BEM ESTAR: Como conviver sem atritos

É comum  ter atritos no convívio com mais de uma pessoa.

Imaginem numa família grande, no ambiente de trabalho, quantos atritos ocorrem diariamente.

Recomendo que use o método do rapport, ou seja faça exatamente o que todos fazem, falam, comportam, agem, copiem, não seja diferente.

Muito embora não seja do seu feitio, da sua personalidade, pois senão será feito de capacho e ou de trouxa.

Você se acha injustiçada, pois você cumpre com suas obrigações e além do mais até ajuda outros, sacrificando seu tempo de  trabalho, seu horário, em detrimento dos outros.

Portanto não antecipe , nem  façam pelos outros ou para os outros, as pessoas acostumam e passam a ser de sua obrigação, você começará a ser cobrada.

As pessoas pedem, você faz, nem agradecem ou muitas vezes até acham ruim quando você queixa de alguma coisa, como se fosse sua obrigação.

Então façamos como os outros, por mais que não necessite, peça favor às pessoas acostumadas a te pedir.

Observe as respostas, as atitudes que tomarão, você as copiará exatamente quando elas pedirem a você.

Cada qual tem a sua tarefa, a sua atribuição, então que se cumpra, sem incomodar os outros, pois,  tudo funciona quando todos cumprem a meta e o prazo..

Em qualquer lugar, há necessidade de regras, regras essas que não podem ser quebradas, devem ser respeitadas e cumpridas.

Sendo assim, faça sua parte bem feito, com esmero, em  estado do aqui e agora, colocando  muito amor divino e gratidão no que está fazendo.

O resultado será excelente, onde todos quererão copiar ou ser igual a você.

Não permita que os outros aproveitem de você, ensine-as se necessárias, para que aprendam a fazer as coisas por si.

Faça do local de convívio, um ambiente leve, agradável, de brincadeiras sadias, alegres, onde todos possam estar rindo o dia todo, fazendo as coisas com prazer.

Vamos desestressar, sem ter que brigar consigo mesmo, culpando sempre os outros.

Em casa, envolvam todos para fazer as coisas juntas, para que participem e contribuam com as tarefas domésticas, com elogios, e agradecimentos.

Verás que criará um ambiente aconchegante de muita alegria e risos, a casa estará sempre brilhante de  muita luz.

Somente com a união e cooperação que venceremos, sem estresse, sem aborrecimentos, sem mágoas uns dos outros, como se todos fossem um.

Desigualdades existem em qualquer lugar, aprendamos sempre nivelar por baixo para poder traze-los para cima com muito amor, alegria e gratidão.

Aqui na clinica ouço muito esse tipo de queixas que os pacientes relatam.

Quando os pacientes tomam essa consciência, se curam, transformam, ficam mais leves, soltos, confiantes, alegres, amorosos, compreensivos.

Estamos para ouvir e resolver todo e qualquer tipo de problemas e sofrimentos, venham conversar e expor suas dificuldades do dia a dia, que juntos encontraremos o caminho.

 

TAKEO WATANABE

TAKEO WATANABE

Terapeuta Holístico / Seu Mentor
Tratamento personalizado sob medida - corpo - mente - espírito.
Saúde, Alegria, Felicidade, prosperidade, a seu alcance.

Espaço Luz Violeta
Av. Jabaquara, 2940 – salas 82-83 (Prox. Metrô S.Judas)
Tel.: (11) 2275-7787 - 99917-8281- 96447-9087
Mail: reuniaocommentores@gmail.com
TAKEO WATANABE

Últimos posts por TAKEO WATANABE (exibir todos)

     

    Related Post

    BEM ESTAR: Dores , sofrimentos, problemas, tratame... Difícil saber o que cada um de nós temos, o que carregamos, causas desconhecidas, em alguns casos, chegam a ser desenganados pela medicina terrena. ...
    ERIKA TAMURA: Sacola plástica no Japão Durante um tempinho atrás, acompanhei toda a polêmica sobre o fim das sacolinhas plásticas convencionais de supermercado no Estado de São Paulo e algu...
    ERIKA TAMURA: Exposição Terra do Sol – pintores ni... (Foto: Erika Tamura)     No sábado dia 26 de abril, estive presente na Exposição de Arte, Terra do Sol – Pintores nipo-brasileiros...
    AKIRA SAITO: CHEGOU A HORA “Quando desejamos algo, quando batalhamos por isso, chegará sempre aquela hora em que precisaremos dar o passo final”     Quando há o...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *