CIDADES/ANDRADINA: Jamil discute projeto cooperação cultural com Moçambique

O prefeito de Andradina (SP), Jamil Ono (PT), participou nesta terça-feira (22) de uma reunião na Embaixada da República de Moçambique com o conselheiro Econômico para Assuntos do Turismo e Cultura, Romualdo Lodino do Carmo Johnan. A reunião contou com a presença do secretário de Cultura e Turismo, Odilei Tavares, secretário de Assuntos Parlamentares, Fernando Magno, secretária de Políticas sobre Drogas, Valeska Linjardi, assessor de Cultura, Wagner Neves (Toquinha), do estudante Samora Machel Messias Silva de Almeida, e dos moçambicanos Jose Maria Langa e Richard Pierre Gbago Zoumanigui.

Na pauta de reuniões estava a apresentação do projeto “Casa de Cultura – Samora Machel – Brasil-Moçambique”. Johnam se interessou de pronto pelo projeto, por se tratar de cooperação cultural entre um país e uma cidade. Ele ressaltou que é a primeira vez que recebe a visita de um prefeito e ainda mais com um projeto dessa natureza.

O prefeito de Andradina na Embaixada de Moçambique (foto: divulgação)

 

Jamil Ono entregou ao conselheiro uma cartilha com os aspectos geográficos, econômico e cultural de Andradina e lembrou que em sua equipe de Governo, pela primeira vez na historia administrativa da cidade, existe afro-descendentes ocupando posições chave, sendo quatro deles secretários.

“Promover a Igualdade Racial, valorizar a cultura afro-brasileira tem sido ações permanentes na nossa gestão. Fomos muito bem recebidos pelo Conselheiro Romualdo e acreditamos que firmaremos parcerias com Moçambique. Colocamos nosso município a disposição para estabelecermos relações culturais, turísticas e econômicas”, declarou Jamil.

 

Inclusão social – A casa de cultura tem como principal objetivo promover a cultura africana em Andradina, dando ênfase à inclusão social e à integração cultural, especialmente voltada às crianças e jovens. Na prática, a Casa de Cultura Samora Moisés Machel de Andradina vai permitir a criação de condições que favoreçam a realização das atividades culturais africanas, usando de características e recursos das duas nações para reafirmar esses costumes. A criação da Casa de Cultura, que ligará o Brasil, através de Andradina, à nação africana.

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

COMUNIDADE: ASSOCIAÇÃO NIPO DE CAMPO GRANDE TEM NO... O engenheiro civil e professor universitário aposentado, Jorge Gonda, 68, é o novo presidente da Associação esportiva e Cultural Nipo Brasileira de Ca...
CIDADES/CURITIBA-PR: Dekasseguis retornados trocam... A Associação Brasileira de Dekasseguis - ABD realizou no dia 28 de março, em sua sede (rua 24 de maio 765 A, em Curitiba), encontro de grupo de apoio ...
CARNAVAL: Nikkeis superam a timidez e mostram muit... O empresário japonês, Tsubasa Miyoshi não quer fazer feio no carnaval. Ele vem ao Brasil 4 meses antes do carnaval para aprender o samba enredo da Imp...
NOTÍCIA DE PROMISSÃO: III Encontro da Família Naka...   100 anos da Família Nakasato - 4ª geração - bisnetos dos imigrantes (foto: Shigueyuki Yoshikuni)       Foi n...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *