ERIKA TAMURA: Ingressos para os jogos do Corinthians no Japão

 

Eu como corintiana e fã de futebol, morando no Japão, não posso deixar de descrever a correria dos torcedores para comprar ingresso para os jogos do Corinthians no Japão, em dezembro.

As vendas começaram no dia 9 de setembro, e nesse dia a maior parte dos corintianos já estavam à postos para o início da maratona. Sim, uma verdadeira maratona, todos à frente do computador, esperando o site liberar as vendas para garantirem a sua presença nos jogos.

À princípio, as vendas começaram somente para o primeiro jogo do Corinthians, em Aichi, e por incrível que pareça, em 10 minutos o site saiu fora do ar, por causa dos acessos deu pane no sistema, foi uma correria geral para as lojas de conveniência que possuem máquinas que vendem os ingressos, um pouco mais difícil porque está tudo em japonês, mas nada que os torcedores fanáticos não superem com facilidade.

O mais emocionante que constatei com tudo isso, foi a união entre os torcedores corintianos, pois vi a parceria solidária entre todos, um ajudando o outro para que todos possa ter acesso aos jogos. Sem contar que a venda dos ingressos só poderia ser efetuado com cartão de crédito, e a maioria dos brasileiros não possuem cartão de crédito, e aqueles que possuem ajudaram os outros torcedores na compra do ingresso.

Independente do fato de eu ser corintiana, eu confesso que fiquei admirada pois entre os corintianos não houve o interesse financeiro, pois pouco se ouvia falar em cambistas, ou ingressos super faturados, todos repassavam aos colegas pelo mesmo preço que foi comprado. É claro que tem alguns cambistas em ação sim, não posso fechar meus olhos para isso, mas comprovei que a maior parte dos cambistas não são corintianos, são torcedores de outros times tentando levar vantagem sobre os corintianos.

Os representantes da Fifa deram uma entrevista e mostraram-se surpresos com essa demanda dos ingressos.

Na minha opinião não é surpresa nenhuma, pois sei que torcedores fanáticos são capazes de qualquer coisa para acompanhar o seu time, e aqui no Japão, a sub sede da Gaviões da Fiel, possui 700 associados, e se isso somar-se os familiares que os acompanharão nos jogos, o número dobra facilmente, fora isso tem os corintianos que não são associados à Gaviões, mas que nem por isso deixarão de acompanhar os jogos.

Vi pessoas desesperadas por um ingresso, vi pessoas felizes por ter conseguido, vi pessoas torcedoras de outros times em dúvida se vão ou não vão ver os jogos, enfim, vi de tudo nessa corrida maluca em busca de ingressos.

E a Fifa que depois do primeiro pane no site, agiu com mais cuidado, soltando ingressos aos poucos, fazendo com que os ingresso fossem liberados gradativamente, isso fez com que muitas pessoas desesperadas conseguissem o seu.

Eu, por via das dúvidas garanti o meu, e já avisei o meu chefe que enquanto o Corinthians estiver no Japão não vou trabalhar, e por falta de alternativas ele concordou.

Soube que os ingressos da semi final estão esgotados, mas para a final ainda tem, o problema é o preço, um pouco pesado, cerca de 200 dólares…

Mas para quem já mora no Japão ainda é fácil, agora imaginem o torcedor que parte do Brasil, rumo ao Japão para ver o Corinthians, além de caro é bem cansativo, soube até de casos em que muitos torcedores estão vendendo seus carros só para comprar o pacote para vir ao Japão! Isso é que é amor pelo time!

Mas também é pela chan­ce, eu não me perdoaria se o Corinthians viesse ao Japão e eu não fosse vê-lo. Oportunidades únicas, que não podem ser perdidas. Afinal, esse é o último ano que a Toyota Cup será realizada no Japão, pois o ano que vem a sede será em Dubai.

Portanto, vamos participar, até mesmo quem não é corintiano pode chegar, afinal eu sou a favor da paz e democracia dentro dos estádios, pode ser utópico demais, mas seria muito bom se todas as torcidas pudessem conviver uma ao lado da outra. Pois a torcida também faz parte do espetáculo no mundo futebolístico.

 


* Erika Tamura nasceu em Araçatuba e há 14 anos mora no Japão, onde trabalha com desenvolvimento de criação. E-mail: erikasumida@hotmail.com

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

JOJOSCOPE: Washoku – indicado pela Unesco co... O ano de 2013 foi um marco para a Culinária Japonesa. Ela foi reconhecida como Patrimônio Cultural Intangível, pela Unesco, em decisão tomada no Azerb...
MUNDO VIRTUAL: Terrorismo e mundo virtual Como apaixonado pelas questões do mundo virtual, lamentei saber que a internet vem sendo usada por terroristas para recrutar jovens suicidas e que os ...
LEGISLAÇÃO com FELÍCIA HARADA: Excesso de ruído em... Todos têm o direito, entre outros, a paz, ao sossego e a saúde dentro do próprio lar em homenagem ao princípio constitucional da dignidade humana. ( A...
MEMAI: LITERATURA – QUANDO O IMPERADOR ERA DIVINO... O livro narra uma história de ruptura em uma família nipo-americana formada por um executivo bem sucedido, uma dona de casa típica da classe média ame...

One Comment

  1. gostaria de saber se vx tem ingresso ainda???

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *