CANTO DO BACURI > Francisco Handa: Num sopro veloz | Vida repetida | Ao chegar a primavera

canto-do-bacuri-chico

Num sopro veloz

 

Foi por um triz

Passou rápido de uma vez

Pelo retrovisor direito

A vida que não espera.

 

As árvores se foram

As casas vermelhas também

A má sorte de rabeira

Foi-se também.

Para que pensar

Naquilo que se foi

Na nuvem se desfazendo

Em mil formas

Novamente se compondo.

 

Nos escombros de uma

Casa derrubada ao vento

Nada mais existe

Do que lembranças

Boas outras malditas

Que arde ainda

Nos corações em chamas

Dos iludidos.

Pelo retrovisor esquerdo

Haverá de passar

Também.

 


 

 

Vida repetida

 

Quando a primavera

Chega

O barqueiro ganha

Um novo passageiro.

 

Nada de novo tem

A florada do ipê amarelo

No mesmo lugar

De sempre.

Sempre nesta mesma

Época

Refazendo-se numa vida

Tão breve

Imensamente bela

Por ser breve

Tão passageira

Como a minha vida

Neste momento.

 


 

 

Ao chegar a primavera

 

Quase um ano se foi

Foi-se com a primavera

Num barco

Num barco que carregava

Flores amarelas de ipê.

Não tenho saudades

Nem tristezas

Vejo-o em meus sonhos

Em que sempre viveu.

Afinal não se trata tudo

De um sonho?

 

FRANCISCO HANDA

FRANCISCO HANDA

chicohanda@yahoo.com.br
FRANCISCO HANDA

Últimos posts por FRANCISCO HANDA (exibir todos)

     

     

    Related Post

    AKIRA SAITO: FAÇA O QUE EU FALO? “Em qualquer sociedade bem sucedida, o fazer está relacionado ao exemplo prático e não a teorias faladas”   Um câncer em nossa sociedade assi...
    AKIRA SAITO: SUAS RAÍZES “A lealdade com suas origens é algo fundamental”   O conceito de “DO” (Caminho) nas artes tradicionais japonesas, consiste em se valorizar o ...
    JOJOSCOPE: Fernanda Yamamoto: Verão 2014 no SPFW   Fernanda Yamamoto só revela que o tema da vez é casa & cozinha. Estampas de toalha de mesa, floral, xadrez, remetendo a antigas memórias...
    FERNANDO ROSA: Use sua história para alcançar o su... Você já parou para pensar nos altos e baixos que já passou em sua vida? Quantas coisas boas e maravilhosas que já te aconteceram. Quantos desafios voc...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *