ANO NOVO: Confira alguns costumes e tradições do Japão para celebrar o Ano Novo

O Oshogatsu (Ano Novo) é considerada a data mais importante para os japoneses. É o período em que as pessoas procuram descansar e tirar um tempo para ficar com suas famílias. Tradicionalmente, os feriados de Ano Novo eram uma época para se agradecer os deuses (kami) que zelavam pelas colheitas e também para dar as boas vindas aos espíritos dos ancestrais que protegiam as famílias.

Por essa razão, o feriado de Ano Novo para os japoneses é a mais importante de todas as celebrações do ano. Muitas pessoas nessa época elaboram projetos e tomam novas decisões para o ano que se inicia.

Conheça alguns costumes:

 

Preparativos e Decoração

Para purificar as energias, as casas são limpas e devidamente decoradas: O kadomatsu é colocado na entrada das casas para trazer sorte aos moradores; o shimenawa é colocado no portão, na intenção de afastar os maus espíritos e receber as divindades; o kagami mochi é colocado em altares religiosos e oferecido aos deuses.

Kadomatsu: Ornamento feito com ramos de pinheiro (símbolo de longevidade), haste de bambu (símbolo de persistência) e galhos de ameixeira (símbolo de prosperidade).

Kagami Mochi: Bolinho de arroz menor em cima de outro maior. Oferenda que deve permanecer até o dia 11 de janeiro.  Simboliza a expectativa de felicidade e prosperidade.

Shimenawa: Talismã feito com um pedaço de corda de palha grossa entrelaçada com tiras de papel branco. Depois são amarrados um cacho de laranja, um pedaço de alga marinha ou lagosta e folhas de samambaia.

Shogatsubana: Arranjos forais feitos com camélias, pinheiros e tuias (símbolos de longevidade); bambu (símbolo de força, resistência e fexibilidade)  e  crisântemos (símbolo de paz).

 

 

Rituais

Kagami Biraki: No dia 11 de janeiro, o kagami mochi é partido em vários pedaços e servido numa sopa. A repartição é feita com as mãos ou martelo, pois, por ser um amuleto, não deve ser cortado com objetos afados.

Joya no Kane: Cerimônia em que os templos tocam o sino 108 vezes (o último toque acontece meia-noite em ponto). Acredita-se que cada badalada corresponde a um pecado humano. É comum visitar templos nos três dias de comemoração.

Shinenkai: Um novo ano significa vida nova, por isso é necessário resolver os problemas e esquecer os rancores do ano anterior. Para isso são realizadas confraternizações chamadas shinenkai (após o shogatsu), que dá boas-vindas ao novo ano.

Namahage: Realizado no dia 15 de janeiro. Rapazes vestidos de diabos (Oni) bagunçam casas e brincam de ameaçar pessoas com tridentes. Apesar de simbolizar a maldade, em algumas ocasiões o demônio é tratado no bom sentido. Neste caso, receber a visita de um oni é sinal de felicidade.

 

Otoshidama (presentes em dinheiro para as crianças)

Durante os feriados de Ano Novo, as crianças recebem presentes especiais em dinheiro conhecidos como otoshidama, de seus pais e parentes. Dessa maneira, as crianças têm uma razão especial para aguardar com ansiedade a chegada do Ano Novo.

 

 

Primeiras Experiências do Ano

Hatsumode (Primeira visita religiosa do ano): Durantes esses feriados, as famílias e amigos vão juntos realizar a primeira visita do ano, conhecida como hatsumode, aos santuários xintoístas e templos budistas. No caso dos santuários xintoístas, essas visitas eram feitas originalmente aos santuários que são conhecidos por estarem em “direção favorável” a partir da casa do visitante. O propósito dessas visitas era o de rezar por uma rica colheita e pela proteção da família e do lar no ano que estava por vir.

Hatsuyume (Primeiro sonho do ano): O primeiro sonho do ano deve ser muito bom, pois um pesadelo pode signifcar mau presságio. Para garantir um sonho agradável, coloca-se a imagem de um Baku (animal que come sonhos ruins) debaixo do travesseiro.

Kakizome (Primeira caligrafa do ano): No dia 2 de janeiro, os japoneses escrevem, com o máximo de capricho, um poema, pedido, lema, etc. que diz respeito ao novo ano que começa.

 

 

Pratos Típicos

Toshikoshi Soba: O soba é um macarrão fino e comprido que, por estas características, simboliza a longevidade.

Ozooni: Sopa feita com bolinho de arroz. Segundo superstições, é um prato que atrai sorte.

Otoso: Vinho adocicado de arroz. Acredita-se que esta bebida tem o poder de exorcizar os maus espíritos.

Osechi Ryori: Iguarias dispostas artisticamente dentro de um conjunto de caixas. São servidos durante os 3 primeiros dias do ano (sanganichi) e cada prato está relacionado com sorte e felicidade.

 

 

Curiosidades

Kohaku Utagasen: Programa de televisão transmitido anualmente em comemoração ao Oshogatsu. Os melhores artistas do ano realizam performances espetaculares, motivados por uma disputa musical entre o time branco (shirogumi) representado pelos homens e o time vermelho (akagumi) representado pelas mulheres.

Nengajo (cartão de Ano Novo): Trocar cartões também é comum no Japão. O correio faz a entrega exatamente no dia primeiro (nunca antes ou depois). Jamais se deve enviar cartões após o dia 2 ou se houve caso de falecimento na família, pois tais atos são considerados falta de educação. Os cartões geralmente são estampados com o signo chinês correspondente ao novo ano ou símbolos que representem a prosperidade.

 

 

Related Post

VISITA DO PRÍNCIPE: Empresário Hatiro Shimomoto ac... O diretor-presidente da Organização King de Contabilidade, Hatiro Shimomoto, foi um dos convidados para a visita de Suas Altezas Imperiais, príncipe A...
SANTOS: ASSOCIAÇÃO JAPONESA DE SANTOS RECUPERA CAS... Deputados federais aprovaram no último dia 10 de novembro o projeto de lei 4476/94 que permite a doação, pela União, de um imóvel da Sociedade Japones...
TRADIÇÃO: 45º Moti Tsuki Matsuri espera mais de 30... Entra ano, sai ano e algumas tradições permanecem intactas. O Moti Tsuki Matsuri – Festival do Bolinho da Prosperidade – que este ano chega a sua 45ª ...
COMUNIDADE: 17ª edição já tem data e local definid...   Uma boa notícia não só para a comunidade nipo-brasileira mas também para os aficionados pela cultura japonesa. Considerado o maior evento da...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *