CANTO DO BACURI > Francisco Handa: A flauta dócil / Tombo da rainha / A busca da palavra perdida

A flauta dócil

Quem detém a flauta

Ao soprar encantamento

Os ouvidos encantados

Seguem como ratos

Que se atiram mar adentro?

O flautista de Hamelin

Faz negócio a quem paga

Às vezes a favor

Às vezes contra.

Os ratos afogados não

Retornam

Outros ratos hão de retornar.


Tombo da rainha

Quando a rainha hesitar

-Puxem-lhe o tapete

Quem desgostar-se dela

-Puxem-lhe o tapete

Simplesmente

– Puxem-lhe o tapete

Assim ao cair

Numa postura engraçada

Todos possam rir

Culpar alguém

Pelas fraquezas da alma.

Que existem em si.


A busca da palavra perdida

Dizer o não dizível

É tarefa inglória

Que se entregam a procurar

Arqueólogos da palavra.

Em alguma geografia

Desaparecida

Escombros de civilizações

Idas.

No fundo do mar

Mais profundo

De uma consciência esquecida

Haverá de surgir

Silenciosamente

A palavra a ser dita.

Em nenhum outro lugar

Nem no murmúrio guardado

Nas frinchas da parede

Cúmplices de um olhar

Segredado

Nem na multidão exaltada

A gritar pelas ruas.

Quando a poeira abafar

Nos passos de uma ave haverá

O cuneiforme de uma

Nova palavra

Que há tanto ansiava

Buscar.

FRANCISCO HANDA

FRANCISCO HANDA

chicohanda@yahoo.com.br
FRANCISCO HANDA

Últimos posts por FRANCISCO HANDA (exibir todos)

     

     

    Related Post

    HAICAI BRASILEIRO   O Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Ma...
    ERIKA TAMURA: 106 anos da imigração japonesa no Br...   Dia 16 de junho, participei de uma sessão solene na Câmara Municipal de São Paulo, onde se deu a homenagem comemorativa dos 106 anos de imig...
    SILVIO SANO > NIPÔNICA: Vidência, não! Leitura da ...   Desde a semana passada até hoje fui remetido a essas duas charges que fiz (publicadas) há dez anos. Ao comentá-las com amigos ouvi deles...
    JORGE NAGAO: Fiz publicidade noutro BB Publicicári...     Nas agências do BB, um farto material publicitário encontra-se  à disposição dos clientes. Há 15 anos, o cenário era muito dif...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *