultura japonesa na sociedade brasileira e um grande colaborador da comunidade nipo-brasileira” – “é sempre importante celebramos esta data porque os japoneses contrubuíram e muito para o desevolvimento do país”.

Seu colega na Assembleia paulista, Pedro Kaká, disse que indicou a Associação Tottori “pela minha ancestralidade”. Apesar de afirmar que participa “muito pouco” das atividades do kenjinkai, Kaká conta que, na década de 90, ajudou a associação Tottori a adquirir o imóvel onde foi construída a sede atual. “Fui o responsável pela parte jurídica, cuidando de toda documentação”, disse o deputado, lembrando que sua irmã, a arquiteta Lúcia Kikudome, também ajudou a elaborar o projeto.

“Já em meados da década de 90, fui um dos 14 ou 16 convidados do Tottori Kenjinkai a visitar o Japão por intermédio do governo daquele país”, disse Kaká, afirmando que, independente disso, é importante celebrar essa data “para não deixarmos cair no esquecimento tudo aquilo que fez e faz parte do povo nipônico”. “Todos os descendentes, inclusive eu, que sou nissei, temos que ter esse sentimento de gratidão. Temos que saber agradecer, reverenciar e reconhecer o trabalho de quem fez por nós”, destacou.

 

Serenidade – Em meio às turbulências do cenário político, o deputado federal Walter Ihoshi lembrou que este ano “precede o grande evento de 2018, quando a comunidade japonesa vai celebrar os 110 Anos da Imigração”. “Parece que foi ontem que celebramos o Centenário, quando relizamos diversos eventos e projetos. Foi um privilégio, no meu primeiro mandato como deputado federal, representar a comunidade nipo-brasileira nas festividades que contou com a presença do príncipe herdeiro Naruhito. Agora, no meu terceiro mandato, vou ter a honra novamente de receber Suas Altezas e as autoridades japonesas”, observou Ihoshi, acrescentando que “é momento de preparar o terrenos para 2018 mas também é momento de muita serenidade”.

 

Valores – “O Brasil, como todos sabem, está atravesando um momento muito delicado e ao lembramos dos pioneiros, nós temos que reconhecer que aqueles imigrantes foram exemplos de vida, de dedicação, sobretudo de moral e ética. Valores que hoje devem servir de inspiração para todos, incluindo nós, do mundo político. Então, é momento de olhar para frente, mas pretando atenção no presente”, disse Ihoshi explicando que conheceu seu homenageado, Toyohiro Shimura, no ano de 2001, então um grande líder na zona Norte de São Paulo e que consolidou sua atuação à frente da União São Paulo Norte”. “Ele sempre incentivou a participação dos jovens, mesmo quando era vice-presidente do Bunkyo. Atualmente como presidente de honra da São Paulo Norte, para mim é uma grande honra prestar essa justa homenagem a esse grande líder que tanto fez pela nossa comunidade”, comentou Walter Ihoshi.

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

     

    Sessão Solene Em Comemoração Aos 109 Anos Da Imigração Japonesa No Brasil

    Quando: Dia 30 de Junho, às 19 horas

    Onde: Câmara Municipal de São Paulo – Plenário 1º de Maio  (Viaduto Jacareí, 100 – Bela Vista)

     

     

    Related Post

    SOROCABA: Toyota aumentará produção do Etios em So... A Toyota anunciou no último dia 29 que vai investir cerca de R$ 100 milhões e contratar novos trabalhadores para aumentar a produção do Etios em quase...
    COMUNIDADE/107 ANOS DA IMIGRAÇÃO JAPONESA: Nos 107... Como acontece desde 2013, vereadores e deputados nikkeis realizarão, no dia 15 de junho, um ato conjunto para comemorar os 107 Anos da Imigração Japon...
    FIB: Cancelada palestra com o escritor e psiquiatr... Içami Tiba (foto: divulgação) A Comissão Organizadora da Palestra com Içami Tiba, marcada para este sábado (15), às 16 horas, no Bunkyo (Sociedade...
    EXPOSIÇÃO: Cristina Suzuki apresenta nova mostra n...   O Espaço Cultural da Biblioteca Nadir Kfouri, da PUC-SP, recebe até o dia 15 de dezembro, a exposição Coletâneas, da artista visual Cristina...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *