AKIRA SAITO: SHINNEN AKEMASHITE OMEDETOU GOZAIMASU

“O ano do macaco geralmente é marcado por acontecimentos de rápida eficácia e é preciso ter em mente uma adaptação de igual teor”

 

Mais um ano que está por terminar e o ano que se aproxima será de grande proveito para aqueles que desejam sair da zona de conforto.

Signo marcado pela destreza, movimentos rápidos, inteligência e exuberância, temos as energias a nosso favor se queremos buscar aquele algo mais para nossas vidas.

Desejo a todos os amigos leitores “Shinnen Akemashite Omedetou Gozaimasu” (Uma grande Felicitação pelo Ano Novo que se inicia). Que já no primeiro dia, comece a por em prática tudo aquilo que almeja para este ano. É um ano de realização, por isso, as energias estarão a seu favor para tudo aquilo que você queira por em “prática”. Planeje bem, mas acima de tudo, REALIZE.

Espero ter vocês mais este ano, compartilhando, fazendo parte de suas realizações, nos tornando a cada dia pessoas melhores.

Juntos podemos ser melhores!!!!!

GANBARIMASHOU!!!!!

 

 

AKIRA SAITO

AKIRA SAITO

Renshi-Shihan (Mestre) 5 Dan Karate-do Goju-ryu
Campeão Mundial de Karate-do Goju-ryu em 2013
Kyoshi 7 Dan Shibu e Kenbu estilo Shoko-ryu
Praticante de Iaido, Kendo e Bojutsu
Contato para aulas particulares: akira.karate@gmail.com
whatsapp – (11) 98462-6797
AKIRA SAITO

Últimos posts por AKIRA SAITO (exibir todos)

     

     

    Related Post

    JOJOSCOPE: Força Japão!     11 de Março de 2013. Dois anos depois do terremoto e tsunami que abalou a região nordeste do Japão, o país segue em reconstruç...
    SILVIO SANO > Nipônica: Heptacampeão! Muitos leitores e todos do meu círculo sabem que sou corintiano, apesar de pouco abordar a respeito neste espaço. Também pudera, assumindo como assumi...
    ERIKA TAMURA: Japão, exemplo em atendimento ao cli... O Japão é um dos melhores países, senão o melhor, em respeito ao cliente. Para nós, brasileiros, isso é um diferencial, afinal, no Brasil, o atendimen...
    MEIRY KAMIA: Como arrumar emprego em tempos de cri... Com a taxa de desemprego chegando aos 8% no primeiro trimestre de 2015, é natural que se veja mais pessoas desesperadas pela falta de emprego e/ou com...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *