CARNAVAL: Águia de Ouro homenageia os 120 Anos do Tratado de Amizade em busca do título de campeã

Os imigrantes japoneses atravessaram o mundo em busca de felicidade e prosperidade. Hoje, passado pouco mais de um século, a saga dos pioneiros vai ser contada na maior festa popular brasileira. A Escola de Samba do Grupo Especial do Carnaval de São Paulo, Águia de Ouro, vai homenagear o país do Sol Nascente com o enredo “Brasil e Japão – 120 Anos de União”. O desfile deste ano da Águia de Ouro conta com apoio do Instituto Paulo Kobayashi e do Governo Japonês, por intermédio do Consulado Geral do Japão, e faz parte das comemorações oficiais dos 120 Anos do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação Brasil-Japão.

 

As musas nikkeis da Águia de Ouro, Miku Oguchi e Natália Inoue já estão com o samba no pé (foto: Aldo Shiguti)

As musas nikkeis da Águia de Ouro, Miku Oguchi e Natália Inoue já estão com o samba no pé (foto: Aldo Shiguti)

 

Foram meses de negociação e preparativos (foto: Aldo Shiguti)

Foram meses de negociação e preparativos (foto: Aldo Shiguti)

 

 

A família azul e branco da Pompeia (zona Oeste de São Paulo), sexta a entrar no Anhembi no primeiro dia do desfile (por volta das 4h55 de sábado), já entra para história antes mesmo de pisar no Sambódromo. É que um dos trunfos da Águia é o carro alegórico Tachineputa, vindo especialmente da cidade de Goshogawara, no Japão. Será a primeira vez que um carro alegórico estrangeiro participa do carnaval brasileiro. E também a primeira vez que um caro alégorico com cerca de 15 metros de altura sai do Japão.

 

 

 

 

 

 

Montagem do Tachineputa trouxe 13 técnicos japoneses (foto: Aldo Shiguti)

Montagem do Tachineputa trouxe 13 técnicos japoneses (foto: Aldo Shiguti)

 

“Foram meses de negociação e preparativos. Mas valeu a pena porque nem mesmo as escolas do Rio de Janeiro conseguiram essa proeza”, conta o presidente do IPK, Victor Kobayashi, lembrando que foram precisos 15 containers para trazer o material. Para a montagem, que consumiu quatro dias, vieram 13 montadores japoneses de Goshogawara.

 

Carro alegórico original tinha 22 metros (foto: Aldo Shiguti)

Carro alegórico original tinha 22 metros (foto: Aldo Shiguti)

 

O carro, confeccionado com papel de arroz resistente à chuva, foi acoplado no chassi da quarta alegoria e promete chamar a atenção do público. “Agradeço ao presidente da Águia de Ouro, Sidnei Carriuolo pela ousadia, a estilista Junko Koshino pela ideia, o cônsul geral Noriteru Fukushima pelo suporte, o Celso Mizukami pela coordenação e todos os demais envolvidos”, comemora Kobayashi, acrescentando que, nesta sexta-feira (13), véspera do desfile, acontece a cerimônia oficial de doação do carro alegórico pela prefeitura de Goshogawara à Águia de Ouro e ao Instituto Paulo Kobayashi.

 

 

 

 

 

Miku Oguchi está desde dezembro no Brasil (foto: Aldo Shiguti)

Miku Oguchi está desde dezembro no Brasil (foto: Aldo Shiguti)

 

 

Musas e monja – A vinda do carro Neputa – não confundir com Nebuta, que, a exemplo do Neputa também é da Província de Aomori, porém menor (carregado nos ombros) – não foi a única conquista da parceria IPK-Águia de Ouro. “Vamos levar 650 nikkeis para o Anhembi, um recorde que até então pertencia ao meu pai, Paulo Kobayashi, que em 1998 – ano das comemorações dos 90 anos da imigração japonesa – conseguiu reunir cerca de 600 descendentes de japoneses em uma ala para desfilar na Vai-Vai”, conta Kobayashi, explicando que a escola também está recheada de destaques nikkeis.

 

Natália Inoue foi capa da Playboy (foto: Aldo Shiguti)

Natália Inoue foi capa da Playboy (foto: Aldo Shiguti)

 

Uma delas é a japonesa Miku Oguchi, que sairá como Madrinha da Bateria ao lado da Embaixatriz da Escola, Natália Inoue, capa da revista Playboy de setembro. Além delas, o ex-jogador Zico também é presença confirmada. Respeitado no futebol brasileiro e reverenciado no Japão como jogador e treinador, Zico é também o Embaixador oficial da Águia e dos 120 Anos. Outra que certamente não passará despercebida no Anhembi será a monja Coen. Do Japão, além de cerca de cerca de 100 componentes, destaque para o vice-ministro das Relações Exteriores, Takashi Uto.

 

 

 

 

Zico será destaque no último carro da Águia de Ouro (foto: Aldo Shiguti)

Zico será destaque no último carro da Águia de Ouro (foto: Aldo Shiguti)

 

 

Êxtase – Para Sidnei Carriuolo, a presença de celebridades é importante, “mas o que me surpreendeu mesmo foi a resposta dos anônimos da comunidade nipo-brasileira”. “Para falar a verdade, a ficha ainda não caiu. Estamos em estado de êxtase e só vamos ter noção do que estamos fazendo quando terminar o segundo estágio, que se completará com a ida da Águia para desfilar no Carnaval de rua de Asakusa”, diz o presidente da Águia, lembrando que a agremiação mantém um intercâmbio com o Carnaval de Asakusa há cerca de 15 anos. Considerado o maior Carnaval de rua fora do Brasil, o de Asakusa já está na 33ª edição e acontece tradicionalmente no mês de agosto. “Desta vez vamos participar com o máximo de integrantes que pudermos e também com o máximo de fantasias que pudermos levar”, diz Carriuolo

 

 

Último ensaio na quadra da Águia de Ouro realizado no dia 8 (foto: Aldo Shiguti)

Último ensaio na quadra da Águia de Ouro realizado no dia 8 (foto: Aldo Shiguti)

 

Alas – Para conquistar o tão sonhado título, a Águia de Ouro pretende levar para o Sambódromo entre 3200 e 3300 integrantes espalhados em 26 alas e cinco setores.  “Queremos mostrar um Japão moderno, colorido e alegre. Por ter ido muitas vezes para lá, tenho um conhecimento de Tóquio que me permite dar uma visão diferente ao nosso desfile. Não queremos mostrar o Japão sisudo e cinzento como normalmente é retratado. Queremos mostrar o Japão com um olhar no futuro e o que resultou desses 120 anos de união entre os dois países”, explicou Carriuolo.

Em outubro do ano passado, o presidente da Águia revelou ao Jornal Nippak com exclusividade cada um desses setores. Confira:

Na primeira a escola apresentará o Japão moderno, tecnológico e robótico. No segundo setor a ideia é mostrar como os japoneses encaram o corpo e uma das alas será dedicada a alimentação saudável. No terceiro setor será enfocado a religião e a filosofia.

“No quarto, a Águia de Ouro vai mostrar algo que me fascina nos japoneses: o respeito pelos idosos, suas raízes e também a valorização dos costumes e da história. É o Japão de olho no futuro mas que não abre mão do passado”, explica Carriuolo, acrescentando que a quinta e última parte será dedicada à influência do Brasil sobre a cultura brasileira. “E aí não podem faltar o futebol e o carnaval de Asakusa. Será um raio-x de tudo que rolou nesses 120 Anos de Tratado”, disse Carriuolo, acrescentando que a acolhida do governo japonês foi “gratificante”.

 

 

Mestre Juca da bateria com Victor Kobayashi e destaques (foto: Aldo Shiguti)

Mestre Juca da bateria com Victor Kobayashi e destaques (foto: Aldo Shiguti)

 

Até o cônsul – Para o cônsul geral do Japão em São Paulo, o desfile da Águia de Ouro sinteniza a integração entre brasileiros, japoneses e nikkeis. “Estou muito feliz e agradecido pelo  fato de o presidente Sidnei ter escolhido esse tema, que homenageia os 120 Anos do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação. Daí nosso esforço em trazer o carro alegórico do Japão”, diz Fukushima, afirmando que está empolgado e promete ajudar a escola também no Sambódromo.

(Aldo Shiguti)

 


 

 

Cante com a Águia de Ouro

Brasil e Japão – 120 Anos de União

 

Ala dos Compositores (Serginho do Porto, Pelezinho Haha, Chanel e Ivanzinho)

 

Superação

Renasceu das cinzas a nova nação

Hoje é modernidade

Guerreiros da criação

No corpo se guarda o tesouro, cuidar é preservar

Colher e semear os frutos da mãe natureza

E com leveza para sempre desfrutar

É o elo pra purificar

 

Rituais de fé a meditar

A mente e a alma equilibrar

Respeito a vida Religião

É paz no coração

 

Agradecer aos deuses

Louvar e sempre celebrar

Em forma de arte unindo o folclore

É cultura popular

E assim de gol em gol

Virou paixão eternizou

Os laços dessa união

Festejar

E mostrar ao mundo inteiro

Mais um samba verdadeiro

No carnaval de Asakusa

 

Explode alegria num só coração

Eterna aliança Brasil e Japão

Voa Águia vai buscar

O sonho de ser campeão

 

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

ANDRADINA: Calendário de Festejos traz shows, Bon ...   O Calendário de Festejos do aniversário de 77 anos de Andradina traz shows, o Bon Odori e eventos tradicionais a partir desta quarta-feira (...
ESPECIAL/IMIGRAÇÃO: Bisneto de Affonso Penna e fi... O engenheiro Affonso Augusto Moreira Penna, bisneto do presidente Affonso Penna, e Ryosaburo Mizuno, filho de Ryo Mizuno – dois importantes personagen...
LITERATURA: Designer lança “E o Pequeno Grou Migro... A designer Elle Pei (Foto: divulgação) Depois de São Paulo, a designer Elle Pei lança o conto infantil “E o Pequeno Grou Migrou” no Rio de Janeiro...
KARAOKÊ: Complexo Maeda recebe o 31º Brasileirão n... Um espetáculo imperdível, onde a música japonesa é a principal atração. No palco do Salão de Convenções do Complexo Maeda, em Itu (SP) , nos dias 22, ...

One Comment

  1. APLAUSOS!!! MUITOS!!!
    Torcendo para o resultado almejado após glorioso Desfile!!!

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *