BAIRRO ORIENTAL: Confira a programação da Celebração do Ano Novo Chinês na Praça da Liberdade

Para os chineses, 2016 começou oficialmente nesta segunda-feira (8). A diferença ocorre porque os chineses seguem o calendário lunar. Assim como para os japoneses, também os chineses consideram a celebração do Ano Novo como a data mais importante do ano. Na China, são quase 10 dias de feriado nacional. “É o momento em que todos retornam para suas casas e vilas de origem para celebrar a união familiar depois de um ano duro de trabalho”, explica Kawai Cheung, presidente de honra da JCI Brasil-China.

 

As danças do Dragão e do Leão não podem faltar quando o assunto é festividade chinesa (Foto: divulgação)

As danças do Dragão e do Leão não podem faltar quando o assunto é festividade chinesa (Foto: divulgação)

 

No Brasil, o ano do macaco, que promete trazer mais prosperidade, harmonia e união, é celebrado neste fim de semana (13 e 14), no Bairro Oriental, um dos principais cartões postais da cidade de São Paulo e que, democraticamente, acolhe festas de todas as nacionalidades.

Idealizado pela JCI Brasil-China com organização da Tomates Fritos, o evento espera receber cerca de 200 mil pessoas, pelo menos 20 mil a mais que na edição passada. Para acomodar os visitantes, este ano a festa acontecerá entre a Praça da Liberdade, ruas Galvão Bueno, dos Estudantes, dos Aflitos e se estenderá também pela rua da Glória.

“Nossa principal preocupação é proporcionarmos conforto e segurança para os visitantes”, conta Kawai, acrescentando que a festa está ganhando status nacional. “Muitos já colocam em suas agendas a visitação ao Bairro Oriental nesse período, outros vem de longe, até de outros estados. Creio que o alcance tem se tornado nacional, atingindo pessoas de todos os cantos do país para conhecer a festa”, diz Kawai, explicando que, em parte, essa procura se deve ao fato de a cultura chinesa ser muito rica e exótica.

“Queremos passar um pouco desse espírito de festividade para o brasileiro que em geral tem poucas oportunidades de conhecer essa cultura pela distância geográfica que nos separa”, destaca Kawai, acrescentando que o ponto alto das comemorações são as apresentações artísticas feitas pela comunidade como desfile de roupas típicas, danças infantis realizadas pelas escolinhas de chinês da comunidade, além de danças com jovens ginasiais, igrejas cristãs da comunidade e templos budistas e shows com instrumentos musicais.

 

Visitantes terão mais de 40 barracas de alimentação à disposição (Foto: Aldo Shiguti)

Visitantes terão mais de 40 barracas de alimentação à disposição (Foto: Aldo Shiguti)

 

Culinária – Outro momento bastante aguardado pelo público e que não pode faltar quando o assunto é festa chinesa são as danças do Dragão e do Leão. As apresentações acontecerão durante o desfile de abertura, no sábado, por volta do meio-dia, quando as autoridades oferecem alface ao leão que garante muita sorte e dinheiro no bolso. Haverá, também, a dança do dragão e do leão ao longo dos dois dias.

“A dança do Leão e do Dragão, junto com batida do tambor e gongo e a queima fogos de artíficio na mitologia chinesa espanta maus espíritos, traz sorte e prosperidade”, atesta Kawai, para quem os japoneses foram muito importantes na introdução da cultura oriental no Brasil “E muitos desses hábitos nós compartilhamos, como na culinária”.

Quem for a festa, por exemplo, e quiser saborear um yakissoba, poderá pedir um chao mian. Ou se preferir um guioza deverá pedir um jiaoz. Tem também o bolinho de moti, que para os chineses é tang yuan.

Mas há pratos menos conhecidos como pelos brasileiros como o Zongzi, um tipo de pamonha de arroz muito consumida na China. Todas essas delícias estarão disponíveis nas mais de 42 barracas e serão vendidas a preços que variam entre R$ 15,00 e R$ 20,00.

As atrações culturais se apresentarão no palco central montado na Praça da Liberdade, que receberá também um grande painel onde os  visitantes poderão rodar uma manivela e descobrir o ano de seu nascimento e, consequentemente, o seu animal no Horóscopo Chinês. Quem quiser mergulhar e conhecer ainda mais sobre a cultura chinesa poderá participar de um jogo da memória em forma de painel de madeira, que representará uma ‘aula’ de Mandarim.

 

Danças – No sábado a festa começa pontualmente às 12h com a tradicional contagem regressiva. A queima de fogos acontecerá no final do dia, às 20h. O ritual é seguido à risca, pois, segundo a tradição chinesa os fogos afastam os maus espíritos e trazem sorte.

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

     


     

     

    Data: 13 e 14 (sábado e domingo) de Fevereiro

    Onde: Praça da Liberdade e adjacências

    Horário: Sábado, das 12 às 20h, e no domingo, das 11 às 19h

    Entrada franca

     


     

     

     

    CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DO ANO NOVO CHINÊS NA PRAÇA DA LIBERDADE

     

    Desfile de trajes típicos também faz muito sucesso entre o público (Foto: divulgação)

    Desfile de trajes típicos também faz muito sucesso entre o público (Foto: divulgação)

     

     

    SÁBADO (13/02)

    11H45: Recepção de Autoridades / Início do Desfile das Academias e Dragão

    11H50: Cerimonial de Abertura

    12H10: Culto ecumênico – Budismo / Igreja Protestante / Igreja Católica

    12H20: Chegada do Desfile das Academias ao palco

    12H30: Cerimônia de prosperidade a São Paulo

    12H40: Queima de fogos de artifício (5min)

    12H50: Ilusionista Fábio de Rose “The King of Masks” (Ato de Bian Lian / Troca de Máscaras Chinesas)

    13H: Demonstração de Kung Fu Garra de Águia Lily Lau

    13H20: Pintura de quadro chinês do signo do ano

    13H50: Apresentação Infantil

    14H: Associação Taboão da Serra de Kung Fu Garra de Águia

    14H20: Templo Zulai – Fo Guang Shan

    14H40: Escola Billingue Qi Zi

    15H: Coreografia de Tai Chi

    15H20: Coreografia de Tai Chi – “Leque Gong Fu Tai Ji”

    15H30: Esporte Clube Pinheiros e Associação Mei Hua

    15H40: Apresentação Artistica de Tambor Chiês

    15H50: Apresentação infantil

    16H: Kung Fu Shaolin do Templo Zulai

    16H20: Apresentação Artistica Qi Bao

    16H30: Grupo Artístico Tang Yun

    16H50: Hua Sheng Academia de Arte Chinesa – Dança tibetana

    17H: Apresentação Academia WK de Kung Fu (Ricardo Sobreira)

    17H20: Banda de jovens chinesas – Música pop cantada

    17H30: Marta Gonçalves

    17H40: Missão Católica Chinesa [Anne Wang]

    17H50: Apresentação de música

    18H: Wushu Life – Tonlon Academia de Artes Marciais

    18H20: Colégio São Bento [Anne Wang]

    18H30: Hua Sheng Academia de Arte Chinesa

    18H40: Apresentação Musica Pop Coletânea

    19H: Academia Sai Fung Kung Fu

    19H10: Academia Sai Fung Kung Fu

    19H20: JCI Brasil China – Desfile de roupas típicas

    19H40: Terceiro Ato da ópera Turandot – Nessun Dorma

    19H50: Fogos de artifício

    20H: Encerramento

     

     

    DOMINGO (14/02)

    11H20: Cerimonial de Abertura

    11H30: Cerimônia de Abertura – Desfile das Academias e Dragão

    11H40: Fogos de artifício

    12H: Confederação Brasileira de Wushu e Kuoshu Chines – CBWKC

    12H20: Templo Zulai – Fo Guang Shan

    12H50: Dança com leque de fita

    13H: Associação Mantis de Kung Fu (AMKF)

    13H20: Sociedade de Feng Shui

    13H40: Robot Dance – Dubstep

    13H50: Apresentação de Mágica

    14H: Associação Shaolin Wushu

    14H30: Federação Paulista de Nei Jia

    14H50: Apresentação de música em chinês da Jolin Tsai (I’m not yours)

    15H: Apresentação de técnicas de kung fu inspirada em animais

    15H20: Música pop cantada por jovens chinesas

    15H30: Apresentação infantil

    15H40: Palestra de Feng Shui

    15H50: Ilusionista Fábio de Rose (Ato de Bian Lian / Troca de Máscaras Chinesas)

    16H: Taichi do Chen Brasil

    16H30: Yakko Ventriloquia

    16H40: Missão Católica Chinesa do Brasil – Caligrafia

    17H: Centro Cultural do Templo Tzong Kwan

    17H20: Instituto Lohan – Artes Marciais

    17H30: Red Line – Música pop cantada por alunos do Colégio Etapa

    17H40: Apresentação Musica Pop Coletânea

    17H50: Juventude Chinesa do Brasil Apresentação Musica Pop Coletânea (20min)

    18H: Associação Shaolin de Fung Fu & yee´s hung ga (ASKF)

    18H20: JCI Brasil China – Desfile de roupas típicas

    18H40: Terceiro Ato da ópera Turandot – Nessun Dorma

    18H50: Fogos de artifício

    19H: Encerramento

     

    *Programação sujeita à alteração sem aviso prévio

     

     

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *