BRASIL – JAPÃO: Japan House e Rio 2016 devem fortalecer relações bilaterais

Passadas as comemorações dos 120 Anos do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação Brasil-Japão, 2016 reserva para a comunidade nipo-brasileira, dois grandes eventos para fortalecer ainda mais as relações bilaterais, pelo menos do ponto de vista do governo japonês: Os Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro e o projeto Japan House.

 

Cônsul geral do Japão em São Paulo coordenou a segunda reunião para instalação do Japan House (Foto: Jiro Mochizuki)

Cônsul geral do Japão em São Paulo coordenou a segunda reunião para instalação do Japan House (Foto: Jiro Mochizuki)

 

Para o governo japonês, os Jogos Rio 2016 tem um significado especial porque a maior competição esportiva do planeta representa a passagem de bastão para Tóquio, sede dos Jogos em 2020. Durante discurso proferido na sétima edição do FIB – Fórum de Integração Bunkyo – realizado nos dias 21 e 22 de novembro do ano passado nas dependências do Bunkyo – Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social –, o cônsul geral do Japão em São Paulo, Takahiro Nakamae, disse esperar que a transição “ocorra de maneira a ostentar os laços dos dois povos para o público mundial, e lá acho que a comunidade nipo-brasileira  merece destaque de honra”.

Em seu discurso, o cônsul disse que “será  uma  ótima  oportunidade  para aprofundar as relações bilaterais na área esportiva também”. “Assim  como aconteceu na Copa do Mundo, no ano passado, acredito que muitos atletas japoneses e turistas irão ao Rio de Janeiro passando por São Paulo. Por sua vez, São Paulo também sediará parte dos jogos, recebendo também concentrações de algumas competições”, destacou Nakamae.

 

Japan House – Outro projeto que está merecendo atenção do governo japonês é a construção do centro informativo estratégico, batizado de Japan House e que cujo objetivo é “servir como uma porta de entrada para conhecer o ‘Verdadeiro Japão’ e para o fortalecimento e engajamento do Japão com o público no exterior, através das informações e recursos de várias instituições e organizações, tanto públicas como privadas, aumentando assim a compreensão dos aspectos culturais, sociais e econômicos do país”.

Aprovado em julho de 2014 pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros do Japão, a ideia é oferecer diversas atividades em áreas como o ensino de línguas e de intercâmbio cultural e, ao mesmo tempo, formar conhecedores e apreciadores da cultura japonesa.

As obras do Japan House, que funcionará na Av. Paulista, 52 –  onde fica uma agência do Banco Bradesco – já foram iniciadas. De acordo com o cronograma, o projeto deve abrir suas portas provisoriamente em novembro deste ano, antes da inauguração definitiva, marcada para março de 2017.

Em janeiro foi realizada a segunda reunião nesse sentido. Participaram, além do cônsul, a presidente do Bunkyo, Harumi Goya; a diretora administrativa executiva, Ângela Hirata; o diretor de planejamento e curador, Marcello Dantas – que criou o pavilhão do Brasil na Expo 2010 de Xangai – e a diretora de Mídia e Comunicação, Nely Caixeta, além do ex- desembargador Kazuo Watanabe.

 

Complementaridade – Ao lado de Londres e Los Angeles, a capital paulista é uma das três únicas metrópoles no mundo escolhida pelo governo japonês a receber a construção. Conforme explanação do cônsul Nakamae, o Japan House não tem a intenção de concorrer com o bairro da Liberdade, que ao longo dos anos tem contribuído com a comunidade nikkei na preservação e divulgação da cultura japonesa. “A função do Japan House deve ser de complementaridade, respeitando e preservando essa cultura tradicional já existente”. “Esse deve  ser um  projeto amplo e abrangente com a possibilidade de realizar grandes cooperações com a comunidade nipo-brasileira, particularmente entre os nikkeis da nova geração com sua característica extrovertida”, destacou o cônsul.

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

     

     

     

    Related Post

    LITERATURA: Livro apresenta peixes indicados para ... Desenvolvido pela equipe de nutricionistas, culinaristas e engenheiras de alimentos do setor de Alimentação Natural, da Fundação Mokiti Okada (FMO), o...
    COMUNIDADE: Entidades homenageiam Condecorados de ... A comunidade nipo-brasileira se reuniu no último dia 14 para homenagear cinco Condecorados de Primavera 2017 pelo governo japonês. Promovido por 37 en...
    CARNAVAL 2015: Nikkeis vivem a expectativa de desf... Quem gosta de samba e quer experimentar a sensação de desfilar na passarela do samba no Anhembi no Carnaval 2015, eis que surge uma grande oportunidad...
    BONENKAI: Confraternização da São Paulo Norte reún... A UCESPN – União Cultural e Esportiva São Paulo Norte realizou, no último dia 5, o 52º “Bonenkai”, confraternização de final de ano das entidades nikk...

    2 Comments

    1. Projeto muito interessante que certamente contribuirá para aprimorar a relação Brasil-Japão.

    2. Projeto muito interessante.

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *