Canto do Bacuri

CANTO DO BACURI > Francisco Handa

CANTO DO BACURI > Francisco Handa

Uma data de sempre   Que afinal acontece Em 31 de outubro Em minha cidade? Senão aquilo que sempre Aconteceu Alguém nasce Alguém morre.   Em meus pensamentos Encontro os mortos Com suas caras de sempre Que quero esquecer Mas […]

by · 1 de agosto de 2015 ·
CANTO DO BACURI > Mari Satake

CANTO DO BACURI > Mari Satake

  A menina do origami   Pequenininhas costumavam ir para o interior passar as férias escolares. Ela e a irmãzinha muitas vezes, viajavam de ônibus em companhia da tia. A tia também, naquela época, ainda era estudante e podia viajar […]

by · 26 de julho de 2015 ·
CANTO DO BACURI > Francisco Handa

CANTO DO BACURI > Francisco Handa

O mundo vermelho Este vermelho intenso Das telhas empilhadas Tingem fundo O fundo dos olhos. Um vulcão que arde Ainda queima a lava Derramando-se Nas bordas. Apenas queima Sem explodir Em danação. Os erros do passado São pedras ardendo Num […]

by · 15 de julho de 2015 ·
CANTO DO BACURI > Mari Satake

CANTO DO BACURI > Mari Satake

    A filha do padre   Era uma menina calada. Sempre bem arrumada, parecia uma princesa. Chegou à classe alguns dias depois que as aulas tinham começado. No dia que ela chegou, o diretor foi até a sala anunciar […]

by · 14 de julho de 2015 ·
CANTO DO BACURI > Francisco Handa

CANTO DO BACURI > Francisco Handa

O caminho da cega Para onde se dirige A cega arrastando Uma bengala. Sempre a fazer O mesmo caminho Arrastando as pernas. Para onde vamos Afinal Com tamanha pressa Se o ônibus não chegou Não chegou o trem das onze […]

by · 6 de julho de 2015 ·
CANTO DO BACURI: Professora de trico

CANTO DO BACURI: Professora de trico

  Regininha nasceu no Brasil. É a caçula de uma grande família de imigrantes japoneses. Seus pais tiveram treze filhos antes dela e ela, sempre diz, nasceu por acaso. A justificativa para isso, é que, entre os irmãos todos, há […]

by · 30 de junho de 2015 ·
CANTO DO BACURI > Francisco Handa

CANTO DO BACURI > Francisco Handa

Entardecer em outono Outono vai morrendo No fundo Mais profundo do poço Em que nenhuma luz Consegue entrar Os medos habitam Este lugar As mágoas de outrora Também Os ratos de esgoto gordos Estão Alimentando-se da noite A roer insistentemente […]

by · 22 de junho de 2015 ·
CANTO DO BACURI > Mari Satake

CANTO DO BACURI > Mari Satake

    Fragmentos   Filha de imigrantes. Os pais vieram para cá muito jovens ainda. Vieram sem filhos acreditando que nos primeiros anos apenas trabalhariam. Com o bolso cheio de dinheiro voltariam ao país de origem e aí sim, teriam […]

by · 16 de junho de 2015 ·
CANTO DO BACURI > Francisco Handa

CANTO DO BACURI > Francisco Handa

Num sopro veloz   Foi por um triz Passou rápido de uma vez Pelo retrovisor direito A vida que não espera.   As árvores se foram As casas vermelhas também A má sorte de rabeira Foi-se também. Para que pensar […]

by · 9 de junho de 2015 ·
CANTO DO BACURI > Mari Satake

CANTO DO BACURI > Mari Satake

Hitono nozomino yorokobiyo     Em português, O desejo da minha alma. É o primeiro filme longa metragem de Masakazu Sugita, jovem diretor estreante que esteve no Brasil para o lançamento de seu filme. Logo nas primeiras cenas é quase […]

by · 1 de junho de 2015 ·