ARTES: Takashi Fukushima expõe “Luz e Sombra” na AC Galeria de Arte

 

Com a experiência de quem nasceu e cresceu no mundo das artes, o artista plástico Takashi Fukushima, um dos mais expressivos representantes do grupo de artistas nipo-brasileiros, volta à cena com a exposição individual “Luz e Sombra”, de 10 de agosto a 06 de setembro, na AC Galeria de Arte (Rua José Maria Lisboa, 1008, Jardins, São Paulo).

 

O artista plástico Takashi Fukushima (foto: Luci Judice Yizima)

 

A mostra reúne vinte obras inéditas, que despontam a visão do artista sobre a dicotomia “claro e escuro”, traduzindo o diálogo da estética entre o Oriente e o Ocidente. As obras feitas com técnica de nanquim sobre papel, acrílica sobre tela, grafite e nanquim sobre papel e acrílica sobre madeira, mostram a visão do artista sobre a estética oriental, com a qual se identifica em justaposição ao que ele chama de seu “estar” no mundo ocidental.

Para o artista, a ideia de fazer “Luz e Sombra” nasceu há muitos anos, enquanto lia o livro El elogio de la sombra, de Junichiro Tanizaki, referenciando-a, principalmente, à arquitetura residencial e à arte japonesa. “A iluminação e a luz elétrica provocaram mudanças radicais no cotidiano da vida no Japão, desde o início do século 20.

O ensaio de Tanizaki, de 1933, é uma reflexão sobre as transformações ocorridas na cultura local. Ele reflete sobre o excesso de iluminação e diz que os japoneses creem na beleza advinda das sombras”, explica Takashi Fukushima, acrescentando que, “não há sombra sem a luz”.

Carreira – Natural de São Paulo, Takashi Fukushima conserva forte ligação com a cultura japonesa, onde nasceu e viveu com o pai, o também artista plástico Tikashi Fukushima. Takeshi exerce atividade paralela, é arquiteto e doutor em Arquitetura e Design pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP). Também é professor de desenho e expressão na própria FAU e no curso de arquitetura e urbanismo da Faculdade de Belas Artes de São Paulo. Mas é nas artes plásticas que esse artista versátil – pintor, gravador, desenhista e cenógrafo encontra o prazer da expressão. Desde 1969, quando participou do 13º Salão de Artes Plásticas do Grupo Seibi, na Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa, até agora, foram mais de uma centena de exposições individuais e coletivas, no Brasil e no Exterior, colecionando prêmios Apetesp, Mambembe, Molière e APCA.

“Takashi faz parte dos artistas da geração de 1960/1970, que tem um padrão de trabalho consistente, altamente técnico e, ao mesmo tempo, inspirador. É uma honra e um grande prazer expor suas obras”, diz a consultora de arte Ana Claudia Roso, proprietária da AC Galeria de Arte.

 

(Luci Júdice Yizima)

 

Serviço:

Exposição “Luz e Sombra”

Onde: AC Galeria de Arte – Rua José Maria Lisboa, 1008, Jardins, São Paulo

Data: 10 de agosto a 06 de setembro

Horário: De segunda a sexta das 10h às 18h, Sábado das 10h às 14h

Informações: (11) 3063-3707

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

TOMIE OHTAKE – EM MEMORIA DA CIDADE A exposição dá continuidade à pesquisa sobre obras públicas de Tomie Ohtake, desta vez analisando o mural da Ladeira da Memória e o Monumento 80 Anos ...
KARAOKÊ: TAIKAI DA REGIONAL CENTRO RECEBE 615 INSC... Às vésperas do 32º Concurso Brasileiro da Canção Japonesa, que será realizado nesta sexta, sábado e domingo (21, 22 e 23), em Suzano (SP), os postulan...
BAIRRO ORIENTAL: 10ª Festa do Ano Novo Chinês deve... Considerada a maior festa do calendário chinês, o Ano Novo Chinês é comemorado entre janeiro e março, já que como os orientais se baseiam no calendári...
CIDADES/REGISTRO: 58° Tooro Nagashi de Registro es...   O Bunkyo de Registro (Associação Cultural Nipo-Brasileira de Registro), em parceria com a Nichirenshu Emyoji, Registro Base Ball Club (RBBC)...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *