BAIRRO ORIENTAL: Iluminação do bairro da Liberdade está sendo revitalizada

Quando se fala no bairro da Liberdade, logo se lembra das famosas luminárias que caracterizam o bairro mais oriental da capital paulista. A Prefeitura de São Paulo, através do Ofício 142/12 – ILUME G – Departamento de Iluminação Pública (Ilume) está revitalizando a iluminação do bairro, estão sendo trocadas as luminárias danificadas ou até mesmo onde tem o poste, mas falta a ganga ou o globo. A Ilume anunciou que a remodelação da iluminação das ruas deve ser concluída até o mês de junho de 2012, quando se intensificarão as comemorações dos 104 anos da imigração dos japoneses no Brasil. O investimento não foi informado.

 

Suzuran-to, as luminárias da Liberdade deverão ser reformadas (foto: Luci Júdice Yizima)

 

Segundo o diretor de divisão Ilume II, Araldo Castilho, serão substituídos 300 luminárias e 100 postes por outros mais resistentes. “Serão trocados postes e cangas, visto que as existentes estão impregnadas de muita sujeira de difícil remoção ou danificadas. O trabalho de retirada dos postes e a recolocação dos novos estão sendo realizados e até o final do mês de junho serão concluídas”, explica. “As unidades ornamentais da Liberdade, dotadas de lâmpadas com tecnologia de Vapor de Sódio, serão substituídas por Vapor Metálico o que representa eficiência quanto ao consumo de energia e à possibilidade de reprodução de cores, enfatizando, assim as características do bairro oriental”, conclui.

Suzuran-to, luminárias do Bairro Oriental, marca do bairro (foto: Luci Judice Yizima)

 

 

História – As primeiras luminárias, conhecidas como lanternas ‘suzuranto’, foram instaladas em algumas vias do bairro da Liberdade na década de 70. As peças, que antes eram de vidro, foram substituídas desde 2008 por outras mais resistentes e que deverão ser mantidas. Pelo novo projeto, as lâmpadas já existentes serão substituídas por lâmpadas de vapor metálico.

 

A revitalização das luminárias do bairro da Liberdade é parte de um amplo projeto que vem sendo discutido junto à Prefeitura Municipal de São Paulo e que prevê a remodelação no Centro da cidade. A iniciativa partiu de uma discussão entre setores da sociedade e o poder público. A proposta, além de apoio da administração municipal, conta com parceiros públicos, iniciativa privada e entidades ligadas ao comércio e comunidade.

 

O bairro da Liberdade hoje é um dos pontos turísticos da capital onde a cultura oriental se encontra presente em cada esquina, seja nos restaurantes ou nas lojas de presentes. No ano de 1974, foi concluída a primeira etapa da transformação da Liberdade em “Bairro Oriental”. Desde então, o bairro foi ganhando feições diferentes. Hoje se tornou um centro de referência cultural com a presença cada vez maior de outros povos do oriente, como chineses, coreanos e libaneses.

 

(Luci Júdice Yizima)

 

 

Comentários: para deixar sua opinião, basta escrever sua mensagem no box logo abaixo (leavy a reply). Indentifique-se colocando seu nome/apelido e e-mail (este ficará em sigilo) e em seguida clique (Submit Comment). E pronto é só aguardar.

f share = compartilhar no facebook

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

VINHEDO/SP: Neste final de semana tem o 4º Festiva...   Vinhedo sedia neste final de semana (18 e 19) o 4º Festival do Japão, iniciativa da Associação Cultural e Esportiva Nikkey da cidade, com o ...
SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: MINHA NOITE DE NATAL Como nos Natais anteriores, não quis passar a noite sozinho, este ano.  Contratei uma acompanhante, de meia idade, da minha altura, morena. Pedi que v...
CIDADES: Região Noroeste de SP tem apoio de Ihoshi... Berço da imigração japonesa em São Paulo, a região noroeste paulista tem recebido a ajuda de um grande aliado no desenvolvimento dos municípios que in...
PARANÁ: Câmara Japonesa de Comércio do Paraná é of...   Em agosto, a Câmara do Comércio e Indústria Brasil Japão do Paraná recebeu da sede da Organização das Nações Unidas, em Nova Iorque, a carta...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *