ATLETISMO: Equipe Bela Vista Osasco é campeã da 18ª edição da Cajina

A equipe da Bela Vista Osasco sagrou-se campeã da 18ª Cajina – Competição Adulto, Juvenil e  Infantil Nikkei de Atletismo realizado pela Anma (Associação Nikkei Mirim de Atletismo) no dia 27 de março, no Centro de Atletismo “Professor Oswaldo Terra”, em São Bernardo do Campo. A cerimônia de abertura contou com a presença do vereador Aurélio Nomura (PSDB), além de autoridades e dirigentes esportivos.

 

Yudo Yassunaga entrega o troféu à equipe Bela Vista Osasco. Foto: Arquivo Pessoal.

Yudo Yassunaga entrega o troféu à equipe Bela Vista Osasco. Foto: Arquivo Pessoal.

 

A competição reuniu atletas acima de 14 anos de Adamantina, Assaí, Mirandópolis, São Judas Tadeu, Saúde, Mogi das Cruzes, Mairinque, Ibiúna, Vargem Grande Paulista, Pilar do Sul e Piedade, além da equipe campeã. Destaque ainda para a participação da Anasp Veteranos, que participou com sua equipe de árbitros.

A equipe Bela Vista Osasco contabilizou 741 pontos contra 371 da São Judas Tadeu, a vice-campeã. Mirandópolis foi a terceira colocada com pontos.

 

Equipe São Judas Tadeu foi a vice-campeã. Foto: Arquivo Pessoal.

Equipe São Judas Tadeu foi a vice-campeã. Foto: Arquivo Pessoal.

 

Durante a competição foram quebrados vários recordes. A atleta da BVO-Osasco Catherine Yukari Yamamura superou uma das marcas mais antigas, que já durava desde 1999, nos 400m (Categoria C Feminino), ao estabelecer o tempo de 1m03.

Outro recorde expressivo que perdurava desde 2004, foi batido pelo atleta Fabio Kovach Hayashida, também da BVO-Osasco, no lançamento de disco, com 38,03 metros na Categoria A Masculino.

Presidente da Anma, Yudo Yassunaga parabenizou e agradeceu a participação de todos.  “Gestos e espírito solidários de atletas, técnicos, árbitros, público, dirigentes e comissão organizadora, que fazem a diferença e na Anma tem o devido reconhecimento”, disse o presidnete da entidade, Yudo Yassunaga, que parabenizou a todos que tornaram posível a realização do evento.

 

Mirandópolis ficou na terceira colocação. Foto: arquivo pessoal.

Mirandópolis ficou na terceira colocação. Foto: arquivo pessoal.

 

De acordo com a Diretoria da Anma, formada ainda pelo vice-presidente Massashi Shibuya, de Mogi das Cruzes, além dos preparativos e treinos dos atletas, um item de grande preocupação para a prática do atletismo amador e realização de uma competição em alto nível é quanto ao local da competição, normalmente inexistente ou inacessível.

“Porém, graças aos diversos apoios recebidos dos órgãos públicos esse problema tem sido minimizado. Nesse sentido a 18ª Cajina foi realizada num dos mais modernos Centro de Treinamento de Atletismo na América Latina, que é o Centro de Treinamento de Atletismo gentilmente cedida pela Secretaria de Esportes e Lazer de São Bernardo do Campo”, destacou Yassunaga.

 

 

 

Related Post

NIPPAK PESCA: A Simples Educação Faz Diferença Tenha Atitudes Corretas e Responsáveis em Favor da Natureza     Por Marcelo Szpilman *   Aquecimento global, desertifi...
SOFTBOL ADULTO: Gigante/Gecebs A conquista título ...   A equipe “A” do Gigante/Gecebs sagrou-se campeã do 32º Campeonato Brasileiro de Softbol Feminino Adulto. A competição foi realizada nos dias...
BEISEBOL: Cooper Clube é campeão da 17ª Taça FPBS ... A categoria Pré-Junior do Cooper Clube sagrou-se campeã da 17ª edição da Taça Federação Paulista de Beisebol e Softbol – I Taça Toyota, competição rea...
TÊNIS DE MESA: Mesa-tenistas nikkeis nas Olimpíada... Claudio Kano participou de duas Olimpíadas (88 e 92) O tênis de mesa participou pela primeira vez nas Olimpíadas de 1984 - Los Angeles (EUA) como ...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *