CANTO DO BACURI > Francisco Handa: O caminho da cega | As rãs de Buda | Sem passado

canto-do-bacuri-chico

O caminho da cega

Para onde se dirige

A cega arrastando

Uma bengala.

Sempre a fazer

O mesmo caminho

Arrastando as pernas.

Para onde vamos

Afinal

Com tamanha pressa

Se o ônibus não chegou

Não chegou o trem das onze

Nem a companhia de ontem.

Para que pressa

Se estamos tão bem

Neste momento

Podendo respirar

Aquilo ainda que não

Se paga.

Uma cega arrastava

Uma bengala

Uma bengala arrastava

Uma cega

Arrastamos cada um

Uma bengala

Cegos que estamos.

 

 


 

 

As rãs de Buda

No Mosteiro Shogoji

As rãs traziam a primavera

Num lago ao lado

Em que se meditava.

A lua de primavera

Mergulhava nas águas

As rãs se lançavam

Na lua

Sem conseguir agarrá-la

Enquanto isso

Buda sorria

Sem que o tempo parasse.

 

 


 

 

Sem passado

Nenhum sonho se

Compara

Do que o sonho sonhado

Agora.

Com as mulheres]

Do agora.

Envelhecidas talvez

Ultrapassadas talvez

Mais do que nunca

Amadas agora!

-.-

Cada vez mais perto

Vem chegando o sabiá.

– Migalhas de pão.

Vem brincar comigo

filhotes de sabiá.

– Minha mãe se foi.

 

 

FRANCISCO HANDA

FRANCISCO HANDA

chicohanda@yahoo.com.br
FRANCISCO HANDA

Últimos posts por FRANCISCO HANDA (exibir todos)

     

     

     

    Related Post

    SILVIO SANO > NIPÔNICA: Lula… e o XXII Pauli... Caramba! Quando iniciei esta Nipônica, o assunto sobre os depoimentos do ex-presidente e de sua mulher, Marisa Letícia, estava fervendo e grupos favor...
    Beleza by YUMI KATAOKA: Permanente de Cílios   Genteeeen, Quem não gosta de um olhar poderoso e sexy?!   Hoje, vou falar um pouquinho sobre o crescimento dos cílios e o ...
    LITERATURA: Novos estudos demonstram a múltipla pr... O Brasil possui a maior população nipônica fora do território japonês no mundo. Quem são esses japoneses e nipo-brasileiros que vivem aqui? Indo além ...
    ERIKA TAMURA: 4 ANOS DO TSUNAMI NO JAPÃO Há 4 anos atrás, o Japão passava por um fatídico terremoto seguido de tsunami, um tsunami devastador para o norte do país. E eu estava lá. Onde eu ...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *