CANTO DO BACURI > Francisco Handa: O caminho da cega | As rãs de Buda | Sem passado

canto-do-bacuri-chico

O caminho da cega

Para onde se dirige

A cega arrastando

Uma bengala.

Sempre a fazer

O mesmo caminho

Arrastando as pernas.

Para onde vamos

Afinal

Com tamanha pressa

Se o ônibus não chegou

Não chegou o trem das onze

Nem a companhia de ontem.

Para que pressa

Se estamos tão bem

Neste momento

Podendo respirar

Aquilo ainda que não

Se paga.

Uma cega arrastava

Uma bengala

Uma bengala arrastava

Uma cega

Arrastamos cada um

Uma bengala

Cegos que estamos.

 

 


 

 

As rãs de Buda

No Mosteiro Shogoji

As rãs traziam a primavera

Num lago ao lado

Em que se meditava.

A lua de primavera

Mergulhava nas águas

As rãs se lançavam

Na lua

Sem conseguir agarrá-la

Enquanto isso

Buda sorria

Sem que o tempo parasse.

 

 


 

 

Sem passado

Nenhum sonho se

Compara

Do que o sonho sonhado

Agora.

Com as mulheres]

Do agora.

Envelhecidas talvez

Ultrapassadas talvez

Mais do que nunca

Amadas agora!

-.-

Cada vez mais perto

Vem chegando o sabiá.

– Migalhas de pão.

Vem brincar comigo

filhotes de sabiá.

– Minha mãe se foi.

 

 

FRANCISCO HANDA

FRANCISCO HANDA

chicohanda@yahoo.com.br
FRANCISCO HANDA

Últimos posts por FRANCISCO HANDA (exibir todos)

     

     

     

    Related Post

    TÊNIS DE MESA: A influência japonesa no tênis de ...   Uma das perguntas que mais escuto em todos os Mundiais que estive presente (16 Torneios desde 1991) é porque somente no Brasil ainda encontr...
    ERIKA TAMURA: Irineu, um psicólogo no Japão Durante esse período que estou no Japão, tenho ido à muitos eventos e reuniões ligados à comunida brasileira no Japão, bem como o seu futuro e os seus...
    Beleza by YUMI KATAOKA: LOOK AZUL – VERÃO   Vamos para um Look bem verão?!! Rsrs. Preparei um look especial, que fica lindo e é super fácil de fazer... basta seguir o passo a passo aba...
    ERIKA TAMURA: Vivendo e aprendendo no Japão   Essa semana conversei com algumas pessoas que só reclamavam do Japão, mesmo morando neste país há anos, essas pessoas pareciam detestar tudo...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *