BEM ESTAR: O-mo-te-na-shi – A arte de servir bem

Tradicionalmente os japoneses tem o hábito de servir bem as pessoas, tratamento esse que são dispensados a todos sem exceção, na obtenção de satisfação plena das pessoas as quais forem servidos.

Esse rito inicia de dentro da casa de  cada família, aos convidados, às pessoas que batem a sua porta, aos vizinhos, às pessoas de relacionamentos estreitos e íntimos.

Fora de casa, todos os eventos de todas as sortes  da comunidade, do município, do estado, do pais   iniciam com série de debates e idéias bem antes do evento.

Assim inicia-se a organização, arrumação, a preparação , tudo conforme planejado, sem surpresas, para recepcionar os visitantes.

Quando foi anunciado a escolha da próxima Olimpíada em 2020, em Tokyo – Japão, o comitê olímpico, iniciou o trabalho, com planejamento e cronograma de execução.

Desde a infra estrutura, construção de arenas, transportes, hotéis e serviços de hotelarias, gastronomias, turismo, brindes, guias, inserindo uso de tecnologias disponíveis para facilitar a vida dos visitantes.

O envolvimento é geral, com total participação do povo em geral,  para que todos levem  a boa impressão do país  com oferecimento do o-mo-te-na-shi!

Não só por ser pais do primeiro mundo que o povo espera que o governo faça tudo, muito pelo contrário, são os povos, cada cidadão, que participam para a realização do evento para  o país ser bem sucedido.

Exemplo deixado pelos japoneses na arena da copa de futebol, após o jogo, reflete exatamente o espírito participativo do povo, não espera do governo, eles se põe à disposição do governo , do país, como que dissesse o que eu posso fazer pelo meu país.

Tudo começa dentro de casa, nascem de dentro de casa.

A educação é fundamental .

Os princípios éticos, morais, civilidade, devem ser aprendidos em casa.

Nenhum povo nasce pronto, através da união entre as pessoas é que tornam possíveis a realização desta arte de servir bem.

Em pequenas comunidades são possíveis de se ver esse tipo de união para a realização de eventos, mas a contrapartida dos visitantes nem sempre são gratos, percebe-se ao final da festa, as condições e situações que deixam.

A mudança é lenta, mas são necessárias as persistências, nos lares e nas escolas.

Freqüentei a escola de língua japonesa na comunidade onde vivia.

As aulas eram duas vezes por semana, a professora vinha da capital, de trem  movido a carvão mineral, depois de ônibus, uma jornada de quase duas horas ou mais.

A faxina era feita por nós alunos, em revezamento, desde a sala até o páteo.

O que podíamos fazer pela professora em estado de gratidão , era colher uma flor, colocar numa garrafa de refrigerante , no canto da mesa dela, era o maior prazer de servir – o-mo-te-na-shi!

Isto torna possível quando as pessoas não esperam que outros  façam por nós,  mas pelo que podemos fazer para outros, é com esse espírito que podemos servir bem a todos.

Vamos praticando para que os outros copiem esse gesto nobre.

Aproveito para convida-los novamente a participar da Feira Vegana das Nacoes , que acontecera nos dias 28 e 29/05/16 , o horário sera de 11:00h as 20:00h , no Colegio Santa Amalia (Av. Jabaquara , 1673 – Saude) , ao qual estarei la para conversar e ter esse encontro com você !

 

TAKEO WATANABE

TAKEO WATANABE

Terapeuta Holístico / Seu Mentor
Tratamento personalizado sob medida - corpo - mente - espírito.
Saúde, Alegria, Felicidade, prosperidade, a seu alcance.

Espaço Luz Violeta
Av. Jabaquara, 2940 – salas 82-83 (Prox. Metrô S.Judas)
Tel.: (11) 2275-7787 - 99917-8281- 96447-9087
Mail: reuniaocommentores@gmail.com
TAKEO WATANABE

Últimos posts por TAKEO WATANABE (exibir todos)

     

     

    Feira Vegana das Nações

     

    resized_13012751_609967492500336_8749137899950952718_n

    Expositores com gastronomia típica de diversos países e estados do Brasil, vestuários, acessórios, cosméticos, artesanatos exclusivos, tudo ecologicamente correto.

    Alimentos com opções sem glúten e sem açúcar, todos veganos!

    Apresentações artísticas, conscientização sobre proteção animal e ambiental com palestras, workshops, yôga, exibição de vídeos e aula de culinária vegana básica.

    Teremos um espaço para adoção de gatos e cachorros, em parceria com protetores que resgatam animais de rua: também aceitarão doações de ração, cobertores e medicamentos.

    Sábado e Domingo
    28 e 29 de maio de 2016
    11h às 20h

    Entrada gratuita, local coberto
    Colégio Santa Amália: Av Jabaquara, 1673 – São Paulo/SP (bem ao lado da saída do metrô Saúde)

     

     

    Related Post

    BEM ESTAR: No limiar de um Novo Ano Feito o balanço de mais um ciclo de vida, dos anos vividos, vem o momento de renovação, inflando o coração e a mente de promessas das mudanças e esper...
    AKIRA SAITO: A IMPORTÂNCIA DO EQUILIBRIO “Conhecimento só terá validade se souber como utilizar”   Nas Artes Marciais Japonesas (Budô) a busca pelo aperfeiçoamento percorre um longo ...
    SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: Cilada de Mestre   Quando a esmola é grande, é bom desconfiar. Mas poucos seguem o conselho. É só assistir ao noticiário para constatar que muitos ainda caem t...
    ERIKA TAMURA: Concurso de oratória em português no... No último dia 6, domingo passado, fui convidada para prestigiar o concurso de oratória em português. Fiquei muito feliz com o convite que partiu d...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *