CAMPINAS: 13º FESTIVAL DO JAPÃO DE CAMPINAS ESPERA CERCA DE 15 MIL VISITANTES

O Instituto Cultural Nipo-Brasleiro de Campinas realiza neste fim de semana (10 e 11), em sua sede, no Jardim Guanabara, em Campinas (SP) a 13ª edição de seu Festival do Japão. Inspirado no festival homônimo organizado pelo Kenren (Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil) na capital paulista, o evento de Campinas  tem como objetivo preservar e divulgar a cultura japonesa aos descendentes e à sociedade em geral e é considerado um dos eventos culturais mais importantes no calendário de Campinas e região – além do Calendário Oficial integra também a semana da Comunidade Japonesa do município.

 

13º Festival do Japão de Campinas espera cerca de 15 mil visitantes. Foto: Aldo Shiguti

 

Durante dois dias, o evento oferece uma programação diversificada que inclui apresentação de danças folclóricas – como shan sham kassa odori e awa odori – taiko (tambores japoneses) – com os grupos Ryukyu Koku Matsuri Daiko e Mitsuba – matsuri dance e shows com cantores consagrados da comunidade nipo-brasileira como Joe Hirata, Karen Ito, Mariana Kataoka, Marcelo Akamine, Ricardo Nakase, entre outros, além da convidada internacional Mariko Nakahira.

 

Evento oferece programação diversificada, com shows e danças. Foto: divulgação

 

Gastronomia – Nos dois dias também haverá exposições, friras de produtos e diversas oficinas culturais. Segundo o presidente do ICNB de Campinas, Tadayoshi Hanada, um dos “carros chefes” do evento é a gastronomia, que em 2013 recebeu da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), o título de Patrimônio Cultural Intangível da Humanidade.

 

Mariana Kataoka. Foto: divulgação

 

Este ano, serão cerca de 20 barracas, como as da Associação Cultural Nipo-Brasileira da Colônia Tozan, Associação Cultural Nipo-Brasileira de Pedra Branca, Seichô-No-Iê do Brasil – Regiional de Campinas –, Associação Budista Honpa Honganji de Campinas e Igreja Tenrikyo do Brasil, entre outras.

 

Cecília e Tadayoshi Hanada. Foto: Aldo Shiguti

 

Novidades – Como novidade e com o objetivo de oferecer mais conforto e comodidade aos visitantes, Tadayoshi explica que a organização decidiu ampliar a área, ocupando os dois estacionamentos. “Uma área reservamos só para as mesas e cadeiras”, conta Hanada, acrescentando que outra novidade será a “estreia” do novo camarim, localizado atrás do palco. Trata-se de um espaço com cerca de 50 metros quadrados que ficou pronto esta semana.

 

Karen Ito. Foto: divulgação

 

De acordo com Hanada, a expectativa é receber um público estimado entre 10 e 15 mil visitantes. Segundo ele, enquanto a maioria dos eventos organizados pela comunidade nipo-brasileira enfrentam dificuldades a cada ano que passa em função da crise pela qual passa o país, o Festival do Japão de Campinas “não tem do que reclamar”.

O segredo, assegura, é “manter o bom relacionamento”. “Desta forma, construímos uma relação sólida e duradoura com nossos patrocinadores”, diz Hanada, que destaca também a participação dos voluntários  – são cerca de 180 no total,  principalmente do Juniakai – grupo de jovens entre 10 e 17 anos que antecedem o Seinen. “Envolver os jovens nas atividades sempre foi uma de nossas preocupações, pois são eles que darão tocarão o barco daqui para frente”, diz Hanada.

 

Foto: divulgação

 

Tal a importância do departamento que um de seus principais líderes, Akio Komiyama, deve ser o novo sucessor de Tadayoshi Hanada à frente do Nipo de Campinas.

 

ALDO SHIGUTI

ALDO SHIGUTI

Redator-chefe
ashiguti@uol.com.br
ALDO SHIGUTI

Últimos posts por ALDO SHIGUTI (exibir todos)

     

     

     

    13º Festival do Japão de Campinas

    Quando: Dias 10 e 11, das 10 às 20 horas. Abertura oficial no sábado, às 12 horas

    Onde: Rua Camargo Paes, 118 – Jardim Guanabara – Campinas

    Entrada franca

    Informações pelos telefones: 19/3241-1213 / 3241-1719 ou www.festivaldojapaocampinas.com.br

     

     

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *