ARTES: Erica Mizutani volta a Paris para participar do mural efêmero 13’or urbain

A convite da Pixo Association, a artista plástica Erica Mizutani volta a Paris para participar do mural efêmero 13’or urbain. O mural tem cerca de 50m2 e foi produzido em cinco dias, com início no último dia 7. A vernissage acontece nesta terça-feira, 12, a partir das 18h30.

 

Erika Mizutani. Foto: divulgação

 

A participação de Erica Mizutani no 13’or urbain conta com a colaboração do bar cultural L’Âge d’Or e apoio da Mairie du 13e arrondissement de Paris.

O 13’or urbain surgiu com o objetivo de valorizar e divulgar a arte urbana através da troca de experiências e culturas de diferentes países. As obras costumam atrair artistas e apreciadores da arte, que se reúnem no local durante a execução e também após a conclusão da obra.

Também os moradores da região e pessoas que passam por lá acabam surpreendidos com as novas cores e técnicas que, de tempos em tempos, ganham novo cenário, renovando o ambiente e trazendo diferentes inspirações ao local.

 

Obra de Erika Mizutani. Foto: divulgação

 

Ainda em Paris, Erica apresenta a sua primeira exposição individual na capital francesa. A inauguração ocorreu no dia 8. A exposição acontece no bar cultural La Tête Ailleurs, localizado no descolado bairro Paris 13, um dos principais redutos da arte urbana parisiense. Quem passar pelo local poderá conferir ilustrações originais e também algumas impressões selecionadas pela artista especialmente para esta mostra.

Para esta mostra, a artista leva na bagagem suas principais personagens. Mizulinas e Mizunhocas ilustram as obras, levando ao público parisiense um pouco de suas personalidades fortes e marcantes.

Pela Tête Ailleurs, já passaram artistas de rua franceses, como Edge, Meushay et Takt, assim como fotógrafos e ilustradores contemporâneos.

As visitações estão abertas de segunda a sexta-feira, das 12h às 2h, até o dia 20 de setembro.

 

Erika Mizutani. Foto: divulgação

 

Quem é – Do extremo norte do arquipélago japonês, o avô trouxe na bagagem o ofício de escultor. No Brasil, transmitiu para a família os primeiros genes artísticos. O pai, artista e publicitário, e a neta, a artista plástica Erica Mizutani.

Trabalhando em diversas mídias, papel, telas, paredes, livros, muros e colagens, o trabalho de Erica revela detalhes de sua vida pessoal, influências culturais e familiares.

Versátil, a artista começou sua carreira como editora de arte, mas hoje deixa a sua marca em telas, paredes, livros, estampas de roupas e calçados e até shapes de skate.

Entre suas criações, um carinho todo especial para Mizulina, uma personagem cheia de emoções e personalidade forte. Com suas  meias listradas e bochechas rosadas, Mizulina flutua em muros e paredes. Mas ela não está só. Minhocas, taturanas e outros seres encantados também são presenças constantes na arte de Erica Mizutani.

Sua carreira inclui, ainda, exposições como Olhar Cristalírico, Espaço das Artes (São José dos Campos, 2008); Projeto Improvisado, Casa das Caldeiras (São Paulo, 2008), Galeria Urban Arts (São Paulo, 2011 e 2012); e Mizuniversos, Galeria A Casa Branca (São Paulo, 2013).

Seus murais podem ser vistos em diversas partes do Brasil e também no exterior. No Rio de Janeiro, participou do maior evento de grafite do Brasil, o  ART RUA e, em 2016, esteve pela primeira vez em Paris, levando sua arte para o Le M.U.R. (Modulable, Urbain et Réactif).

Os trabalhos de Erica Mizutani também foram temas de reportagens e ilustraram publicações nacionais e internacionais, como a revista americana AFAR, revista japonesa Bijutsu-Techo e peças gráficas para marcas como Concha y Toro, Close Up e Restaurante Hideki.

 

 

Related Post

PEDRO DE TOLEDO: 2ª Festa Okinawana destaca Centen... A Associação Japonesa de Alecrim, Prefeitura Municipal de Pedro de Toledo e a Fenivar – Federação das Entidades Nikkeys do Vale do Ribeira – realizara...
CIDADES: Engenheiro nikkei de 26 anos é abordado e...   O engenheiro Angelito Yoshio Ujiie, 26 anos (foto: reprodução) O engenheiro Angelito Yoshio Ujiie, 26, foi assaltado e morto na porta de sua ...
MÚSICA: Com repertório internacional, Mariana Suzu... Considerada uma das mais talentosas intérpretes nikkeis de samba e MPB, a douradense Mariana Suzuke encerrou 2015 e deu boas vindas a 2016 fazendo o q...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *