Cidades/Bento Gonçalves: Governo implanta projeto de Polícia Comunitária

Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha, também vai receber o projeto de Polícia Comunitária, desenvolvido pelo Governo do Estado, por intermédio da Secretaria da Segurança Pública (SSP), em parceria com o município. O anúncio foi feito pelo secretário Airton Michels, no último dia 26, em solenidade na prefeitura de Bento. O projeto segue o mesmo modelo do já instalado em Caxias do Sul, em que o município é o responsável pelo pagamento do aluguel das casas dos policiais, que passarão a morar nos bairros onde atuarão.

Airton Michels afirmou que a implantação do Polícia Comunitária é mais uma parceria que a Prefeitura de Bento Gonçalves está construindo com o Governo do Estado, por intermédio da SSP. Michels valorizou a participação dos municípios na iniciativa, como Caxias do Sul, Passo Fundo, Vacaria e Canoas, além de Bento Gonçalves. Acrescentou que, além da ação policial, o importante é a intermediação de conflitos pelos policiais, evitando que eles se transformem em crimes maiores. O secretário ressaltou ainda a participação da Polícia Civil no Polícia Comunitária em Bento Gonçalves, algo inédito nos demais projetos já implantados no Rio Grande do Sul.
O prefeito, Roberto Lunelli, assinalou a necessidade de integração nas atividades de segurança pública. “O município, sozinho, não faz nada. Da mesma forma o Estado, sozinho, não faz nada também. É preciso que todos trabalhem em conjunto”. Durante a solenidade, Lunelli também apresentou o Plano Integrado de Segurança Pública integrada do Município e entregou uma cópia ao secretário Michels. O prefeito destacou a necessidade da implantação de políticas alternativas para a segurança pública, “pois o sistema tradicional já está esgotado”.

Chuzaishoo – A Polícia Comunitária contará com seis núcleos e 18 policiais militares, além de oito policiais civis. A SSP está finalizando um estudo para definir os bairros que serão contemplados, tendo como base dados técnicos, especialmente os índices de violência, como roubo e furto. Para o reforço no policiamento em Bento Gonçalves, a Secretaria está investindo R$ 350 mil para a aquisição de viaturas e equipamentos, como coletes e pistolas. Os policiais selecionados participarão do curso de capacitação que terá 40 horas/aula.
Esse projeto, a exemplo do de Caxias do Sul, tem como base o conceito de policiamento comunitário denominado de “Chuzaishoo” (originário do Japão) e traz para o perímetro urbano o conceito japonês que coloca o policial a morar em pequenas comunidades da zona rural.
(Texto e foto: Antônio Candido. Edição: Redação/Secom)

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: MORADOR DE BASTOS, CIDADE MA... Alto funcionário do Banco do Brasil, em Brasília, Agostinho Shinagawa chega a Bastos para gerenciar a agência local; é transferido depois de alguns an...
CAMPINAS: Tadayoshi Hanada retorna à presidência d...   Por aclamação,  Tadayoshi Hanada foi eleito presidente do Instituto Cultural Nipo-Brasileiro de Campinas e estará no comando da entidade no ...
CIDADES/BASTOS: 53ª edição da Festa do Ovo terá ve... A 53ª Festa do Ovo de Bastos será realizada com colaboração financeira do governo do Estado, como resultado do trabalho do deputado federal Junji Abe ...
EXPOSIÇÃO: Registro recebe exposição “Gestos Escul...     A exposição “Gestos Escultórios”, com obras da artista plástica Tomie Ohtake(Foto: divulgação) Acontece nesta quarta-feira (23...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *