BAHIA: VIII Festival da Cultura Japonesa de Salvador e XXIII Bon Odori lota o Parque de Exposições

 

A capital baiana recebeu nos dias 30 e 31 de agosto, a VIII edição do Festival de Cultura Japonesa e XXIII Bon Odori, em novo espaço, no Parque de Exposições de Salvador, localizado no bairro de Itapoá, na zona Norte de Salvador, onde atraiu 35 mil pessoas. O público pode apreciar mais de 150 artistas da comunidade japonesa de diferentes grupos de todo o país, representando as tradições da cultura japonesa. A edição deste ano trouxe como tema o “Taikô”, tambores japoneses que são uma arte percussiva, um símbolo religioso, social e cultural do Japão. Também puderam conferir as apresentações de concurso de cosplay, oficinas de culinária, ikebana, meditação, origami, kirigami, artes marciais, o concurso Miss Nikkey, Kenko Taissô da professora Kawazoe e outras atrações da comunidade japonesa no Brasil.

 

Tambores de Okinawa faz a platéia estremecer (foto: Luci Judice Yizima)

Tambores de Okinawa faz a platéia vibrar. (foto: Luci Judice Yizima)

 

Em entrevista ao Jornal Nippak, o presidente da Associação Nipo-Brasileira de Salvador (Anisa), Roberto Mizushima faz um balanço do evento. “Sabemos que é expressivo o interesse dos baianos pela cultura japonesa e principalmente pela nossa gastronomia. Então temos obrigação de melhorarmos e diversificarmos a cada ano o festival”, diz. “Esse ano o Festival foi realizado no Parque de Exposições de Salvador o que favoreceu e contribuiu para que os setores ficassem muito bem distribuídos, onde centenas de pessoas puderam compartilhar com mais conforto e infra-estrutura a Praça de Alimentação, a área de lazer e a seção dos bazaristas”, destaca Mizushima.

 

Cerimônia de abertura com o tradicional kampai (foto: Luci Judice YIzima)

Cerimônia de abertura com o tradicional kampai (foto: Luci Judice YIzima)

 

 

Palavra do Presidente da ANISA, Roberto Mizushima durante a Cerimônia de Abertura (foto: Luci Judice Yizima)

Palavra do Presidente da ANISA, Roberto Mizushima durante a Cerimônia de Abertura (foto: Luci Judice Yizima)

 

“Nosso festival cresce a cada ano, seja nas atrações, apresentações e também na área comercial com a presença de grandes empresas expõem seus produtos e lançamentos. Os agricultores e produtores do Vale do São Francisco e outras regiões da Bahia, que trazem seus produtos para expor no festival. Na área gastronômica os principais pratos da culinária japonesa como yakisoba, giyoza, tempurá, hot roll, sashimi, sushi, pasteis, temaki são muito apreciados pelos baianos”, conclui Mizushima, que também é técnico e grande incentivador do time de beisebol de Salvador.

 

Ryu Jackson conquista o público baiano com seu carisma (foto: Luci Judice Yizima)

Ryu Jackson conquista o público baiano com seu carisma (foto: Luci Judice Yizima)

 

Edson e Kevin surpreenderam o público com suas mágicas e ilusionismo (foto: Luci Judice Yizima)

Edson e Kevin Iwasaki surpreenderam o público com suas mágicas e ilusionismo (foto: Luci Judice Yizima)

 

 

Além das apresentações dos grupos de taikos, Cultural Wadô de Salvador, Taiko de Juazeiro, Ishindaiko de Londrina e o tradicional taiko de Okinawa, Ryukyu Koku Matsuri Daiko que veio de São Paulo, o destaque desta edição foi apresentação do carismático cantor mirim Ryu Jackson que levantou a plateia, e divertiu o público com muito encanto em seu show. Também teve as mágicas e ilusionismo de Edson e seu filho Kevin Iwasaki, do cantor Helio Fujita, que surpreendeu os visitantes como quando cantou a capela os hinos do Brasil e do Japão na abertura oficial. No setor de gastronomia a grande novidade foi o ‘Tempurá de Carne do Sol’ e ‘Espeto de Peixe Empanado com Tapioca’ especiarias da culinária baiana que agregada à culinária japonesa invenção do chef Sergio do Bar e Restaurante Skai Julia de Salvador, quem experimentou aprovou a mistura. O espetáculo à parte foi do público que lotou O Festival da Cultura Japonesa de Salvador está sendo sem dúvida uma grande vitrine das tradições e cultura nipônica para o Nordeste brasileiro.

 

Artes Marciais também fizeram parte das apresentações do Festival de Salvador (foto: Luci Judice Yizima)

Artes Marciais também fizeram parte das apresentações do Festival de Salvador (foto: Luci Judice Yizima)

 

Publico participa com muita animação do Festival de Salvador (foto: Luci Judice Yizima)

Publico participa com muita animação do Festival de Salvador (foto: Luci Judice Yizima)

 

O evento contou com a presença da cônsul Geral do Recife, Hitomi Sekiguchi, Consul Honorário de Salvador, Odacil Oliveira, do presidente da Kawasaki Kenji Watanabe, do Diretor da Divisão de Estratégia e Diplomacia Pública do Ministério, Yusuke Arai, do Presidente da Niplan, Paulo Nishimura, da Senadora Lídice da Mata, entre outros. Todos foram recepcionados pelo presidente da Confederação Cultural Nipo Brasileira da Bahia, Toshihiro Tahara, Diretora Educacional da Anisa Angela Tahara, pelo presidente da Anisa Roberto Mizushima, Coordenador Geral do evento João Koji Sunano e a Coordenadora Cultural da Anisa, Lika Kawano.

 

O tradicional Bon Odori foi conduzido pelo Grupo Hikari de Londrina do Paraná (foto: Luci Judice Yizima)

O tradicional Bon Odori foi conduzido pelo Grupo Hikari de Londrina do Paraná (foto: Luci Judice Yizima)

 

Grupo Hikari trouxe 51 integrantes para dançar no Festival de Salvador (foto: Luci Judice Yizima)

Grupo Hikari trouxe 51 integrantes para dançar no Festival de Salvador (foto: Luci Judice Yizima)

 

 

(Luci Júdice Yizima)

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

CONCERTO: Coral Feminino Nipo-Brasileiro apresenta... O Coral Feminino Nipo-Brasileiro de São Paulo, que reúne 44 coralistas dos corais Bunkyo, Paineiras e Piccollo, apresenta neste domingo (21), às 16h30...
JAPÃO: Aumenta o número de brasileiros em Fukui po... FUKUI (IPC Digital) -  O governo da província de Fukui anunciou o número de residentes estrangeiros em 18 deste mês. Depois de 9 anos é a primeira vez...
FIB: Oitava edição estimula o uso das redes sociai... Com o tema “Transformando potencial em performance”, acontece neste fim de semana (8 e 9), na sede do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa...
INFORME PUBLICITÁRIO: Hatiro Shimomoto com o imper... A maior honra na vida do ex-deputado estadual, Hatiro Shimomoto, foi ter sido homenageado pelo Governo de Wakayama. Além de ter sido recepcionado como...

One Comment

  1. Parabéns, querida Luci Júdice Yizima san pela abrangente reportagem, e a todos que engrandeceram o VIII Festival de Cultura Japonesa e XXIII Bon Odori no Parque de Exposições de Salvador!! Que alegria ter notícia – entre outras atuantes personalidades – da cônsul geral do Recife, Hitomi Sekiguchi san, de quem lembramos com carinho aqui no Rio de Janeiro!!!

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *