BAIRRO ORIENTAL: 39ª edição do Tanabata Matsuri recebe mais de 150 mil visitantes

“Foi um dos melhores festivais dos últimos anos”. A frase, dita pelo presidente da Acal (Associação Cultural e Assistencial da Liberdade), Hirofumi Iesaki, define bem como foi a 39ª edição do Tanabata Matsuri – Festival das Estrelas – realizada pela entidade nos dias 15 e 16 deste mês, na Praça da Liberdade e adjacências. Segundo Ikesaki, de acordo com estimativas da Guarda Civil Metropolitana (GCM), a festa, inspirada na lenda japonesa – que conta a história de Orihime, representada pela estrela Vega, e Kengyu, a estrela Altair, que só se encontram uma vez por ano – atraiu mais de 150 mil pessoas nos dois dias.

 

39ª edição do Tanabata Matsuri recebe mais de 150 mil visitantes. Foto: Aldo Shiguti

 

A coordenadora de palco Rosa Matsushita também destacou a presença de público. “Os dois dias foram extremamente movimentados, pelo menos aqui em frente ao palco”, diz Rosa, que também é responsável pela programação do palco principal do Festival do Japão.

 

De acordo com estimativas dos organizadores, o Tanabata deste ano recebeu mais de 150 mil pessoas. Foto: Aldo Shiguti

 

Rosa Matsushita com os cosplayers: parceria que deu certo. Foto: Aldo Shiguti

 

No sábado, a reportagem do Jornal Nippak constatou que a presença de público já era bem superior ao mesmo dia dos anos anteriores. Atraídos, principalmente, pelo tempo agradável, os visitantes conferiram  atrações como o Jya Odori Nagasaki (Dragão Japonês) e a Parada Taiko. Destaques também para as apresentações dos convidados internacionais Delphina, Marina Kondo, Mariko Nakahira e Treasure Garden, que também se apresentaram no palco do 20º Festival do Japão. Outra atração que deu bastante certo, principalmente entre os jovens, foi o Universo Anime, com bandas e a presença de cosplayers.

 

O Dragão Japonês fez muito sucesso entre o público. Foto: Aldo Shiguti

 

Cerimônia de corte da fita no torii. Foto: Jiro Mochizuki

 

Abertura – Ainda no sábado, foi realizada a cerimônia de abertura com a presença de autoridades, entre eles o cônsul Takuo Sato, chefe do Departamento Cultural; o prefeito regional da Sé, Eduardo Odloak, os vereadores Aurélio Nomura (PSDB), Ota (PSB) e George Hato (PMDB); o presidente do Comitê Executivo da Comissão para Comemoração dos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil, Yoshiharu Kikuchi, e o presidente do Enkyo (Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo), Akeo Yogui, entre outros.

 

Autoridades, convidados e políticos durante cerimônia de abertura. Foto: Aldo Shiguti

 

 

Takuo Sato. Foto: Aldo Shiguti

 

Em seu discurso, Ikesaki destacou a importância das festas que são realizadas no bairro para o comércio local. E foi além: “Sem dúvida, o Tanabata Matsuri é a maior e melhor dentre todas as festas da comunidade nipo-brasileira”, afirmou Ikesaki, que agradeceu todos os departamentos da Acal.

 

Hirofumi Ikesaki. Foto: Aldo Shiguti

 

 

 

Revelando seu desejo, para que haja mais amor e felicidade, o vereador George Hato lembrou que também estava representando o pai, o deputado estadual Jooji Hato (PMDB), “que sempre prestigiou os eventos da comunidade nipo-brasileira e que por motivo de doença não pode estar presente”.

 

George Hato. Foto: Aldo Shiguti

 

Já o vereador Ota lembrou que a  partir deste ano, 30 de agosto será lembrado como o Dia Nacional do Perdão. De autoria da deputada federal Keiko Ota (PSB-SP), a lei que institui a data foi sancionada no dia 20 de abril pelo presidente Michel Temer. “A violência no país está tão grande que só tirando o ódio dos corações e perdoando será possível mudar alguma coisa”, disse Ota, afirmando que “ao invés de buscar vingança, perdoei os assassinos do meu filho”.

 

Ota: “Todos nós devemos aprender a perdoar”. Foto: Jiro Mochizuki

 

Mutirão – Líder do Governo na Câmara Municipal de São Paulo, Aurélio Nomura destacou a presença de “dois prefeitos na cerimônia – o prefeito regional, Eduardo Odloak, e o ‘prefeito da Liberdade’, Hirofumi Ikesaki” – que trabalham em prol da consolidação da cultura” e explicou que o Tanabata Matsuri o remetia a duas lembranças. A primeira, a do espírito dos pioneiros, que com muito trabalho ajudaram a construir o país. “Hoje nós vemos a partipação de nikkeis em todos os setores laboriosos. E o outro motivo que gostaria de destacar é que este evento consagra a paz e a esperança, sentimentos que todos nós devemos ter”, afirmou Nomura.

 

Eduardo Odloak. Foto: Aldo Shiguti

 

Aurélio Nomura: “Tanabata Matsuri consagra a paz e a esperança”. Foto: Jiro Mochizuki

 

Já Eduardo Odloak convocou a todos para participarem do grande mutirão marcado para o dia 5 de agosto com o intuito de promover melhorias no bairro da Liberdade. “Cada um de nós pode colaborar para tornar esta região ainda mais bonita”, disse o prefeito regional da Sé.

 

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

     

    39º TANABATA MATSURI – Realizado nos dias 15 e 16 pela Acal, o 39º Tanabata Matsuri – Festival das Estrelas – atraiu mais de 150 mil visitantes ao bairro oriental, segundo estimativas dos organizadores. Com sol, o público pôde apreciar atrações como o Dragão Japonês e a Parada Taiko, além de apresentações de danças e shows musicais. Este ano, destaques para os convidados internacionais Marina Kondo, Mariko Nakahira, Treasure Garden e Delphina, além do Universo Anime.

     

    Arrow
    Arrow
    ArrowArrow
    Slider

     

    Fotos: Aldo Shiguti

    ALDO SHIGUTI

    ALDO SHIGUTI

    Redator-chefe
    ashiguti@uol.com.br
    ALDO SHIGUTI

    Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

       

       

      Related Post

      MÚSICA: Concerto neste sábado comemora 50 anos da ...   Um show para comemorar e também para agradecer. Neste sábado (18), o Espaço de Eventos Hakka, em São Paulo, será palco de um evento que prom...
      LITERATURA: Paulo Kaneko na CBN   Ouçam a entrevista que o peregrino Paulo Kaneko, autor de No Caminho de Shikoku, deu para o programa Caminhos Alternativos da Rádio CBN, que...
      19º FESTIVAL DO JAPÃO: Ana Carolina Miyashita é el... Ana Carolina Miyashita, mato-grossense de 21 anos, estudante do 2º ano de Fisioterapia, foi eleita a mais bela nipo-brasileira no concurso de beleza M...
      TV DIGITAL: Japan-TV traz ao Brasil o Japão em tem... Há quase sessenta anos, quando a televisão chegou pela primeira vez no Brasil, ninguém acreditou que hoje haveria pelo menos uma TV colorida em quase ...

      2 Comments

      1. Fui sábado.
        Realmente, foi excelente!
        Parabéns a ACAL!

      2. Boa tarde!

        Discordo, teve falta de policiamento, e muitos roubos, inclusiva a minha sobrinha que havia chegado de Brasília naquele dia, foi filmar a hora em que o dragão estava passando, com diversas autoridades políticas no palco e o seu celular foi roubado.

      Faça seu comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *