BRASIL-JAPÃO: Luiz Nishimori faz balanço positivo de viagem ao Japão

O deputado federal Luiz Nishimori (PR-PR) voltou entusiasmado da 43º Missão Econômica Empresarial e de Amizade Brasil Japão, realizada entre os dias 12 e 29 de maio. “Como sempre foi uma viagem fantástica”, disse ele, lembrando que os cerca de 20 integrantes – entre empresários, representantes da indústria de alimentos, indústria farmacêutica e de cooperativas – avaliaram a missão “acima das expectativas”.

 

Arquivo Pessoal

Arquivo Pessoal

 

Foi a segunda visita do parlamentar ao Japão somente este ano. A primeira foi em março, quando integrou uma missão oficial a convite do governo japonês através do Programa Juntos – Intercâmbio Japão, América Latina e Caribe.

Desta vez, a comitiva passou por Tóquio, onde puderam conhecer o Palácio Imperial, Asakuza um bairro típico do Japão, conheceram a Tokio Sky Tree, a torre de TV mais alta do mundo com 634m e visitaram também o bairro eletrônico Akihabara.

“Conhecemos a infraestrutura portuária de Yokohama e Kobe e visitamos algumas indústrias de transportes ferroviários, como  a J- Trec, além de conhecer algumas empresas que se destacam no cenário internacional como a Mitsui, Marubeni, Mitsubishi e Hitachi”, explicou o deputado, acrescentando que um dos pontos altos foram as visitas ao Ministério da Agricultura, Floresta e Pesca, ao vice-primeiro ministro e ministro de Finanças do Japão Aso Taro e a visita ao Ministério de Relações Exteriores do Japão.

 

Comitiva conheceu a infraestrutura portuária de Yokohama. Arquivo Pessoal

Comitiva conheceu a infraestrutura portuária de Yokohama. Arquivo Pessoal

 

Segundo Nishimori cada momento da missão é de extrema importância para os participantes da comitiva. “É a oportunidade de verdadeiramente conhecer e buscar novas soluções para o Brasil, a relação bilateral entre os dois países só tem a somar no âmbito empresarial e econômico”, explicou o deputado, lembrando que  além das visitas técnicas programadas, a comitiva foi recebida pelo príncipe herdeiro Naruhito, e pelo governado de Kobe, Toshizo Ido.

“Em termos de cultura e educação o Japão está anos luz à nossa frente. Nesse aspecto, os japoneses são impecáveis e temos muito que aprender com eles. Na verdade, chega a ser desanimador quando retornamos ao Brasil”, disse Nishimori, destacando que “não é fácil mudar a situação do país de uma hora para outra”. “Temos que dar um voto de confiança para o presidente Michel Temer porque a tendência é melhorar. Mas é preciso que haja paciência”, afirmou ele, explicando que não entregou a carta de Temer ao primeiro-ministro Shinzo Abe como havia anunciado antes da viagem.

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

    Related Post

    MEMAI: KOTOBA | A CULTURA DO AVESSO   Mulher do período Jomon (10 mil anos atrás), no Japão, fazendo cerâmica.   Diversos intelectuais se aventuraram no Japão. Ou par...
    Japão tem homenagens para lembrar um ano de tsunam... No Japão, o domingo (11) foi marcado pelas cerimônias em homenagem às vítimas do terremoto seguido de tsunami, que devastou cidades, deixou 16 mil mor...
    SOLIDARIEDADE: Evento em prol da pequena Júlia Fer... E os amigos atenderam ao chamado e compareceram em massa na Mostra de Desenhos da Júlia em prol da pequena Julia Fernanda Branchelli Iizuka realizada ...
    SALVADOR: Festival do Japão de Salvador atrai mais...   No último final de semana (25 e 26), foi realizado VI Festival de Cultura Japonesa – XXI Bon Odori, na Associação Atlética Banco do Brasil, ...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *