CANTO DO BACURI > Francisco Handa: As coisas são | Desconhecimento do fazer | Acontecia numa tarde

canto-do-bacuri-chico

 

As coisas são

 

Nestas paragens da zona norte

São as montanhas fronteiriças

Alisando o azul

Enquanto o inverno da vida

Maltrata a sola dos pés.

 

Que agradável o facho de luz

Eriçando os pelos

Dos braços morenos

Carregadores de pedras

Da construção civil.

 

Sem lugar para o sofrimento

Os sonhos são águas passadas

Que se firmaram no firmamento

Numa nuvem carregada

A desfazer-se chuva

A regar hortas e almas.

 

Minhas amigas são as ruas

Em que tropeço e levanto

Sujas muitas vezes

Nas esquinas em que morro

Sem nenhum desespero.

 

As paineiras resplandecentes

Tão altivas neste instante

Sem emoção alguma

Sem escrever poesia

Nada disso precisa

Ser somente paineira

Em si mesma poesia

Quero ser paineira

A flor

A perecer até a próxima

Florada.

 


 

 

Desconhecimento do fazer

 

Escrevemos poesia

Por uma necessidade física

De comer e dormir

Sem pretensão alguma

De escrever poesia

Esquecemos a poesia

Apenas escrevemos

Escrevemos a escrita

Apenas respiramos

Um pássaro que alça voo

Desconhece que voa.

Apenas voa

Apenas escreve

Apenas poeta.

 


 

 

Acontecia numa tarde

 

Numa tarde de inverno

Uma preta velha caminha

A tarde caminha

Levando o neto caminha

O neto caminha

A rua caminha

O homem que passa caminha

Com a pasta na mão

A pasta caminha

A vida caminha

Sem rumo algum

A humanidade caminha

Sem se deter nunca

Caminha.

 

 

FRANCISCO HANDA

FRANCISCO HANDA

chicohanda@yahoo.com.br
FRANCISCO HANDA

Últimos posts por FRANCISCO HANDA (exibir todos)

    Related Post

    SILVIO SANO: Primeiro Emprego Recentemente, li uma matéria que me chamou a atenção sobre estudantes conquistando o primeiro emprego com projetos de faculdade, e que me remeteu a um...
    BEM ESTAR: Colocando em Prática Somos presunçosos ou somos desleixados? Temos muito a resolver, mas nada fazemos. Apenas esperamos , talvez o tempo apague e caia no esqueciment...
    JORGE NAGAO: Chic Buarque, 70 caricatura de Dalcio Machado Meu Caro Amigo, minha cara amiga, neste meu Ano Novo, completo 70. Francamente, não choro o Leite Derramado.  Apesar ...
    MUNDO VIRTUAL: Sobre a preservação de um e-mail A cada dia, os veículos de comunicação divulgam notícias que representam orientações ou advertências aos usuários da internet, e ao mesmo tempo  auxil...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *