CANTO DO BACURI > Francisco Handa: Enquanto molhava os pés | Entre a ideia e a realização

 

Enquanto molhava os pés

 

Foi pelas areias molhadas

Que caminhei enquanto do lado

Esquerdo a água rolava em ondas

A rebentar em espumas por cima

De um cemitério de ostras e caranguejos

Trazidas do mar

 

Lembranças de antigos naufrágios

De galeões espanhóis saqueados pelos

Corsários a mando de Elizabeth 1º.

 

Quando a noite cai vem

Rolar pelas ondas um lamento de um barco

Vindo do Oriente

Navegantes  de primeira viagem

Carregando na bagagem  um espelho

Uma enxada para alisar a terra vermelha

Dos cafezais.

 

Como salga o mar que de azul atlântico

Se fez

Transbordando nos olhos de Maria Clara

Um turbilhão de emoções

Que jamais podem ser descritos

Senão o mar

Agitado num nervosismo que não há

De se acalmar

 

Como o mar se parece com minha

Intranquilidade  que de precoce

Tornou-se minha vida

E que errante  caminhei adiante

Sem  querer parar um só dia

 

 


 

 

Entre a ideia e a realização

Uma ideia apenas

Talvez fosse boa ela

Talvez fosse imensamente boa

Que jamais poderia se realizar?

Uma ideia apenas

Em que projetaria  todos os sonhos

Em que as desigualdades desapareceriam

Como isso fosse possível?

Uma ideia apenas

Em que a justiça fosse norma

Em que o diferente fosse apenas diferente

Sem que isso conflitasse?

Uma ideia apenas

Seria socialista

Uma ideia apenas

Seria liberal

Mas nunca antidemocrática!

 

FRANCISCO HANDA

FRANCISCO HANDA

chicohanda@yahoo.com.br
FRANCISCO HANDA

Últimos posts por FRANCISCO HANDA (exibir todos)

    Related Post

    SILVIO SANO > NIPÔNICA: CULTURA, TRADIÇÃO E COSTUM...   Meus filhos (filho e nora... ops!, explico: conforme a tradição japonesa, entrou na família, entrou “literalmente”... rsrs) acabaram de ...
    MEIRY KAMIA: Síndrome de Burnout – O estresse do t... Durante a consulta, Celina, que atua como gerente da área de TI de uma instituição financeira, não sabia dizer exatamente quando os sintomas começaram...
    Bom Odori: palavra mal empregada por todos nós   Na opinião de pessoas abalizadas, sacerdotes, professores e jornalistas, principalmente no Estado de São Paulo, as associações  nikkeis – ka...
    MEIRY KAMIA: Qual é o melhor tipo de empresa para ... Reclamamos tanto dos salários que a impressão que temos é que o salário seja o principal retentor de talentos nas organizações. Puro engano! Pesquisas...

    Faça seu comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *