BRASIL-JAPÃO: Empresas japonesas e paranaenses discutem energias renováveis

Empresas paranaenses e japonesas iniciaram negociações para firmar parcerias na área de energias renováveis. O Seminário de Eficiência Energética e Energias Renováveis foi realizado no último dia 13, em Curitiba, pela Japan External Trade Organization (Jetro) e Federação das Indústrias do Paraná (Fiep). em parceria com a Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Japão do Paraná. O secretário estadual da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Ricardo Barros, participou do evento.

Vieram representantes de seis indústrias japonesas dos setores de vapor, refrigeração, eletricidade, energia eólica, solar e biomassa e da Japanese Business Alliance for Smart Energy Worldwide (Jase-W), agência de órgãos governamentais e empresas privadas, que promove no exterior produtos e tecnologias japonesas na área de energia inteligente. As companhias apresentaram seus produtos e serviços a empresários paranaenses interessados em realizar negócios ou firmar parcerias.

 

Barros afirmou ainda que a Copel, a Compagás e o Lactec podem ser parceiros das empresas japonesas do setor (foto: divulgação)

 

O secretário Ricardo Barros reforçou o apoio do Governo do Estado por meio do programa Paraná Competitivo, que assegura incentivos fiscais e suporte para a iniciativa privada. “O Paraná voltou a ser um ótimo ambiente para negócios. Em cerca de um ano e meio, o governo Beto Richa já atraiu mais de R$ 16 bilhões em investimentos. E temos todo o interesse em ampliar as parcerias com empresas japonesas”. Barros afirmou ainda que a Copel, a Compagás e o Lactec podem ser parceiros das empresas japonesas do setor.

O presidente da Fiep, Edson Campagnolo, adiantou que o Paraná será sede de um centro de inovação voltado a eletroquímica. Serão investidos R$ 100 milhões na unidade do Senai. “Temos oportunidades para firmar parcerias, trocar experiências e transferir tecnologias para caminharmos juntos”.

 

Aproximação – O seminário é resultado de um processo de aproximação entre o Paraná e o Japão iniciado em fevereiro deste ano, quando uma comitiva do Estado viajou até o país asiático para visitar empresas e participar de seminários sobre energias renováveis e eficiência energética. Em março, como retribuição à visita, a Fiep já recebeu uma missão japonesa, composta por representantes de empresas e órgãos públicos que apresentaram soluções e tecnologias para o tratamento de resíduos e geração de energia através deles.

O encontro também teve a participação do presidente da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Japão do Paraná, Yoshiaki Yoshiro, da vice-consul do Japão no Paraná Nana Kawamoto, do deputado federal e membro da comissão parlamentar Brasil-Japão Luiz Nishimori, o presidente da Agência de Internacionalização do Paraná Rui Lemes e do vereador de Curitiba Jorge Yamawaki

 

(do site do Governo do Paraná)

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

LEGISLAÇÃO: Dilma sanciona lei que permite o divór...   O texto, do deputado federal Walter Ihoshi (PSD/SP), foi publicado nesta quarta-feira no Diário Oficial da União (Foto: divulgação) A pa...
BAIRRO DA LIBERDADE: Andaime desaba de prédio em r... Um andaime caiu em uma construção no Centro de São Paulo, por volta das 17h, desta quarta-feira (18), e causou danos aos proprietários dos carros qu...
JAPÃO: Ministro da Agricultura do Japão renuncia a... O ministro da Agricultura do Japão, Koya Nishikawa, renunciou ao cargo. O pedido, aceito pelo primeiro-ministro Shinzo Abe, foi apresentado nesta segu...
LITERATURA: Lançamento de ‘Os Japoneses e seus Leg... Acontece na próxima quinta-feira (11), a partir das 19h30, no Centro Brasileiro de Língua Japonesa, na Vila Mariana (zona Sul de São Paulo), o lan...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *