AKIRA SAITO: SUAS RAÍZES

“A lealdade com suas origens é algo fundamental”

 

O conceito de “DO” (Caminho) nas artes tradicionais japonesas, consiste em se valorizar o início, o meio e o fim. O agradecimento e a gratidão para com “aqueles” que lhe ensinaram é determinante na hora de se reconhecer quem você se tornou. Toda a filosofia sobre humildade, respeito e crescimento espiritual só terá um valor prático e consequentemente servirá de exemplo, se há na pessoa o reconhecimento por suas raízes.

Mesmo nos dias de hoje, qualquer arte tradicional japonesa tem em seu currículo, menção e reconhecimento de uma entidade maior e que direta ou indiretamente tem o aval do governo japonês. Ou seja, se a Arte em questão, é uma arte tradicional japonesa, qualquer título ou certificação terá obrigatoriamente que ser de conhecimento no Japão e de uma entidade reconhecida pelo governo.

É preciso manter estas regras de manutenção para que as artes tradicionais sobrevivam e que o “DO” (Caminho) se mantenha sob seus princípios. Pessoas que agem de forma conveniente podem distorcer as regras e por em risco o futuro destas artes.

As Artes Tradicionais existem para ajudar o ser humano a crescer e evoluir mentalmente e espiritualmente enquanto percorre o Caminho do bem.

Juntos podemos transformar o mundo em um lugar melhor, cada um fazendo a sua parte!!!!!

GANBARIMASHOU!!!!!

 

AKIRA SAITO

AKIRA SAITO

Renshi-Shihan (Mestre) 5 Dan Karate-do Goju-ryu
Campeão Mundial de Karate-do Goju-ryu em 2013
Kyoshi 7 Dan Shibu e Kenbu estilo Shoko-ryu
Praticante de Iaido, Kendo e Bojutsu
Contato para aulas particulares: akira.karate@gmail.com
whatsapp – (11) 98462-6797
AKIRA SAITO

Últimos posts por AKIRA SAITO (exibir todos)

     

     

     

     

     

    Related Post

    MEMAI: KOTOBA | A CULTURA DO AVESSO   Mulher do período Jomon (10 mil anos atrás), no Japão, fazendo cerâmica.   Diversos intelectuais se aventuraram no Japão. Ou par...
    JORGE NAGAO: Que será de ti, Brasil? | SIL-BRA Que será de ti, Brasil? “O Brasil tem um enorme passado pela frente.” (Millôr Fernandes) O golpe está se consumando mas quem defende a Democracia ...
    CANTO DO BACURI > Francisco Handa: Boa menina na t...   Havia na classe uma que se destacava, e não era de estranhar que esta fosse japonesa. Não era consolo para minha angústia: filho de japo...
    CANTO DO BACURI > Francisco Handa: O caminho da ce... O caminho da cega Para onde se dirige A cega arrastando Uma bengala. Sempre a fazer O mesmo caminho Arrastando as pernas. Para onde vamos ...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *