CIDADES/DOURADOS (MS): Padilha atende reivindicação de Takimoto e Loubet

 

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, atendeu à solicitação pessoal do deputado estadual George Takimoto (PSL) e do deputado federal Vander Loubet (PT/MS) para que fossem retomados os atendimentos da Unidade Terapia Intensiva Neonatal de Dourados (MS). O pedido havia sido feito em setembro passado, durante visita de Padilha a Campo Grande, quando ele se reuniu com os dois deputados para tratar de reivindicações prioritárias do Estado.

 

Pedido havia sido feito em setembro durante visita do ministro (foto: divulgação)

 

No último dia 25 de outubro o Diário Oficial da União publicou portaria do Ministério da Saúde credenciando os leitos da UTI do Hospital Universitário em Dourados. Ao todo, foram habilitados 15 leitos de UTI adulto, 10 pediátricos e 10 de neonatal. Mais 15 leitos da Unidade de Cuidados Intermediários (neonatal) estavam habilitados pelo governo estadual desde maio.

Mantida pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), a UTI Neonatal estava com seu funcionamento interrompido por decisão do Ministério, o que causou um grave impacto no sistema de atendimento essencial à população que depende do Sistema Único de Saúde. Afinal, a unidade é o único estabelecimento capaz de dar o atendimento específico de neonatal a pacientes dos 34 municípios que formam a Grande Dourados.

“Esse impacto é medonho. É um absurdo, um despropósito mães douradenses, sobretudo as mais humildes, serem obrigadas a procurar a rede privada ou se deslocar com seus bebês recém-nascidos para Campo Grande e outros centros em busca de um socorro que poderia ser prestado dentro da própria cidade ou da própria região”, frisou Takimoto. “Salvar vidas e proteger a saúde humana são as maiores e indiscutíveis prioridades. Isso está em primeiro lugar e certamente as outras questões serão resolvidas, para que o atendimento seja cada vez mais ampliado e qualificado”, completou Vander.

 

Empenho – Takimoto disse que o Hospital Universitário tem todas as condições médicas e técnicas para prestar atenção de ponta à macrorregião. “O ministro foi sensível e rápido, atendeu de pronto à nossa reivindicação. E em nome da saúde pública de toda a Grande Dourados, agradeço, também à dedicação e ao empenho da responsável clínica, a doutora Silvete, que se empenhou neste objetivo, à direção e ao corpo clínico do HU, ao deputado Vander e, obviamente, ao ministro Padilha, que não hesitou em socorrer esta necessidade imperativa de defesa da saúde humana”, concluiu.

 

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

MOGI DAS CRUZES: Contagem Regressiva: Falta menos ...   Festival reunirá nomes cantores nikkeis vencedores do NHK do Japão e grupos de taiko e dança de todo Estado   Faltando duas seman...
ANDRADINA: 1º Encontro de Mulheres Nikkeis tem par... A prefeita Tamiko Inoue recebeu em seu gabinete, no último dia 4, a cônsul-adjunta do Japão, Hitomi Sekiguchi, e a presidente da Sociedade Brasileira ...
BRASILIA: Espaço Cultural do STJ inicia programaçã...   O Espaço Cultural do STJ abre a temporada de exposições de 2013 com a mostra Hana No Sei (Espírito das Flores), de Konomi Miwa. A artista pl...
EMBU DAS ARTES: 7ª Semana de Cultura Japonesa come...   Abre no dia 13 de junho, às 19h, mais uma edição da Semana de Cultura Japonesa. É nova oportunidade para conhecer ou ter contato com a arte ...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *