110 ANOS DA IMIGRAÇÃO: Paraná antecipa cerimônia para não coincidir com São Paulo

Representantes da Comissão para Comemoração dos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil de São Paulo e a Comissão da Solenidade e Festividades dos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil do Paraná se reuniram em São Paulo na semana passada para “ajustar” datas diferentes para os festejos em 2018. Tanto São Paulo como Paraná haviam definido 21 de julho como o dia para a realização de suas principais cerimônias. Em maio, a comissão paulista anunciou que a comemoração será na manhã do dia 21 de julho do ano que vem, no São Paulo Exhibition & Convention Center, localizada no início da Rodovia dos Imigrantes, concomitantemente ao Festival do Japão – considerado o maior evento da cultura japonesa –, realizado pelo Kenren – Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil.

Já a comissão do Paraná também havia reservado o dia 21 de julho como data para “o ponto alto” de suas comemorações, uma grande exposição em Comemoração aos 110 anos de Imigração Japonesa no Brasil – a Expo Imin 110 – que será realizada de 19 a 22 de julho, no Parque Internacional de Exposições Francisco Feio Ribeiro, administrado pela Sociedade Rural de Maringá.

 

Logo criada pelo artista Wakabayashi para os 110 anos em SP. Divulgação

 

Especulações – No entanto, “especulações” chegaram à Comissão de São Paulo dando conta que, permanecendo a coincidência de datas, a Casa Imperial não enviaria nenhum representante ao país. Apesar de afirmar que não recebeu nenhum comunicado oficial nesse sentido, a presidente da Comissão para a Comemoração dos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil, Harumi Goya, admitiu que “ficamos preocupados, inclusive a gente”.

Por isso, para evitar qualquer mal-entendido, a comissão paulista decidiu convocar uma reunião no último dia 28, que contou com as presenças da presidente Harumi Goya; do presidente do Comitê Executivo, Yoshiharu Kikuchi; do presidente do Kenren, Yasuo Yamada; do presidente do Enkyo (Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo), Akeo Yogui; do vice-presidente do Bunkyo, Osamu Matsuo e do deputado federal Walter Ihoshi (PSD-SP) – por São Paulo – e do deputado federal Luiz Nishimori (PR-PR), que preside a Comissão da Solenidade e Festividades dos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil do Paraná, e do vice, Ricardo Origassa, além de Isabel Yokomizo.

Logomarca do Paraná. Divulgação

Sem estresse – Harumi Goya fez questão de frisar que “a reunião foi ótima”. “Sentamos para conversar para ajustar datas diferentes e chegamos a um consenso”, destacou Harumi, acrescentando que a própria comissão paranaense propôs a mudança. “Não houve nenhum estresse”, se apressou em afirmar.

Assim, a abertura oficial das comemorações no Estado do Paraná foi antecipada para os dias 19 e 20 de julho – com a cerimônia marcada para o dia 20 (sexta) – enquanto em São Paulo, permanece o que havia sido estabelecido inicialmente, ou seja, o dia 21 de julho (sábado).

 

Direito – Em entrevista ao Jornal Nippak, Luiz Nishimori confirmou que “a reunião foi muito boa”. “Mais uma vez cedemos porque em São Paulo a comunidade nikkei é maior. É claro que também queríamos fazer a abertura no sábado, dia 21 de julho, mas por uma questão de direito cedemos. A ideia sempre foi e continua sendo a de trabalharmos juntos”, afirmou Nishimori, explicando que a mudança “foi um acerto nosso, da comunidade, e não sei como o governo japonês vai entender isso”.

Segundo Nishimori, o Parque Internacional de Exposições Francisco Feio Ribeiro é o mesmo local que já abriga a Expoingá e tem uma arena coberta com capacidade para 14 mil pessoas sentadas. Conta ainda com o Pavilhão de Indústria e Comércio Christina Helena Barros – com capacidade para cerca de 13 mil pessoas, que deverá ser utilizado para atividades voltadas para crianças e jovens.

 

Promissão – O município de Promissão (SP), que comemora o Centenário da Imigração Japonesa em 2018, também pretende realizar uma grande festa no dia 22 de julho do ano que vem.

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

     

     

     

    One Comment

    1. Parabéns pela matéria.
      Aproveito para perguntar o porquê de ter 2 logos comemorativas???
      Existe uma logo oficial a nível nacional .?

      Atenciosamente,
      Ricardo Mendes
      Recife-PE

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *