CASCAVEL: III Nipofest atraiu cerca de 30 mil pessoas

Com números positivos, festa promovida pela ACEC promete ainda mais sucesso para próximas edições

 

Shishimai, do grupo Ryukyu Koku Matsuri Daiko (Londrina/PR), chama a atenção do público. Foto: divulgação

Shishimai, do grupo Ryukyu Koku Matsuri Daiko (Londrina/PR), chama a atenção do público. Foto: divulgação

 

O maior festival da cultura japonesa na região honrou o título e, novamente, foi sinônimo de sucesso. Neste ano, o Nipofest cultural, organizado pela ACEC (Associação Cultural e Esportiva de Cascavel) e apoiado pela Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura, completou três edições e para celebrar o número, foi dividido, de maneira inédita, em três dias: 12, 13 e 14 de novembro. Além de aproveitar o feriado para conhecer um pouco mais da terra do sol nascente, o público também pode comemorar o aniversário da cidade e, com isso, os resultados não poderiam indicar outra coisa além do sucesso!

 

Crianças do Zenshin Daiko brincam com Shishimai. Foto: divulgação

Crianças do Zenshin Daiko brincam com Shishimai. Foto: divulgação

 

Sushi era uma das opções na praça de alimentação do evento . Foto: divulgação

Sushi era uma das opções na praça de alimentação do evento . Foto: divulgação

 

Durante os três dias de festa, cerca de mil kits de tempurás foram feitos (cada um tinha cinco unidades do tradicional bolinho), 500 udons foram vendidos e mais de 6 mil yakisobas foram distribuídos (considerando os que foram vendidos e, também, servidos aos grupos de outras cidades, patrocinadores e jornalistas em forma de cortesia). Para todo esse montante, portanto, o público também foi numeroso: estima-se que, nos dias 12, 13 e 14 deste mês, cerca de 30 mil pessoas foram até o Centro de Convenções e Eventos de Cascavel para prestigiar o III Nipofest.

 

Grupo Zenshin Daiko se apresenta . Foto: divulgação

Grupo Zenshin Daiko se apresenta . Foto: divulgação

 

Público participa da tradicional dança 'bon odori' . Foto: divulgação

Público participa da tradicional dança ‘bon odori’. Foto: divulgação

 

Números satisfatórios que demonstram não apenas a maneira com que Cascavel acolhe os japoneses e descendentes junto a sua cultura, mas também o quanto o Nipofest é prestigiado pela cidade. Promessas de que a cada nova edição o evento (que recebe o apoio da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura, desde 2014) será ainda melhor – e maior.

 

Árvore dos desejos, conhecida como 'Tanabata', fica recheada de desejos durante evento . Foto: divulgação

Árvore dos desejos, conhecida como ‘Tanabata’, fica recheada de desejos durante evento . Foto: divulgação

 

Related Post

SOCIAL: Recital da pianista japonesa Yoko Tokue CONCERTO – Recital da pianista japonesa Yoko Tokue no Colégio Harmonia, no dia 3/5, e na residência oficial do cônsul geral do Japão em São Paulo, Tak...
ARTIGO: O ENSINO DE LINGUA JAPONESA NO BRASIL   Por YUHO MOROKAWA   (Tradução do artigo publicado em língua japonesa na revista “kakehashi” nº 20 - traduzido por ONG Tradbras) INTR...
COMUNIDADE: 11º Jantar Show Beneficente das quatro... Para quem aprecia a gastronomia japonesa aliada a uma boa música nipônica, o 11º Jantar Show Beneficente será um prato cheio e traz muitas surpresas n...
RADIO TAISSÔ: Associações de São Miguel Paulista e... A Associação Rádio Taissô de São Miguel Paulista e a Associação Rádio Traissô de Pirituba, presididas por Antonio Matuura e Setsuko Ishimi, respectiva...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *