CARNAVAL: Japonesa Miku Oguchi quer conquistar o Anhembi com simpatia e samba no pé

Madrinha da Bateria da Águia de Ouro, a japonesa Miku Oguchi já está treinando duro para fazer bonito no Anhembi. Natural de Kawasaki, província de Kanagawa, a bela, que desembarcou em território brasileiro no dia 30 de dezembro, diz que se sente honrada por desfilar ao lado de tantas beldades, como a Rainha da Bateria, Chintia Santos, e a Embaixatriz da Escola, Natália Inoue, capa da revista Playboy de setembro. “São muitas meninas muito bonitas”, explica ela, num português “fluente”.

 

É a segunda vez que Miku Oguchi visita o país e a primeira em que desfilará no Anhembi (foto: Aldo Shiguti)

É a segunda vez que Miku Oguchi visita o país e a primeira em que desfilará no Anhembi (foto: Aldo Shiguti)

 

E a japonesa já tem a receita para cativar o público: simpatia e muito samba no pé. “O mais importante é ter expressão e saber sambar”, conta Oguhi, de 33 anos e que aprendeu a sambar há apenas sete anos, no Grêmio Recreativo Escola de Samba Nakamise Bárbaros, que desfila no carnaval de rua de Asakusa – o segundo maior carnaval de rua do mundo.

“Fiquei na Bárbaros apenas seis meses, depois fui para a Grêmio Recreativo Escola de Samba Saúde, que fica em Yokohama, porque fica mais perto de onde moro”, conta ela, lembrando que a escola foi campeã em 2010 e 2012 e ficou em segundo 2013 e 2014. Em 2013, aliás, Miku foi eleita a Rainha da Bateria da Saúde.

 

"É uma responsabilidade muito grande", diz Miku Oguchi (foto: Aldo Shiguti)

“É uma responsabilidade muito grande”, diz Miku Oguchi (foto: Aldo Shiguti)

 

 

Miku está empolgada com o carnaval da Águia de Ouro (foto: Aldo Shiguti)

Miku está empolgada com o carnaval da Águia de Ouro (foto: Aldo Shiguti)

Responsabilidade – É a segunda vez que ela vem ao Brasil. A primeira foi em 2011, quando não teve carnaval do Japão por causa da tragédia de 11 de março que vitimou milhares de japoneses. Naquele ano, Miku participou dos ensaios da Mangueira, Salgueiro, Viradouro, Tijuca e da Portela, todas do Rio de Janeiro. “Recebi convites para desfilar no Sambódromo, mas tive que retornar ao Japão logo após os ensaios”, lamenta.

Desta vez, ela promete não perder nada. Já participou de dois ensaios na quadra da Águia de Ouro e do ensaio técnico no Sambódromo.  “Aqui em São Paulo o calor humano é maior”, diz Miku, afirmando que foi muito bem recebida pela comunidade de Pompeia.

“É uma responsabilidade muito grande representar a escola”, diz ela, explicando que “não tem como não sentir um friozinho na barriga”.

É a segunda vez que uma japonesa sai como Madrinha da Bateria de uma escola de samba paulistana do Grupo Especial. Em 2008, com o enredo “Irashai-Mase, milênios de cultura e sabedoria no Centenário da Imigração Japonesa”, a Unidos de Vila Maria apresentou a “musa do carnaval baiano” de 2006, Yuka Chan. A agremiação, que era uma das favoritas ao título, ficou em terceiro lugar.

Se depender de Miku Oguchi, a Águia de Ouro tem tudo para arrebentar no Anhembi. “Fiquei impressionada com o tamanho da quadra e vou fazer de tudo para honrar a agremiação”, disse Miku, que largou o trabalho em uma empresa americana de construção para se aventurar em terras brasilis.

 

Victor Kobayashi, presidente do IPK, e Miku Oguchi (foto: Aldo Shiguti)

Victor Kobayashi, presidente do IPK, e Miku Oguchi (foto: Aldo Shiguti)

 

120 Anos – Este ano, a Águia, parceira do Instituto Paulo Kobayashi (IPK), homenageará o Japão com o enredo “Brasil-Japão – 120 Anos de União”, em referência aos 120 Anos do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação entre os dois países. A escola será a sexta a desfilar no primeiro dia de desfiles no Anhembi (está previsto para sar as 4h55 já da madrugada de sábado).

(Aldo Shiguti)

 

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

COMUNIDADE: Responsável pelo restauro do Pavilhão ... Depois de receber a visita de Suas Aletzas Imperiais, o príncipe Akishino e a princesa Kiko, o Pavilhão Japonês, localizado no Parque do Ibirapuera (z...
COMUNIDADE: Instituição de referência, Aliança cel... Fundada em 17 de novembro de 1956, a Aliança Cultura Brasil-Japão está comemorando 60 anos de trabalho em prol do intercâmbio cultural Brasil-Japão. P...
KARAOKÊ: 20ª edição do Paulistão deve reunir cerc...   Pela primeira vez em toda a sua história, a cidade de Jacareí – localizada na Região Metropolitana do Vale do Paraíba – sediará uma edição d...
DIA INTERNACIONAL DAS MULHERES: Nipo de Campinas h... A tradicional Feria Oriental que acontece sempre no segundo domingo de cada mês no O Instituto Cultural Nipo-Brasileiro de Campinas em sua sede  socia...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *