CENTENÁRIO: Consulado Geral do Japão em São Paulo celebra 100 anos

No último dia 28, o cônsul geral do Japão em São Paulo, Takahiro Nakamei, abriui as portas de sua residência oficial, no bairro do Morumbi (zona Sul de São Paulo), para celebrar os 100 anos da instalação do Consulado Geral do Japaõ em São Paulo. Presenças do deputado federal licenciado William Woo (PV-SP), dos deputados estaduais Jooji Hato (PMDB) e Hélio Nishimoto (PSDB), dos vereadores Ushitaro Kamia (PSD) e George Hato (PMDB), da presidente do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), Harumi Goya; do presidente do Kenren (Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil), Mikihisa Motohashi e do presidente do Enkyo (Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo), Yoshiharu Kikuchi, da presidente da Câmara Júnior Brasil-Japão, Camila Stuck, dentre outros.

 

 

(Fotos: Jiro Mochizuki)

 

 

 

Confira o discurso do cônsul geral do Japão em São Paulo, Takahiro Nakamae:

 

A presidente do Bunkyo, Harumi Goya, comanda o brinde ao lado do cônsul e da consulesa (Foto: Jiro Mochizuki)

A presidente do Bunkyo, Harumi Goya, comanda o brinde ao lado do cônsul e da consulesa (Foto: Jiro Mochizuki)

 

“Na data de 28 de julho de 1915, exatamente este dia cem anos atrás, com o envio dos funcionários da Embaixada do Rio de Janeiro, iniciaram-se os trabalhos no Consulado Geral do Japão em São Paulo. Foi sete anos depois do início da imigração japonesa no Brasil em 1908. A maior parte do trabalho, na época, foi a ajuda para a fixação e melhoria da vida dos japoneses que continuamente chegavam ao Porto de Santos. Após esse período, passou-se um intervalo de nove anos porque, com a eclosão da Segunda Guerra Mundial, o Consulado Geral foi fechado. Mas, felizmente, hoje comemora-se o centenário de sua existência.

Hoje em dia, este Consulado Geral atende aos Estados de São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e algumas cidades do triângulo mineiro em Minas Gerais. Em cooperação com o governo estadual e municipal desses estados, estamos trabalhando para o apoio na permanência dos japoneses, a cooperação nas variadas atividades da comunidade nipo-brasileira, o intercâmbio cultural e a cooperação econômica.

Aproveito esta oportunidade, representando todos os membros do Consulado, para expressar o meu profundo agradecimento ao grandioso apoio e colaboração recebidos de cada governo estadual, de todas as associações da comunidade nipo-brasileira e das empresas.

Hoje, atuando nos quatro estados, 1 milhão 200 mil de nipo-descendentes contribuem para o progresso do Brasil, formando a maior comunidade de nipo-descendentes no mundo. Cerca de 450 empresas japonesas constituem a maior estrutura de atividade econômica japonesa na América do Sul. Assim, esta região ocupa uma das maiores posições de apoio às relações políticas e econômicas externas do Japão.

 

Celebração reuniu políticos e personalidades na casa do cônsul (Foto: Jiro Mochizuki)

Celebração reuniu políticos e personalidades na casa do cônsul (Foto: Jiro Mochizuki)

 

Como o 34º (trigésimo quarto) Cônsul Geral do Japão em São Paulo, assumi o meu cargo em junho. Este ano, além do Aniversário de 100 anos do Consulado Geral, comemoram-se também os 120 anos desde a assinatura do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação entre o Japão e o Brasil, e os 107 anos de Imigração Japonesa. Sinto-me profundamente honrado por ter sido designado para o cargo de Cônsul Geral neste importante e memorável ano. Dedicarei intensamente às minhas funções, sem jamais esquecer os maravilhosos benefícios e o grandioso patrimônio deixado pelos pioneiros.

Neste ano em que se completam os 100 anos do Consulado do Japão, para expressar o nosso profundo agradecimento, farei um reconhecimento e uma homenagem às várias associações. Trata-se das entidades que contribuíram para o fortalecimento dos laços de amizade entre o Japão e o Brasil, que trabalharam em prol do progresso da comunidade nipo-brasileira, e que fizeram colaborações destacáveis nos variados eventos dos aniversários neste ano. Só quando iniciei os trabalhos para essa homenagem é que percebi o quão numerosa é a quantidade de entidades que merecem a homenagem e o reconhecimento. Somam-se 100 associações. Com certeza, a nossa homenagem e o agradecimento não se limitam a essas associações. Este ano, por se tratar do centésimo Aniversário, foi decidida a homenagem para as 100 associações. Continuarei homenageando e reconhecendo o maravilhoso trabalho, nas diversas oportunidades que tiver daqui pra frente. Detalhes relativos a essas associações se encontram em folheto no hall de entrada. Para as associações homenageadas desta vez, faremos a cerimônia de outorga e reconhecimento no dia 4 de agosto.

Agora, gostaria de apresentar um presente que nós recebemos recentemente. É uma música que tem como tema a amizade entre o Japão e o Brasil. Foi composta e presenteada a ocasião dos 120 anos das relações bilaterais e dos 100 anos este consulado, pelas famosas cantoras, a brasileira e nipo-descendente, Fernanda Takai e a japonesa, Maki Nomiya. Após cinco meses de criação, recentemente foi concluída e será hoje pela primeira vez apresentada ao público.

Está música é o melhor presente que nós que trabalhamos no Consulado do Japão poderíamos receber. Pensamos em utilizá-la daqui para diante em diversas situações como uma obra de arte que personifica a amizade entre o Japão e o Brasil e para que todos possam conhecê-la.

Desejo o fortalecimento e progresso ainda maior das relações de amizade, paz e cooperação entre o Japão e o Brasil, e também ensejo a felicidade e prosperidade aos convidados do Governo deste local, a todos da comunidade nipo-brasileira, da Economia, Cultura, Jornalismo e outras diversas áreas, aos empresários japoneses e brasileiros, e todos os demais convidados.

Muito obrigado”

 

 

 

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *