BEM ESTAR: Apego e suas consequencias

Nos dias de hoje a familia é composto de um ou no máximo dois filhos.

São criados e educados com total esmero, dedicação dos pais para que nada falte, antecipa para providenciar o que acha que vai necessitar.

Assim vão podando as escolhas, as experiencias, as dores, sofrimentos.

Embora tenha todo o tipo de afeição, carinho, cuidados, a criança vai observando as vibrações dos pais que vão emanando no seu dia a dia, de acordo com o humor deles, das emoções, dos relacionamentos, que vão sendo registrados para a eternidade.

Embora não saibam, apenas o sentir, as crianças vão registrando uma serie de coisas que os pais não são capazes de saber dessa sensibilidade inata.

Assim como tudo que trazem, o que são, são resultantes das criações, dos registros que carregam desde criancinha que foram.

A não conformação persegue a vida toda, e a fonte está aí, o subconsciente vive cobrando.

Voltando aos deveres e obrigações dos pais que é criar e educar, ela extrapola os limites, parecendo não ter fim, enquanto em vida.

Quer manter o controle sobre suas decisões, acha que sabe o que é bom para eles.

Ficam frustrados porque saem fora do controle, não mais consegue fazer ouvir e seguir.

Buscam aliados para fazer mudar a cabeça, pois acham que estão no caminho errado.

Aqui vale uma reflexão.

Ninguem é de ninguém, cada qual pertence a Vida e a Deus.

Todo os bens materiais que existem nada lhes pertencem, existem para serem usufruidos e devolvidos pois tudo é emprestado.

Assim sendo não existe posse.

Representam papéis, nesse palco de vida, cada qual pediu para que os pais dessem a vida como ser humano, e esse foi atendido.

Como o dever do pai é criar e educar este apenas faz, mas ao crescerem nasce sua identidade propria, sua personalidade, sua missão e objetivo nessa vida, seu proposito.

Pela própria experiencia de vida, há de saber que é necessário haver a aceitação, compreensão e entendimento.

Cada qual veio experimentar situações diferentes para seu aprendizado.

O egocentrismo destroi as pessoas assim como a si mesmo.

A lei da Causa e Efeito, que não querem reconhecer, mas ela existe e não falha.

Quantos pais feridos, doentes, inconformados, tem nesse universo.

Não contendo segurar essa emoção, tentam buscar aliados que ajudem a fazer a cabeça dos filhos.

Esse é o sofrimento do apego.

Embora filhos, são seres independentes, filho de Deus, e a ele pertence, e a ele que vai prestar contas.

Só tem de aceitar, acatar as decisões, compreender, entender e orar, pedir a Deus que o ilumine, que proteja, que não desampare.

Cuidem de sua saúde, pois sua missão já foi cumprida como pais, deixem

de sofrer, pois não perdeu nada, exceto se continuar ganhará doença, mágoa, tristeza, depressão.

Afinal, todos nasceram  para serem  Felizes!

 

TAKEO WATANABE

TAKEO WATANABE

Terapeuta Holístico / Seu Mentor
Tratamento personalizado sob medida - corpo - mente - espírito.
Saúde, Alegria, Felicidade, prosperidade, a seu alcance.

Espaço Luz Violeta
Av. Jabaquara, 2940 – salas 82-83 (Prox. Metrô S.Judas)
Tel.: (11) 2275-7787 - 99917-8281- 96447-9087
Mail: reuniaocommentores@gmail.com
TAKEO WATANABE

Últimos posts por TAKEO WATANABE (exibir todos)

    Related Post

    AKIRA SAITO: FOCO NO OBJETIVO “As circunstâncias moldam o meio, o foco molda o resultado”   Se perguntarmos a uma gama de pessoas se elas buscam um objetivo, provavelmente...
    SILVIO SANO: Vamos nos contagiar… em verde e...   Antes de tudo, não creio que esteja sendo repetitivo por trazer aqui o mesmo tema da semana passada visto que se o próprio título indica...
    SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: Reunião das Associações da R...   Reunião das Associações da Região de Lins (Foto: Shigueyuki Yoshikuni)  Representantes de 13 entidades filiadas à Federação das Associaç...
    MUNDO VIRTUAL: O call center e os direitos do cons... Toda a série de processos tecnológicos destinados ao atendimento dos usuários no mundo virtual passa por uma ferramenta que muitos desconhecem o que é...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *