SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: O Natal mudou ou mudei eu ?

 

Esse foi o segundo Natal que passei sozinho. Para m im, foi como outro dia qualquer. Não me senti nem um pouco melancólico nem falta da ceia. Nem tive vontade de assistir a Roberto Carlos. Não recebi nenhum telefonema sequer. Esqueceram de mim, pode-se dizer.

Mas o primeiro, senti e nunca esqueci. Até hoje me lembro bem. Devia ter uns vinte e poucos anos. Fora até a capital, a serviço. Na véspera, de manhã, corri para a rodoviária, mas as passagens estavam todas esgotadas. A rodoviária era lá perto da Júlio Prestes. Havia o trem como alternativa.  Só se for de pé, me informaram. Só de pensar que ainda teria que fazer a baldeação em Bauru, desisti. Procurei um hotel nas imediações.

Peguei o ônibus pela manhã de Natal. Que coisa monótona. Todos amaldiçoavam ter que passar aquele dia dentro do ônibus. E o motorista, ter que trabalhar …

Cheguei em Promissão, onde residia,  quase à noite. Naqueles tempos, descia em Lins e tomava outro ônibus e ia-se pela estrada de terra. O asfalto só anos depois.

Aliás, dentro de ônibus passei até um Ano Novo. Fato que a gente torce para que não se repita. Nunca mais.

 

 

Shigueyuki Yoshikuni

 jornalista e reside em Lins, também colunista do jornal Correio de Lins, colaborador do Jornal da Colônia de Araçatuba e do Jornal das Nações de Àguas de Prata, e diretor de comunicação do Bunkyo de Lins.

 

 

 

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

AKIRA SAITO: BUSHIDO 5 – JIN   “A vida de um homem só terá sentido se for cultivada a compaixão e a benevolência em suas ações e pensamentos”   Um bom Samurai trata...
ESOTÉRICO: Horoscopo da Semana (Previsões de 04 à ... HORÓSCOPO   Áries (20 de março a 20 de abril) O que as outras pessoas querem não é estritamente o que você quer. Isso não há de se converter...
JOJOSCOPE: Unami e a Culinária Japonesa   A culinária japonesa é conhecida pela busca constante do umami, o quinto gosto básico. A habilidade na obtenção deste gosto tão especial...
AKIRA SAITO: FUJI-SAN   “Uma beleza deslumbrante, que ao mesmo tempo nos transmite sua imponência e fascínio”     No artigo da semana passada, termin...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *