AKIRA SAITO: CERTO É CERTO E ERRADO É ERRADO

 

 

“Um ato errado não pode se transformar em algo certo, apenas porque muitas pessoas assim o desejem”

 

Com o avanço da tecnologia, as notícias chegam até nós em uma velocidade extraordinária. Assim como as boas notícias, as más parecem que voam em uma velocidade e proporção ainda maior. Recentemente muito se falou em discriminação, racismo, autoritarismo, etc. Direitos de todos que devemos respeitar, porém, o que vem tomando conta não só dos noticiários, mas também da educação (não a acadêmica, mas sim aquela que vem de casa) é o fato de tentar sempre transformar um ato errado em algo certo, simplesmente por conveniência própria.

Infelizmente aqui existe uma tendência em uma parte da sociedade em se sentir injustiçado, em assumir sempre o papel de coitado. O que para alguns deveria ser o combustível para a superação, para a conquista de seus objetivos, serve para muitos como ferramenta para se lamentar, para colocar a culpa de sua condição atual em terceiros, abrindo assim uma situação de confronto, de insatisfação com o outro. Nesta condição, ultimamente está tendo uma inversão de valores. O errado parece estar ganhando força, principalmente quando envolve questões de etnias ou classe social, mesmo quando não há disputas entre si (claro que a disputa e rivalidade vendem mais na mídia e chamam mais a atenção).

O fato é que o errado precisa ser considerado errado, mesmo que este ato esteja na moda, “todo mundo” esteja fazendo ou se tenha um bom motivo para fazê-lo, o ato errado precisa ser punido. Acredito que por maiores que sejam suas razões, “pensar estar certo não lhe dá o direito de fazer o errado”, principalmente se isto atender a sua conveniência. Porque só assim o certo continuará a ter sentido e os valores morais continuarão a reger a índole, o caráter e o respeito entre os seres humanos.

Acredito que um dia possamos transformar o mundo em um lugar melhor, mas para isso precisamos urgentemente de pessoas melhores!!!!!

GANBARIMASHOU!!!!!

 

Akira Saito

professor e praticante de Budo há 32 anos, morou no Japão de maio de 1990 a setembro de 1996, onde treinou karate sob a tutela do Hanshi Konomoto Takashi – 9º dan, graduando-se até o 3º Dan e tornando-se instrutor da matriz na cidade de Sagara-cho e das filiais das cidades de Hamamatsu-shi e Hamakita-cho até o retorno ao Brasil. Atualmente tem a graduação de 5 Dan e recebeu o título de Renshi-Shihan da matriz no Japão.

E-mail: akira.karate@gmail.com

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

JORGE NAGAO: Robôs dorobos e Líquidos Robôs roubam empregos. Dorobos!     “ No Brasil, temos um robô para cada mil empregados. Cada robô instalado na indústria desem...
ERIKA TAMURA: Palestra do Sr. Nakamae Takahiro Nakamae, para quem não conhece, é o atual Diretor Geral de assuntos dos países da América Latina e Caribe. Pois bem, fui hoje assistir a sua ...
MEMAI: ESPÍRITO – O BUDISMO TENDAI – DAS RAMIFICAÇ... Por Sandro Vasconcelos   Depois da morte de Buda em meados de 500 AC, divergências entres os primeiros Budistas começaram a acontecer; ...
HAICAI BRASILEIRO O Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *