AKIRA SAITO: O QUE VOCÊ FAZ?

“Homens de bem fazem o que é certo sempre que for preciso”

 

Na nossa atual sociedade, muitas pessoas seguem a seguinte filosofia: Está errado, mas todo mundo faz, então também “posso” fazer ou Isto é o certo, mas ninguém faz então eu também “não vou querer” fazer.  Estas frases entre muitas outras que no final só definem um tipo de ação, a da conveniência, sempre são utilizadas para tentar se eximir de alguma culpa pela ajuda em degradar a nossa atual sociedade.

O que na verdade algumas pessoas de bem fazem é: Fazer o que é certo, independentemente do que outras pessoas fazem, pensam ou digam. E optam por não fazer o que é errado, mesmo que “todo mundo” faça.

Atualmente as pessoas de bem parecem ser minoria, porém, mais do que nunca, suas ações devem estar presentes. A sociedade como um todo necessita que as pessoas façam o que for preciso pelo certo, que não deixem se abater às vezes pelas “injustiças” e que o que é errado é e sempre será errado. Porque no final o que conta é o que “você” fez de certo e o que “você” não fez de errado.

Faça o que é o certo, mesmo que for uma pequena ação. O mundo pode se transformar em um lugar melhor, com mais atitudes corretas e mais pessoas de bem!!!!!

GANBARIMASHOU!!!!!

 

==================================================================

 

akira-saito

Akira Saito

professor e praticante de Budo há 32 anos, morou no Japão de maio de 1990 a setembro de 1996, onde treinou karate sob a tutela do Hanshi Konomoto Takashi – 9º dan, graduando-se até o 3º Dan e tornando-se instrutor da matriz na cidade de Sagara-cho e das filiais das cidades de Hamamatsu-shi e Hamakita-cho até o retorno ao Brasil. Atualmente tem a graduação de 5 Dan e recebeu o título de Renshi-Shihan da matriz no Japão.

E-mail: akira.karate@gmail.com

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

ERIKA TAMURA: Japão, exemplo em atendimento ao cli... O Japão é um dos melhores países, senão o melhor, em respeito ao cliente. Para nós, brasileiros, isso é um diferencial, afinal, no Brasil, o atendimen...
JORGE NAGAO: SAUDADE   Confesso: sinto demais a sua falta. Não sabia da sua importância para mim. Pra ser sincero, eu me desespero, e essa sua ausência me aluc...
SILVIO SANO > NIPÔNICA: Junho, mês da imigração ja... Pois é, após ter escrito a Nipônica passada afirmando que não tinha encontrado datas marcantes de vindas ou comemorações das demais nacionalidades imi...
JOJOSCOPE: Tatewaki Nio: Um novo olhar abaixo do c...   Acima Só o Céu é o título da nova exposição de fotografias de Tatewaki Nio. De fato, o olhar de Nio se concentra na Terra, mais especificament...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *