ARTIGO: Agradecimento ao mestre Maurício Kobayashi

Por Fábio Shiro Okano*

No tênis de mesa brasileiro, podemos citar inúmeras pessoas que contribuíram e ainda contribuem para o desenvolvimento deste esporte pouco conhecido no Brasil. Porém, com minha humilde opinião, acredito que, um nome em destaque entre os praticantes deste esporte, certamente é Mauricio Kobayashi.

Mauricio Kobayashi iniciou a carreira como técnico em 1973, formando ao longo de sua carreira, inúmeros jogadores que vestiram e serviram a Seleção Brasileira Adulta, tanto no masculino e feminino, inclusive desenvolveu Claudio Kano e formou jogadores como Hugo Hoyama, Issamu Kawai, Sinei Yuta e Cazuo Matsumoto.

Kobayashi é um dos melhores técnicos do país (foto: divulgação)

Ao longo da trajetória vitoriosa dos atletas treinados pelo Mauricio, pude observar que, além da qualidade técnica que o Mauricio possui, também conseguiu conciliar respeito, amizade e determinação entre seus atletas e atletas junto ao técnico.

Há tempos atrás fui convidado a participar de uma homenagem aos atletas que iriam participar das Olimpíadas em Londres, em especial à 6ª Olimpíada do Hugo Hoyama. Estavam presentes várias pessoas, jornalistas, Sr. Minoru Kano e Sra Mitiko Kano, pais de Claudio Kano, bem como Mauricio Kobayashi.

Em determinado momento, Hugo Hoyama estava discursando a todos os presentes, sendo que, além de agradecer a diversas pessoas, fez uma dedicação especial ao Mauricio Kobayashi. Pude notar que, a cada palavra dirigida o Mauricio, estava repleto de amizade e respeito ao seu grande mestre.

Certamente Mauricio é um dos grandes técnicos que o Brasil e America do Sul têm, porém além da parte técnica, psicológica e pedagógica ser de alto nível, Mauricio também é um grande pai o qual sempre se preocupou com a formação didática e pedagógica de seu aluno, pois um dos requisitos para que o atleta pudesse continuar com seus treinos, era ter boas notas na escola.

Mauricio, sem duvida nenhuma está ligado ao grande desenvolvimento do tênis de mesa brasileiro no cenário mundial, onde em épocas difíceis que sequer havia tanta informação como hoje através da rede mundial de computadores, conseguiu colocar dois atletas como sendo ídolos no tênis de mesa brasileiro, Claudio Kano e Hugo Hoyama.

Em várias conversar que tive com Mauricio, o mesmo sempre demonstrou ter confiança de que os atletas por ele treinados dariam resultado, demonstrando assim que o mesmo era obstinado e seguro no que ele fazia. Outro adjetivo que Mauricio possui, certamente é a dedicação que ele tem, dificilmente encontramos hoje técnicos com tamanha dedicação do Mauricio, o qual por mais de 40 anos servindo o tênis de mesa, continua a lançar robô por horas e horas a seus alunos.

Já perguntei ao Mauricio o porquê de não pedir a outra pessoa que lançasse o robô e ele assim poderia corrigir os erros, mas ele me disse que, quando eu lanço o robô sei o limite do meu aluno, então sempre posso exigir que esse aluno tente aos poucos o seu limite.

Poderia colocar inúmeros adjetivos ao Mauricio, mas o que mais impressiona sem dúvida nenhuma é que o Mauricio também formou grandes atletas fora da mesa, o qual qualquer atleta ou ex atleta, que seja perguntado a respeito de um grande técnico, esse técnico foi e é Mauricio Kobayashi.

Como também passei na mão do Sr. Mauricio Kobayashi, também agradeço a paciência, determinação e confiança que ele teve comigo para treinar, bem como agradeço a sabedoria que foi me passada pelo Sr. Mauricio que, no tênis de mesa é possível se formar grandes jogadores, sem necessidade de haver resultado, já que o que mais vale é amizade e respeito que devemos ter como todos.

Atualmente o Mauricio ministra treino de alto rendimento junto à ATEME/IMSJT, ou seja, através da parceira que a Associação ATEME e o Instituto Meninos de São Judas Tadeu estão realizando, Mauricio vem cuidando de crianças carentes, orientando-os a pratica do tênis de mesa, formando assim uma nova geração de futuros jogadores, quiçá melhores que Claudio Kano e Hugo Hoyama, porém o mais importante é que Mauricio está dando uma nova perspectiva de futuro a essa crianças, praticando a inclusão social através do tênis de mesa. Mais um saque certo do mestre.

Um grande abraço ao Sr. Mauricio Kobayashi, o qual Deus te abençoe como o senhor abençoou todos seus atletas, com sua sabedoria, respeito e paciência. Obrigado.

 

Fabio Shiro Okano, advogado, ex-Jogador da Seleção Brasileira de Tênis de Mesa

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

TRADIÇÃO: 45º Moti Tsuki Matsuri espera mais de 30... Entra ano, sai ano e algumas tradições permanecem intactas. O Moti Tsuki Matsuri – Festival do Bolinho da Prosperidade – que este ano chega a sua 45ª ...
ANIME CRIATIVO: Mostra no MIS recebe Takobike Depois de uma temporada em Belém (PA), a Mostra Anime Criativo promovida pela Fundação Japão encerra sua passagem pela capital paulista neste fim de s...
BEISEBOL: Centro-Oeste é campeão do XXX Campeonato...   30º Campeonato Brasileiro inter-seleções infantil 2013 (foto: Nelson Yajima/CBBS)     Realizada em Presidente Prudente, ...
TÊNIS DE MESA: Nippon Country Club realiza 12ª eta... No dia das crianças, o Nippon Country Club – o maior clube nikkei das Américas – decidiu comemorar a data realizando a 12ª etapa da Liga Nipo-Brasilei...

One Comment

  1. Parabéns, Fabio Okano, pela iniciativa de apresentar, a um publico maior, o profundo respeito e carinho que muitos atletas do tênis de mesa brasileiro que tiveram o privilégio de ser ensinados pelo Maurício Kobayashi, sentem por ele. Até hoje, após quase quarenta anos, leio, em alguns momentos, textos escritos pelo Maurício que ainda me inspiram e auxiliam em diversos campos de estudos e trabalhos. Em 2007, ao concluir o meu mestrado na Universidade de São Paulo, o Maurício foi uma das pessoas citadas que contribuíram para a realização da minha dissertação. Está escrito na parte intitulada “Agradecimentos”: “Ao técnico e amigo Maurício Kobayashi, que durante muitos anos me transmitiu incansavelmente seus conhecimentos não só do tênis de mesa, mas também da integridade do ser humano. A disciplina, a concentração, a persistência e a determinação às quais recorri muitas vezes, partiram principalmente das lições que recebi deste mestre”. Ele realmente merece a nossa homenagem.

    Mauricy de Oliveira Marcondes

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *