BAHIA: Salvador recebe o X Festival da Cultura Japonesa com muita música e dança

Para cultivar e difundir a cultura japonesa na cidade de Salvador na Bahia, a Associação Cultural Nipo-Brasileira de Salvador (ANISA) realizará nos dias 27 e 28 de agosto oX Festival da Cultura Japonesa de Salvador”, no Parque de Exposições Agropecuárias, localizado na avenida Paralela, na capital baiana. O evento terá como tema “Odori” (dança), e vai reunir vários grupos e estilos de danças tradicionais da cultura japonesa. Vinte e dois restaurantes de diferentes tipos da gastronomia típica japonesa estarão presentes, 35 bazaristas com produtos orientais, além de uma programação diversificada, com espetáculos de ilusionismo, artes marciais, exposições, workshop de origami, kirigami, pipa artesanal e culinária. Também terá shows de música e dança tradicional japonesa, com apresentações de Taikôs (tambores japoneses). O Festival da Cultura Japonesa de Salvador – Bon Odori foi iniciado em Salvador há 25 anos, e hoje faz parte do calendário oficial de eventos da cidade.

 

Grupo da famosa Escola Kinryu Hanayagi de Dança Clássica Japonesa. Foto: Luci Judice Yizima

Grupo da famosa Escola Kinryu Hanayagi de Dança Clássica Japonesa. Foto: Luci Judice Yizima

 

Satoru Saito. Foto: Luci Judice Yizima.

Satoru Saito. Foto: Luci Judice Yizima.

Em entrevista um dos presidentes da comissão organizadora do festival, Roberto Mizushima fala dos desafios de manter a cultura milenar japonesa na Bahia. “Graças a Deus, o baiano é muito receptivo a novas culturas, e a cultura japonesa seduz pela delicadeza dos traços, da força, da determinação, pelo colorido, pela sensibilidade da música e da dança”, confessa. “Fomos conquistando aos poucos o paladar dos baianos com sushis, sashimis, gyoza, temakis”, destaca Mizushima.

De acordo com Roberto, nesta décima edição o tema será ‘Odori’ ou dança, serão apresentados grandes nomes de diferentes estilos de dança, do tradicional ao pop japonês. Segundo ele, entre as atrações estão o renomado coreógrafo Satoru Saito com Dança tradicional de Okinawa, o Grupo da famosa Escola Kinryu Hanayagi de Dança Clássica Japonesa, Grupo Kassa Odori de Totori Kenjinkai, Grupo de Dança de Okinawa com Juliana Izu, Grupo Sansei com Yosakoi Soran de Londrina (PR), Grupo PiL de J-Pop e K-pop, e o ator, cantor e dançarino mirim Ryu Murakami (o Michel Jackson japonês).

 

Ryu Jackson dançando e cantando Michel Jackson. Foto: Luci Judice Yizima.

Ryu Jackson dançando e cantando Michel Jackson. Foto: Luci Judice Yizima.

 

Além da dança, o evento conta com apresentações de artes marciais, música, oficinas, ilusionismo com Edson Iwassaki, cosplayers e atrações para todas as idades. Em dois palcos são realizadas atividades para toda a família: o Palco Haru, com programação voltada para as manifestações artísticas e o Palco Natsu, para atividades de workshops e demonstrações de artes marciais.

Durante o festival, grupos de vários estados, vão apresentar diversos tipos de danças, compartilhando com o público baiano, esta importante expressão cultural de um país milenar, trazida para o Brasil pelos imigrantes japoneses, há mais de um século. As danças clássicas (Koten Buyô), popular (Zô Odori), folclórica (Minzoku Gueinou) e moderna (Sousaku Buyô) são um espetáculo à parte.  Com um repertório de canções tradicionais, que envolve um diálogo entre o tradicional e contemporâneo, o grupo Cultural Wado apresenta um show que envolve música e dança. A equipe baiana PiL, que reúne dançarinos especializados em danças cover de grupos consagrados de K-pop (pop coreano) e J-pop (pop japonês), também se apresenta no evento.

O público do Festival ainda vai se encantar com a exibição dos mágicos paulistas Edson e Kevin Iwassaki, considerados os principais representantes do ilusionismo nos eventos da comunidade Nipônica no Brasil. Os visitantes poderão participar de oficinas de pipas ministrada pelo professor Ken Yamazato, que aborda temas ligados à educação, segurança, reciclagem de materiais, a engenharia para captar a força do vento e como as ciências usam a pipa para as descobertas científicas. Já o corpo, a alma e a mente serão exploradas na ginástica Kenko Taisso, voltada principalmente para os idosos, trabalhando a expressão corporal, o alongamento, os estímulos e os movimentos para articulações.

 

Ilusionismo com Edson e Kevin Iwassaki. Foto: Luci Judice Yizima

Ilusionismo com Edson e Kevin Iwassaki. Foto: Luci Judice Yizima

 

Culinária oriental – Outro destaque do Festival é a oferta gastronômica variada, com pratos tradicionais da culinária japonesa, com a presença de 22 restaurantes com opções como sushi, tempurá, udon, lamén, entre outros pratos. Os ingressos custam R$ 9 (antecipado) e R$20 (nos dias do evento), sendo que crianças até 8 anos não pagam, idosos e estudantes têm direito à meia entrada.

 

LUCI JUDICE YIZIMA

LUCI JUDICE YIZIMA

Jornalista e Fotógrafa
lucijornalismo@hotmail.com
LUCI JUDICE YIZIMA

Últimos posts por LUCI JUDICE YIZIMA (exibir todos)

     

     

     

    SERVIÇO:

    X Festival da Cultura Japonesa de Salvador – 2016

    Onde: Parque de Exposições Agropecuárias de Salvador, Rua Luís Viana Filho, s/nº, Itapuã, Salvador – BA, CEP: 41611-670

    Quando: 27 e 28 de agosto de 2016;

    Horário: 10h às 22h;

    Ingressos: R$9,00 *antecipado. R$ 20,00 no local (com taxa de conveniência em alguns pontos de vendas)

    Informações: http://www.bonodorisalvador.com.br/

     

     

     

     

    Related Post

    TEATRO: Núcleo Hana realiza leitura dramatizada de...   O Núcleo Hana realiza, no dia 22 de agosto, a leitura dramatizada de Banzai Brasil, de Carlos Queiroz Telles (1936-1993). Escrita em 1990, a...
    TANABATA MATSURI: A Acal realizou a cerimônia xint... TANABATA MATSURI – A Acal (Associação Cultural e Assistencial da Liberdade) realizou no último dia 30, cerimônia xintoísta para a queima de tanzakus –...
    TAIKÔ: Estão à venda ingressos para o espetáculo I...   Já estão à venda ingressos para o Ichariba Choodee (Uma vez juntos para sempre família), em comemoração aos 5 anos do grupo de Taiko de Okin...
    RIBEIRÃO PRETO: Culinária japonesa é atração do 19... A variedade e a riqueza do sabor da culinária japonesa já fazem parte do paladar e conquistam cada vez mais os brasileiros. As iguarias podem ser serv...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *