Bunkyo homenageia e é homenageado nos 104 Anos da Imigração Japonesa

No quarto ano do novo Centenário da Imigração Japonesa no Brasil – expressão usada por Kokei Uehara, professor e eterno presidente do Colegiado Administrativo da ACCIJB (Associação para Comemoração do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil) e do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social) – para designar as comemorações após 2008, a data volta a chamar a atenção da comunidade nipo-brasileira.

Não com as mesmas proporções de 2008, mas com uma agenda bastante concorrida (veja a programação na página 5). Além dos tradicionais eventos organizados pelo Bunkyo em conjunto com as entidades parceiras, como a Missão em Ação em Memória dos Imigrantes Japoneses Precursores, que será celebrada às 9 horas, na Igreja São Gonçalo, na Praça João Mendes, e do Culto Budista em Memória dos Imigrantes Japoneses , às 14 horas, no Grande Auditório do Bunkyo, as novidades deste ano ficam por conta das homenagens.

 

Bunkyo receberá Salva de Prata nesta segunda feira (foto: divulgação)

 

A começar pela sessão solene de entrega de Título de Cidadão Paulistano ao cônsul geral do Japão em São Paulo, Kazuaki Obe, que está se despedindo do país. A cerimônia, uma iniciativa do vereador Aurélio Nomura (PSDB), acontece nesta sexta-feira (15), a partir das 10 horas, no Salão Nobre da Câmara Municipal de São Paulo.

Na segunda (18), a mesma Câmara Municipal será palco de outra homenagem. Às 19h30, no Plenário 1º de Maio, o Bunkyo será homenageada com a Salva de Prata, decreto legislativo 66/2011 de autoria do então vereador Victor Kobayashi. Praticamente no mesmo horário, mas na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, o deputado estadual Jooji Hato estará homenageando diversas entidades e personalidades (leia mais nesta página). Na quinta-feira (21), às 18h30, será a vez do deputado Hélio Nishimoto convocar a comunidade para o ato solene em comemoração aos 104 anos da imigração.

 

Kihatiro Kita e Victor Kobayashi - Homenagem agendada com antecedência (foto: Bunkyo)

 

Autor do projeto que concede a Salva de Prata – a mais importante honraria outorgada pela municipalidade à uma entidade – ao Bunkyo, Victor Kobayashi disse que ficou surpreso ao constatar que a principal entidade representativa da comunidade nipo-brasileira ainda não havia sido homenageada em mais de cinco décadas de existência.

A data, segundo ele, foi “agendada com antecedência”. “Reservei o dia 18 de junho assim que a Câmara abriu sua agenda, em fevereiro deste ano”, disse Kobayashi, acrescentando que “achei justo prestar a homenagem na data em que se comemora o Dia da Imigração”.

“[A homenagem] é algo que transcende o Bunkyo. No dia 18 estaremos homenageando a principal entidade representativa da comunidade através de um decreto legislativo. Trata-se de uma homenagem da cidade de São Paulo para a entidade que representa a comunidade nikkei”, destaca Kobayashi, afirmando que recolheu 37 assinaturas de vereadores para aprovar o projeto. “Todos eventos têm seu brilho”, explica Kobayashi, referindo-se ao fato de terem sido marcados dois eventos para o mesmo dia e horário.

 

Reconhecimento – “Toda homenagem é bem-vinda e estamos bastante motivados e felizes”, ressaltou o presidente do Bunkyo, Kihatiro Kita. Segundo ele, “sempre que uma entidade é lembrada para receber uma homenagem, é sinal que o trabalho está sendo reconhecido”. Por isto, Kita conta que mudar de lugar, isto, ser a homenageada ao invés de organizar a homenagem, é uma honra.

“Este reconhecimento não é só desta diretoria. Este reconhecimento deve ser estendido aos fundadores, a todos que me antecederam e a todos os funcionários e voluntários que trabalharam e trabalham em prol do Bunkyo. Se hoje nós temos condições de dar prestar serviços para a comunidade e preservar a cultura japonesa, é porque teve pessoas que iniciaram esse trabalho e nós estamos apenas dando continuidade. A cultura japonesa é muito rica e isso tem que ser divulgada. Estamos somando para a criação de uma verdadeira cultura brasileira”, disse Kita.

 

Aldo Shiguti

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

KARAOKÊ: ASSOCIAÇÃO OKINAWA DE CASA VERDE REALIZA ... A AOCV – Associação Okinawa de Casa Verde realizou no último dia 4, em sua sede social, na zona Norte de São Paulo, o seu XVII Karaokê Taikai, com a p...
HAICAI BRASILEIRO O Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô...
HAICAI BRASILEIRO O Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô...
COMUNIDADE: NOVO EMBAIXADOR DO JAPÃO, SATORU SATOH... O novo embaixador do Japão no Brasil, Satoru Satoh, que assumiu oficialmente o posto no dia 15 de novembro, esteve nesta quarta-feira (7), na capital ...

One Comment

  1. uma justa homenagem, sem dúvida. Parabéns ao preasidente Kita e ao nobre vereador Victor Kobayashi.
    Prof. Issao Minami USP

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *