ARTES: ELZA ODA REALIZA EXPOSIÇÃO INDIVIDUAL APÓS 10 ANOS

“Olhares” é o tema da exposição que a artista plástica Elza Oda inaugura neste sábado (10), a partir das 15 horas, no 1º andar, salas 13 e 14 do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social). A mostra ficará aberta para visitação de 11 a 20 deste mês. Trata-se de sua primeira exposição individual após 10 anos – a última foi em 2006, no Centro Cultural Hiroshima do Brasil. Durante esse período, Elza tem participado de diversas coletivas, além de se dedicar à Comissão de Artes Plásticas do Bunkyo.

 

A artista plástica Elza Oda: tema em homenagem ao pai e à natureza. Foto: Aldo Shiguti

A artista plástica Elza Oda: tema em homenagem ao pai e à natureza. Foto: Aldo Shiguti

 

Com curadoria de Oscar D’Ambrosio, Olhares, reúne cerca de 50 obras em óleo sobre tela, acrílico, aquarelas e desenhos em que a artista homenageia o pai, Yoshiji Kakihara, e a natureza, um tema constante em seus trabalhos.

Segundo ela, foi graças ao pai que ela abraçou definitivamente a pintura, largando uma carreira de 35 anos de educadora, sendo 28 anos como professora e oito como diretora de escola. Yoshiji Kakihara, que nasceu em 1897, na província de Aichi, veio para o Brasil em 1933 onde foi pioneiro na fruticultura em Presidente Prudente, interior de São Paulo, cultivando comercialmente pera, caqui, uva, nozes e pecã, além de outras mais conhecidas como banana, laranja e manga. Colecionava uma infinidade de plantas frutíferas exóticas desconhecidas.

Construiu um enorme orquidário com centenas de vasos de diferentes variedades, onde passava horas pesquisando. “São incontáveis as influências que recebi de meu pai mas, o que me deixou profundas marcas foram os ensinamentos contidos nos ditos populares kotowazá que, de uma forma descontraída e com senso de humor, chamava a nossa antenção. Dentre as dezenas que ele repetia kookai wa saki ni tatazu – “o arrependimento nunca vem antes”  e Saru mo ki kara ochiru – “até macaco cai do galho” – são as minhas favoritas”, diz Elza Oda, acrescentando que, além do gosto pela pintura – com tema relacionado à natureza – também herdou do pai o gosto pela leitura e pela música japonesa.

Além da exposição, os trabalhos também estarão à venda a partir de R$ 300,00. Parte do que for arrecadado será revertido em prol do Bunkyo. “Acho importante contribuir para a manutenção do Bunkyo, que exerce um papel fundamental na preservação e na divulgação da cultura japonesa. É uma forma de também deixarmos nosso legado”, explica a artista, que coleciona inúmeros títulos em sua carreira, como o Grande Prêmio de Ouro no 2º Salão de Pintura Figurativa Bunkyo (2002) e a Medalha de Ouro no 1º Salão de Pintura Figurativa Bunkyo (2001).

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

     

    Exposição olhares – Elza Oda

    Quando: de 11 a 20 de setembro. De segunda a sexta, das 12 às 17h. Sábado e domingo, das 10 às 17h. Abertura: dia 10 de setembro, às 15h (somente para convidados)

    Onde: salas 13 e 14 do Bunkyo (rua são joaquim, 381, 1º andar)

    Informações pelo telefone: 11/3208-1755

    Related Post

    HOMENAGEM: Avenida Paulista ganha a última obra pú... Foto: Jiro Mochizuki   HOMENAGEM – A Avenida Paulista, um dos principais cartões postais da cidade de São Paulo – conhecida como a “Wall S...
    CINEMA: ‘As Irmãs Makioka’ é o cartaz do Bunkyo Ci... Dando continuidade ao projeto Bunkyo Cinema, a Comissão de Incremento Social do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Soci...
    CULTURA: Ciclo da Cultura Japonesa prossegue em Br... Promovido anualmente em Brasília pela Embaixada do Japão no Brasil, o Ciclo da Cultura Japonesa apresenta uma programação variada que abrange exposiçõ...
    MANGÁ: Governo japonês recebe inscrições para o “6... O Ministério dos Negócios Estrangeiros do Japão do Governo Japonês recebe, até o dia 15 de junho, inscrições para o 6º Prêmio Internacional de Mangá. ...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *