CIDADES/MONTES CLAROS: Defesa Civil Estadual de MG anuncia parceria com Japão

O município de Montes Claros (MG) deve ganhar uma estação sismográfica fixa para monitoramento de tremores de terra. A novidade foi anunciada durante coletiva de imprensa realizada pela Prefeitura, no último dia 25, pelo secretário-executivo da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais (CEDEC-MG), tenente-coronel PM, Fabiano Villas Boas.

Segundo o comandante, o aparelho já está sendo adquirido através de uma licitação internacional promovida pelo Governo de Minas. No município, a manutenção e uso do sismógrafo contarão com parceria da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes). “Vai ser instalado e funcionar ainda neste ano. Enquanto isso, possíveis tremores serão cobertos pelos sismógrafos que estão vindo da UnB”, disse.

Especialista da UnB tranquiliza população de Montes Claros (foto: divulgação)

 

O militar também anunciou parceria com estudiosos da Universidade de Nagoya para uma visita técnica em Montes Claros: “Especialistas do Japão estão vindo para a cidade. Vai haver convênio de cooperação técnica”.

Fabiano lembrou do empenho de equipe conjunta para atendimento da população durante os últimos sismos registrados na cidade, o maior deles de 4.5 graus na Escala Richter, no dia 19 de maio. “De imediato, criamos posto de comando formado por representantes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, COMDEC e CEDEC. Notamos durante as vistorias danos somente em imóveis onde não existem estrutura mínima com vigas”, relatou.

Por fim, ressaltou ainda que outras ações devem ser estruturadas ao longo do tempo para que, quando acontecerem outros abalos, a população esteja preparada. “As pessoas se assustaram muito. O momento é transmitirmos tranquilidade”, concluiu.

(da Prefeitura de Montes Claros)

 

 

Especialista afirma que “não há motivo para se alarmar”

“Não há motivo para se alarmar. O que as pessoas devem saber é como procederem durante um tremor”. A afirmação é da geofísica e chefe-interina do Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB), Profª. Mônica Giannoccaro Von Huelsen, durante encontro que contou ainda com a presença dos comandos das coordenadorias de Defesa Civil estadual e municipal e de outros órgãos de prevenção e segurança, como Corpo de Bombeiros e Polícia Militar.

A especialista da UnB tranquilizou a população lembrando que o subsolo da região é geologicamente estável, “pois o Brasil está localizado no meio de uma placa tectônica”, e, em Montes Claros, os tremores já registrados até hoje variam de intensidades fracas a moderadas, resultados de acomodações de terras que ocorrem ao longo do tempo. “A terra é dinâmica. Tem esforços agindo em todo o mundo. Chega uma hora em que a parte mais fraca da litosfera se rompe devido a isso”, explica. “Neste momento, é liberada grande energia em forma de ondas sísmicas, que se propagam”, acrescenta.

Em Montes Claros, três técnicos do Observatório Sismológico da Universidade de Brasília já estão em campo para colocar em funcionamento os sismógrafos disponibilizados para a cidade. “Estamos contando com todo apoio da Defesa Civil Municipal e da Prefeitura, que estão nos oferecendo veículos e guias que conhecem a região, além da mão de obra para instalação”, ressaltou. O material possibilitará levantamento científico para análise da extensão dos abalos sísmicos registrados no município.

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

REGISTRO/ESPECIAL: Conheça a história do Tooro Nag... Há cerca de 60 anos, um viajante japonês passou pela região de Registro e hospedou-se numa pensão de Seta Barras. Certa manhã, desceu ao rio para lava...
EXCURSÃO NIKKEY CULTURAL HOTEL TAYO – CALDAS NOVAS... Onibus Super Luxo Saída: 10/08/2015 às 22h Dias 11, 12 e 13/08/2015: Karaokê Dance Volta: 14/08/2015 depois do café da manhã. Reservas: Me...
ARTES: Transformatores ministram curso aberto para...   O Grupo Transformatores, que reúne artistas como Herique Kimura, Ricardo Oshiro e Edna Ambrósio, estão com inscrições abertas para o Curso d...
SILVIA IN TOKYO: Receitas deliciosas com nanohana Flores “nanohana” com montanhas ao fundo, no Lago Biwako. Foto: Mainichi     Sabe os campos lindos de “nanohana” (broccolini) por on...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *