ASSOCIAÇÃO PAULISTA DE MUNICÍPIOS: Membro do Conselho Deliberativo, Chikaoka destaca papel da APM

A Associação Paulista de Municípios (APM) realizou no dia 14 de fevereiro, no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, a solenidade de posse de sua nova diretoria Administrativa e Conselhos. A nova gestão irá trabalhar no período de 2017 a 2020.

 

Manoel Chikaoka com o presidente da APM e Sebastião Misiara, presidente da Uvesp. Foto: Silva Melo / Uvesp

 

A solenidade, que pela primeira vez em mais de seis década teve lugar na sede do governo paulista, contou com a presença de mil pessoas, entre eles mais de 100 prefeitos e vereadores, além de autoridades, secretários de estado, deputados, o ex e o atual presidente do Tribunal de Contas do Estado, Dimas Ramalho e Sidney Beraldo, respectivamente, e o presidente da Assembléia, deputado Fernando Capez (PSDB)

Na gestão “Unidade e Harmonia”, eleita em dezembro, estará à frente da entidade o ex-vereador e ex-vice-prefeito de Campinas, Carlos Cruz. Marcelo Barbieri, ex-prefeito de Araraquara, assume a vice-presidência e Arquevique Antonio Nholla (Vick) a presidência do Conselho Deliberativo.

Membro titular do Conselho Deliberativo, o ex-vereador de Registro, Manoel Chikaoka, disse ao Jornal Nippak que a APM cumpre seu papel na sociedade como entidade suprapartidária, assessorando prefeitos, vice-prefeitos e vereadores “em alto nível nas questões técnico-administrativas e jurídicas, na organização dos serviços públicos, na sistematização dos Conselhos Municipais e, principalmente, na defesa dos interesses dos municípios diante dos Poderes Executivos e Legislativo, da União e do Estado, na busca cada vez maior pela emancipação política financeira”.

“Em resumo, cumpre os seus dois grandes objetivos que são a defesa da ideologia municipalista e o aprimoramento técnico dos responsáveis pela gestão pública municipal”, explicou Chikaoka, ascrescentando que, “neste momento, luta-se pela maior participação dos municípios no produto de arrecadação dos recursos oriundos da Lei da Repatriação e na permanente luta pelo pacto federativo. “O objetivo é uma maior participação no produto da arrecadação, entre outros”, destacou Chikaoka.

 

governador Geraldo Alckmin participou da cerimônia. Foto: Gilberto Marques

 

Conquistas – Fundada na década de 1940, oriunda do movimento Bandeira dos Prefeitos, a APM é uma entidade civil de âmbito estadual que representa 645 Municípios do Estado de São Paulo.

Foi institucionalizada como entidade representativa em 1948 com o objetivo de defender o ideal municipalista. Ao longo de sua existência, a APM foi responsável por conquistas históricas, como a abertura de prazo para a renegociação das dívidas com o INSS;  a troca da Selic pela TJLP na correção dos débitos parcelados por um prazo de até 240 meses; e o aumento no valor do repasse da merenda escolar, entre outras, além de ter sido pioneira dos movimentos nacionais e estaduais para as mudanças da Legislação, principalmente Constitucional, na defesa dos interesses municipais.

Hoje, a associação busca ajudar os municípios a praticar uma gestão transparente e eficaz.

 

(Aldo Shiguti, com informações do site da APM e do Portal do Governo)

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

    Related Post

    MÚSICA: A música pode salvar o mundo? esta é a pro...   Haikaa Yamamoto: A música pode salvar o mundo? (foto: divulgação)     Do Paraná para o Mundo, Haikka Yamamoto (foto: di...
    MARINGÁ/PR: Flávio Arns recebe comitiva japonesa d...   O governador em exercício Flávio Arns recebeu nesta segunda-feira (13/05), no Palácio Iguaçu, em Curitiba, uma comitiva japonesa de Kakogawa...
    SOCIAL: Cerimônia de Posse da Diretoria Executiva ...   Cerimônia – Na noite de 31 de janeiro, foi realizada a Cerimônia de Posse da Diretoria Executiva da Associação Cultural e Assistencial da Li...
    120 ANOS DE AMIZADE: Senado comemora os 120 Anos d... Os 120 anos das relações diplomáticas entre Brasil e Japão foram celebrados no último dia 12, em sessão especial no Plenário do Senado. Nos discursos,...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *