BRASIL-JAPÃO: EM MISSÃO OFICIAL AO JAPÃO, GOVERNADOR DE SANTA CATARINA BUSCA AMPLIAR PARCERIAS NO AGRONEGÓCIO

Em sua 14ª missão internacional desde 2011 – a quarta do atual mandato – o governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo (PSD), está em visita ao Japão desde o último dia 2 com o objetivo de ampliar parcerias para promover o agronegócio catarinense, em especial o mercado de carnes Nesta terça-feira (10), a comitiva liderada por Colombo participou da Foodex Japan 2017, a maior feira de alimentos e bebidas da Ásia, que será realizada até esta sexta-feira (10), na província de Chiba.

O evento tem como objetivo apresentar as últimas tendências de alimentos e bebidas de todo o Japão e do mundo. Esta é a 42ª edição da feira, que conta com fabricantes de alimentos e bebidas e empresas comerciais que representam cerca de 80 países entre os seus expositores. A expectativa da organização é de um público de mais de 70 mil compradores de serviços de alimentação, distribuição e empresas comerciais. A feira ainda promove seminários, apresentações e competições.

 

Em missão oficial no Japão, governador de Santa Catarina
busca ampliar relações comerciais com o Estado. Foto: divulgação

 

Colombo destacou que o agronegócio vive um bom momento e se consolida como um dos principais setores que fortalecem o estado no enfrentamento à crise. Santa Catarina encerrou 2016 como o maior produtor e exportador de carne suína do país. É também o segundo maior produtor e exportador de carne de frango do Brasil.

“O Japão é um parceiro estratégico e essa relação precisa ser fortalecida, é fundamental que a gente faça isso. Tenho certeza que voltaremos desta viagem com frutos positivos para agora e para o futuro de Santa Catarina”, avaliou o governador.

O estado também se destaca na defesa sanitária. Santa Catarina é hoje o único estado brasileiro livre de febre aftosa sem vacinação e, junto com o Rio Grande do Sul, faz parte de uma zona livre de peste suína clássica com certificados da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). O status sanitário diferenciado dá acesso exclusivo aos mercados mais competitivos do mundo, como habilitação para exportar carne suína para Estados Unidos e Japão.

 

Embaixador do Brasil André Corrêa do Lago representou o Brasil na abertura da Foodex 2017. Foto: divulgação

 

Agenda – Ao longo da viagem, também estão previstos encontros com órgãos empresariais e do governo japonês. Na segunda (6), a comitiva participou do seminário Oportunidades & Negócios, promovido em Tóquio, resultado de uma parceria da Embaixada do Brasil no Japão com a Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc).

A comitiva liderada pelo governador conta com o secretário de Estado da Fazenda, Antonio Gavazzoni; o secretário de Assuntos Internacionais (SAI), Carlos Adauto Virmond Vieira; o diretor de economia da SAI, Guilherme Bez Marques; o deputado Gelson Merisio; o ajudante de ordem do governador, coronel Luiz Carlos Vitório; e o diretor de Imprensa da Secom, Claudio Thomas. Da Federação das Indústrias, também participam o presidente Glauco José Corte; o diretor de relações institucionais e industriais, Carlos Henrique Ramos Fonseca; e a coordenadora do Centro Internacional de Negócios, Tatiani Leal.

(Fonte: Portal do Governo de Santa Catarina)

Related Post

SOLIDARIEDADE: Tsurus da Naguisa enfeitam o Hospit...   Repetindo o que foi feito no ano passado, o grupo de Artesanato da Associação Naguisa confeccionou origamis de tsuru (grou) e levou, no dia ...
6ª EXPOSIÇÃO DE WASHI-Ê O evento reúne diversas expressões artísticas e releituras de obras de artistas renomados para celebrar os 120 Anos de Amizade Japão-Brasil   ...
ESPETÁCULO: “En – Laços do Destino” acontece neste... A dançarina nikkei, Eliane Mizumoto coordena no palco do Teatro FECAP o espetáculo “En –  Laços do Destino”, em única apresentação neste sábado (29), ...
COMUNIDADE: Banco Sumitomo Mitsui Brasileiro faz d... O Instituto Brasil-Japão de Integração Cultural e Social e o Bunkyo – Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social – receberam, no...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *