ARTES: Alice Midori Imai realiza a 12ª edição da Exposição de Oshibana-e no Bunkyo

 

A artesã Alice Midori Imai e seus 28 alunos promovem neste fim de semana (10 e 11), das 10h às 18h, a 12ª edição da Exposição de Oshibana-e, no Salão Nobre da Sociedade Brasileira de Cultura e de Assistência Social – Bunkyo, localizada a Rua São Joaquim, 381, no bairro da Liberdade no centro da capital paulista. A mostra ficará somente nos dois dias, e o público poderá apreciar as 250 obras, entre quadros, cartões, marcadores de páginas e pingentes de Oshibana-e confeccionados pelos alunos e pela sensei Alice. Destaque para os trabalhos feitos com casca de bambu, fatias de quiabo.

 

O público poderá apreciar as 250 obras, entre quadros, cartões, marcadores de páginas e pingentes de Oshibana-e confeccionados pelos alunos e pela sensei Alice (Foto: Luci Judice Yizima)

 

A sensei Alice explica por que desenvolveu novas técnicas de Oshibana-e no Brasil. “No Brasil há uma variedade muito grande de vegetais e tive que desenvolver técnicas diferentes do Japão”, comenta. “O clima no Brasil também é um fator decisivo para adequarem novas e diferentes técnicas de Oshibana-e”, esclarece a mestre.

Alice Midori Imai é uma das raras artistas que desenvolve essa arte no Brasil, com muita criatividade e coerente pesquisa. Nessa difícil técnica, a artista demonstra ter alcançado metas importantes, dominando a escolha da cor, da concretização e eficácia de seu trabalho. Num mundo consumista e agitado, envolvido por problemas que omitem o belo a uma posição secundária, a artista demonstra seu amor pela natureza com a alma que lhe é própria.

A sua obra nasce de solicitações de uma íntima emoção, portanto é algo de “sentido” e não artificial. Ela nos faz compreender que o dom divino da arte pode se aperfeiçoar através de uma escola ou com experiências de contatos externos, mas, se aprende principalmente com o coração. Seus tons são delicados, poéticos, agradáveis de serem observados, porque tocam e provocam a fantasia. Os quadros criados por Alice Midori Imai seduzem por meio da cor que fascina com uma virtude interior e age como elemento catalisador do ponto de vista óptico-perceptivo.

Em Folhas de Imbaúbas, obra doada ao Museu de Arte do Parlamento de São Paulo, a artista parte do monocromatismo da natureza, não para elaborar abstratas figurações de valor formal, mas para evidenciar sutis e penetrantes ritmos interiores no arco de uma operação que fala da inteligência pictórica. Possuem obras em diversas coleções particulares e oficiais no Japão, Inglaterra, Brasil e no Acervo do Museu de Arte do Parlamento de São Paulo.

“No Brasil sobre a arte da Oshibana-e, cujo nome se origina de uma expressão japonesa derivada do verbo osu – que pode ser traduzido por apertar, empurrar, prensar, bana é flor, enquanto “e” significa desenho”, explica sensei Alice. Oshibana-e é uma obra artística composta por folhas, flores e ramos prensados, arte que não é feita por métodos tradicionais, sem o uso de óleo, acrílico, aquarela e pastel, entre outros. Embora os primeiros Oshibana datem do século XV, encontrados que foram na correspondência de botânicos e médicos que intercambiavam plantas para uso medicinal, a partir do século XVII, constataram-se a presença na Inglaterra dessas flores prensadas em molduras, capas de bíblias e pequenos objetos. Os imigrantes ingleses levaram essa arte para os Estados Unidos, onde, até hoje, é muito divulgada, com a utilização de diversas técnicas.

(Luci Judice Yizima)
 

SERVIÇO

12ª Exposição de Oshibana-e

Onde: Bunkyo – Salão Nobre – Rua São Joaquim, 381 2º andar – Liberdade – SP (Próx. Metrô São Joaquim)

Quando: 10 e 11 de novembro

Horário: das 10h às 18h

Entrada franca

Informações: (11) 5594-2599 ou 99710-6749

E-mail: aliceimai@oshibana-e.com.br

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

KARAOKÊ: Campo Grande sediará o Brasileirão 2012 n...   Pela terceira vez, a cidade de Campo Grande (MS) será a capital da música japonesa, nos dias 20, 21 e 22 de julho, com a realização do 27º C...
ENTIDADES: Naguisa realiza Shinnenkai com moti tsu... A Associação Naguisa realizou no dia 10 de janeiro, em sua sede (na zona Sul de São Paulo), o seu tradicional “Shinnenkai” (Festa do Início do Ano). O...
YOSAKOI SORAN: Grupo Sansey de Londrina é heptacam...   O Grupo Sansey venceu pela 7ª vez o Festival Yosakoi Soran, que este ano foi realizado nos dias 26 e 27 de julho, na cidade de Maringá (PR)....
CURITIBA: Nikkei Curitiba realiza 24º Festival da ...   Expressando a milenar cultura japonesa de adoração à natureza, a Associação Cultural e Beneficente Nipo-Brasileira de Curitiba (Nikkei Curitib...

2 Comments

  1. Alice Midori Imai 12 EXPO

    • Em nome da Escola Oshibana-e e da Alice Midori Imai. Agradecemos o apoio recebido por Jornal Nippak. E a reportagem traz a mensagen artística da Alice.
      Cada ano, os alunos apresentam a sua evolução artística no EXPO, E agradecemos por todas as pessoas que continua apoiabdo e acreditando ao longo dos 12 anos, os trabalhos da artista que trouxe esta arte do Japão, após a conclusão do curso no Jãpão e levou quase 3 anos para pesquisar e readaptar todas as materiais no Brasil, pois há diferença climática entre Brasil e Japão que podem afetar na finalização da Arte da Oshibana-e. A Exposição realmente foi muito bonita, com a ausência da Alice por motivo da saúde, mesmo assim os assistentes e os alunos conseguiram montar com muito bom gosto a salão Nobre da Bunkyo. Família da Alice, agradecemos muito por toda dedicação e amizade e profissionalismo. Muito Obrigada!

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *