ARAÇATUBA: Bairro de Água Limpa prepara festa para comemorar Centenário

 

Localizado no município de Araçatuba (SP), o Bairro de Água Limpa comemora 100 anos de colonização e imigração em 2015. Para marcar a data, a  Associação Cultural Nipo-Brasileira de Araçatuba realizará no dia 6 de setembro, uma grande festa comemorativa. Para isso, convida todos os antigos moradores para participarem da cerimônia. A programação terá inicío às 8 horas com a celebração de um culto budista no Bairro de Água Limpa e prosseguirá na sede do Nipo de Araçatuba, onde será servido o almoço preparado pelo Fujinkai da associação. Estão previstos homenagens e discursos de autoridades. Na ocasião, será lançado um livro comemorativo.

 

Milton Kuroda, Shinichi Yassunaga, Horácio Kuroda e Roberto Kuroda: “Ocasião especial” (Foto: Aldo Shiguti)

Milton Kuroda, Shinichi Yassunaga, Horácio Kuroda e Roberto Kuroda: “Ocasião especial” (Foto: Aldo Shiguti)

 

A expectativa dos organizadores é reunir cerca de 500 pessoas, entre ex-moradores, moradores e convidados. “Gostaríamos que todos participassem, incluindo filhos e netos, pois será uma ocasião muito especial e uma oportunidade única para trocarmos informações”, explica o engenheiro Roberto Kuroda, que ao lado dos irmãos Milton e Horácio – todos ex-moradores radicados em São Paulo –, são responsáveis por convocar os antigos moradores do bairro e que hoje residem na capital paulista.

De acordo com Horácio, os antigos moradores costumam se reunir a cada cinco anos. “Para nós será muito especial pois nascemos e crescemos no bairro”, conta ele, lembrando que seu avô, Jukiti Suwa, que entrou na Água Limpa em 1924, doou o terreno para a construção da escola de língua japonesa e também do ereto.

No entanto, a presença japonesa no Bairro de Água Limpa teve início em 1915 com o empreendedor Anze Molize – um dos fundadores do extinto Banco América do Sul – que adquiriu  cerca de 120 alqueires para que os colonos japoneses, oriundos da província de Fukushima, trabalhassem com o cultivo de café.

 

No auge, bairro Água Limpa reuniu mais de 130 famílias japonesas (Foto: divulgação)

No auge, bairro Água Limpa reuniu mais de 130 famílias japonesas (Foto: divulgação)

 

Remanescentes – “Nos primeiros anos, os colonos tiveram que derrubar a mata, pois não tinha estrada. O plantio de café demorou um pouco”, conta Milton, acrescentando que o Bairro Água Limpa ainda pertencia ao município de Birigui, distante cerca de 40 km. “O trajeto era feito a pé ou no lombo de burro”, explica Horácio, destacando que, no auge, por volta de 1950, o bairro de Água Limpa chegou a reunir cerca de 135 famílias de colonos japoneses.

“Hoje são apenas cinco famílias remanescentes: os Yamada, Sakura, Sakamoto, Anze e Watanabe”, diz Roberto, explicando que seu pai, Toshiaki Kuroda, vendeu o sítio em 1969, pouco tempo depois que a produção de café começou a diminuir.

Para o encontro que acontece no dia 6 de setembro, os Kurodas avisam que os interessados em participar podem entrar em contato pelos telefones: 11/2958-6804 ou 11/2791-8609 ou ainda pelo celular: 11/9 9915 – 7133 (falar com Roberto Kuroda). “Se for necessário, estudaremos a possibilidade de estar fretando uma van”, informa Roberto.

(Aldo Shiguti)

 

 

 

Related Post

COMUNIDADE: Kibô-no-Iê recebe doação do Consulado ...   No dia 16 de janeiro de 2014, nas dependências do Consulado Geral do Japão, ocorreu a cerimônia de assinatura de contrato de doação em prol ...
GARÇA: CEREJEIRAS FESTIVAL PROSSEGUE ATÉ DOMINGO C... Considerado o maior evento do ano em Garça, o Cerejeiras Festival – que atinge sua 31ª edição – teve início nesta quarta-feira, 28, e prossegue até do...
SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: ÚLTIMO DOS SAMURAIS   Quem se propõe a ler a obra “Japão – Passado e Presente”, de José Yamashiro, ficará abismado, por certo, das constantes lutas e batalhas que...
LITERATURA: Gilberto Yoshinaga imortaliza o pai do... Nelson Triunfo e Gilberto Yoshinaga (foto: divulgação/Arquivo Pessoal)   O jovem Nikkei Gilberto Yoshinaga, jornalista apaixonado e fascin...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *