CIDADES/MOGI DAS CRUZES: 27º Akimatsuri recebe cerca de 80 mil visitantes

Realizado pela Associação Cultural de Mogi das Cruzes (Bunkyo), nos dias 13, 14 e 15, em seu Centro Esportivo, no bairro Porteira Preta, em Mogi das Cruzes (SP), a 27º edição do Akimasturi (Festa de Outono) confirmou as previsões dos organizadores, que esperavam receber um público estimado em cerca de 80 mil visitantes. “Felizmente tudo transcorreu dentro do previsto”, avaliou o presidente do Bunkyo de Mogi, Kiyoji Nakayama. Segundo ele, “foi uma das melhores festas já realizadas nos últimos anos”.

Apresentações artísticas também foram destaque (Aldo Shiguti)

“O tempo ajudou e todos saíram satisfeitos”, comemorou Nakayama, afirmando que “teve barraca de alimentação que ficou sem comida antes do encerramento da festa”. “Devemos nos reunir provavelmente em junho para começarmos a formatar a próxima edição”, antecipou.

O público que compareceu teve um leque de atrações à disposição. Teve Concurso de Miss Akimatsuri, show de ilusionismo com Mário Kamia, apresentação do cantor Joe Hirata, e oficinas de origami e shodô, além do tooro nagashi, exposição de produtos agrícolas e praça de alimentação, entre outras manifestações da cultura japonesa. Destaque também para o Pavilhão Agrícola, que este ano teve sua decoração inspirada no tema “Okaerinassai”, ou, em português, “de voltas às raízes”.

Festa este ano teve como tema Okaerinassai (Aldo Shiguti)

No sábado, a cerimônia de abertura foi transferida para às 14 horas atendendo a um pedido do prefeito de Mogi das Cruzes, Marco Bertaiolli (DEM). Mais cedo, Bertaiolli recebera o ministro do Esporte Aldo Rebelo para a inauguração da Praça da Juventude. O mais novo espaço de lazer e prática esportiva no município irá atender cerca de 50 mil pessoas do Jardim Layr, além de moradores da região do distrito de Braz Cubas.

Em entrevista exclusiva ao Jornal Nippak, Bertaiolli disse que o Akimatsuri representa a valorização da tradição e da história de Mogi. Sobre o tema deste ano, o prefeito afirmou que o município tem se preparado e vem acolhendo bem os dekasseguis que estão retornando após anos no Japão. “Mogi está gerando uma grande oportunidade de empregos”, afirmou Bertaiolli, que em seu discurso lembrou que o Akimatsuri se tornou uma atração turística, atraindo visitantes de cidades vizinhas. “É uma oportunidade de mostrar para a população a vocação agrícola da região e resgatar e incentivar a cultura dos japoneses que residem em Mogi, que tanto contribuíram para o desenvolvimento do município”, disse.

Bertaiolli, Walter, Pedro-Komura, Hélio Nishimoto e esposa (Aldo Shiguti)

Além de Bertaiolli, a cerimônia de abertura contou ainda com as presenças do deputado federal Walter Ihoshi (PSD-SP), dos deputados estaduais Hélio Nishimoto (PSDB) e Luiz Carlos Gondim (PPS); do cônsul Tsuyohi Narita; do representante da Jica no Brasil, Satoshi Murosawa e do vice-presidente da Câmara Municipal de Mogi das Cruzes, Pedro Komura, além do presidente do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), Kihatiro Kita; do presidente do Bunkyo de Mogi, Kiyoji Nakayama; e do coordenador do 27º Akimatsuri, Frank Tuda.

Kiyoji Nakayama discursa ao lado de Grank Tuda e observado por Bertaiolli (Aldo Shiguti)

Kiyoji Nakayama destacou que a festa mobilizou cerca de 30 membros da Comissão Organizadora e mais de mil voluntários, que trabalharam sob a coordenação de Frank Tuda. O presidente do Bunkyo de Mogi das Cruzes agradeceu a Secretaria de Estado da Cultura que destinou R$ 300 mil para o Akimatsuri através de emendas parlamentares dos deputados federais Walter Ihoshi e Junji Abe (PSD-SP) e do deputado estadual Hélio Nishimoto.

Produção agrícola da região foi destaque no Akimatsuri (Aldo Shiguti)

 

Solidariedade – Walter Ihoshi observou que aos organizadores aperfeiçoam o evento a cada ano, tornando o Akimatsuri “uma das grandes festas da comunidade nipo-brasileira do Estado de São Paulo”. Já o deputado estadual Luiz Carlos Gondim disse que o Akimatsuri é uma prova que “agricultura e cultura podem caminhar juntos”. O também deputado estadual Hélio Nishimoto disse que ficou admirado pela “dimensão da festa”. “Nós que estamos no campo da política e representamos a comunidade nikkei e a população de uma forma geral, nos sentimos realizados em poder ajudar um evento como este”.

Já o cônsul Tsuyoshi Narita parabenizou os organizadores e agradeceu a solidariedade e apoio dos brasileiros após a tragédia de 11 de março de 2011. “O Japão recebeu grande soma de doações e calorosas palavras enviadas pelo povo brasileiro e pela comunidade nipo-brasileira que se transformaram em força propulsora para o país se reerguer e reiniciar sua caminhada”, frisou Narita.

(Aldo Shiguti)

 

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL: ‘Tínhamos que dar uma... Aprovada em primeira votação na Câmara dos Deputados, a proposta de redução da maioridade penal de 18 para 16 anos para alguns crimes hediondos deve i...
SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: De Tupã, a Miss Nikkey de Li...   O concurso realizado no dia 4 de agosto, a partir das 18h, no Blue Tree Park Lins, como abertura da VI Semana da Cultura Japonesa, consagrar...
LINS: Mario Ikeda é recebido pelo presidente da Ab... O  delegado da polícia federal aposentado, Mário Ikeda, responsável pela vinda do cantor japonês Itsuki Hiroshi ao Brasil, esteve na cidade paulista d...
SÃO PAULO/HABITAÇÃO: Condomínio projetado pelo arq... Famílias de baixa renda que recebiam auxílio-moradia da Prefeitura de São Paulo receberam no último dia 5 as chaves das primeiras 240 moradias do cond...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *