AKIRA SAITO: NOSSO ESFORÇO

“Todo objetivo alcançado teve seu grau específico de esforço”

 

Quando traçamos nosso objetivo temos que ter em mente que sua realização dependerá do grau de esforço empenhado. Não é mais fácil para ninguém e nem há um caminho mais curto para se chegar. Não há uma receita mágica e a “sorte” neste caso, depende do quanto você está disposto a trabalhar.

Sempre devemos ver o resultado de outras pessoas e pensar o quanto houve de sacrifício para seu êxito. Pensar que para aquela pessoa foi mais fácil ou que ela teve mais oportunidades, talvez seja não dar o devido valor ao seu próprio caminho e suas batalhas. Orgulhe-se de seus próprios passos, de suas conquistas diárias, não meça seu sucesso pela “régua” de terceiros. Cada um tem seu tempo e caminho e a única coisa que pode impedir a chegada ao objetivo, é a sua própria desistência.

No Budo (Caminho Marcial) aprendemos a manter sempre o intuito do esforço de evoluirmos como seres humanos. É preciso construir uma sociedade melhor e mais justa. Em uma sociedade onde os valores estão se invertendo, o esforço para defender a igualdade e a justiça se torna imenso. E por isso, um guerreiro não abandona sua batalha e luta até o fim.

Todos nós temos nossos objetivos e nossas dificuldades no dia a dia, mas lembre-se que todo o esforço valerá a pena no final. Você pode!!!!!

GANBARIMASHOU!!!!!

 

AKIRA SAITO

AKIRA SAITO

Renshi-Shihan (Mestre) 5 Dan Karate-do Goju-ryu
Campeão Mundial de Karate-do Goju-ryu em 2013
Kyoshi 7 Dan Shibu e Kenbu estilo Shoko-ryu
Praticante de Iaido, Kendo e Bojutsu
Contato para aulas particulares: akira.karate@gmail.com
whatsapp – (11) 98462-6797
AKIRA SAITO

Últimos posts por AKIRA SAITO (exibir todos)

     

    Related Post

    SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: Mausoléu do diplomata Tarama...   Tetsuonosuke foi cônsul em Bauru, aposentado-se em 1929.  Chegou ao Brasil em 1914, exercendo inicialmente o mesmo cargoem Ribeirão Preto.Em...
    ERIKA TAMURA: Hiroshima e Nagasaki – 70 anos Não precisei escrever no título do artigo nada em específico. Apenas dois lugares que, ditos juntamente já da para entender do que se trata. A ...
    JORGE NAGAO: Palavras, Requiescat In Pace -Filha, me passa o tamborete? - pediu o pai Alberto. -Tamborete? O que é isso, pai? - estranhou a menina. -É isso que está ao seu lado- explicou...
    SILVIO SANO: ESTUDAR, APESAR DE TUDO A coluna da colega Erika Tamura (Frequência escolar no Japão não é obrigatória para os brasileiros), da edição anterior deste JN, remeteu-me ao que já...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.