ERIKA TAMURA: Luiz França, Felipe Hamachi e Gus Fernandes no Japão

Essa semana tive o prazer de ir almoçar e passear pelas ruas de Tóquio com os humoristas Luiz França e Felipe Hamachi, que juntamente com Gus Fernandes estão em turnê pelo Japão.

 

Erika ladeado pelos humoristas Luiz França e Felipe Hamachi (foto: arquivo pessoal)

O cardápio do almoço foi sushi, devidamente escolhido pelos próprios artistas, falávamos animadamente, e Luiz me contou que é a quinta vez que vem para o Japão, e Felipe Hamachi a segunda vez.
A primeira impressão que tive foi a de que os dois estão muito bem adaptados ao Japão, pois saem pelas ruas de Tóquio na maior tranquilidade, pegam trem e fazem compras, mesmo sem saber ler e falar nada. Impressionante!
Marcamos de nos encontrar em Akihabara, um bairro da capital japonesa, e eles saíram da província de Kanagawa, pegaram um trem e chegaram certinho onde eu estava.
Os humoristas até agregaram novas palavras aos seus vocabulários do cotidiano, durante a conversa ouvia-se um “daijiobu” no lugar de tudo bem, “gomen” no lugar de desculpas, sem contar que Luiz chama todos os japoneses de “seu sumimasen” ou “dona sumimasen” (sumimasen significa com licença). Me diverti muito, não preciso nem dizer que ri bastante na companhia deles.
Os humoristas me contaram que adoram vir ao Japão porque além de ser um belo país com uma cultura incrível, tem a comunidade brasileira que aqui vive e que sempre os recebem com o maior carinho. Mas também não poderia ser diferente, afinal não é sempre que recebemos artistas brasileiros por aqui, e com essa humildade é difícil de se ver mesmo.
Luiz França e Gus Fernandes estavam no Japão no dia 11 de março de 2011, o dia do fatídico terremoto seguido de tsunami, passaram por situações inesquecivelmente calamitosas, a mesma incerteza que povoava a minha cabeça também povoava a cabeça deles, com a agravante de que não moravam aqui. E qualquer artista em sã consciência, diria convictamente que nesse país não quero voltar nunca mais, mas o que aconteceu foi o contrário, parece que essa catástrofe criou laços de proximidade com essa terra, e que Luiz França, Gus Fernandes e Felipe Hamachi não hesitaram em querer voltar pra cá!
Realmente admirável, pois após o tsunami, está muito difícil conseguir trazer um artista para o Japão, a maioria tem medo de contaminação por radiação, o que na verdade é falta de informação, acaba transformando-se em medo.
Mas para essa temporada eles sentiram o terremoto como de praxe, mas passaram por uma nova experiência, o tufão! Ficaram assustados com o barulho do vento, e Luiz ainda tentou filmar o tufão da sacada do hotel, claro que não conseguiu, pois quase caiu de lá por causa da ventania.
Mas encararam tudo com muito bom humor, Luiz já acha que está craque em desastres naturais, passou por terremoto, tsunami, tufão…
Luiz França me disse que é fã de uma marca de café de lata que vende aqui no Japão, e que assim que desembarcou aqui a primeira coisa que fez foi comprar esse café na máquina automática.
Essa semana o trio retorna ao Brasil, com a sensação de dever cumprido, mas já pensando no próximo retorno, Luiz e Felipe me disseram que apesar de muito cansados já estão sentindo saudades do Japão. E com certeza vão deixar saudades…

 


*Erika Tamura nasceu em, Araçatuba (SP) e há 14 anos reside no Japão, onde trabalha com desenvolvimento de criação. E-mail: erikasumida@hotmail.com

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

CANTO DO BACURI > Mari Satake: O aniversário do po... Madrugada fria. Quase todos dormem. Ele, solitário, permanece atento em seu posto de observação. Tantos anos ali naquela guarita. De longe, reconhece ...
SHIGUEYUKI YOSHIKUNI: Fujin Kai do Honpa Hongwanji... A Sacerdotisa Tijo Okayama e Diretoria (Foto: Shigueyuki Yoshikuni)   Em assembleia realizada no dia 10, as associadas do Oterá escolheram...
LEGISLAÇÃO com FELÍCIA HARADA: HOME OFFICE EM COND... É inegável a existência de “home offices” em condomínios residenciais. A propagação de profissionais liberais autônomos e o desenvolvimento tecnológic...
BEM ESTAR: SAÚDE Quando tem saúde, tem tudo. Não satisfeitos abusam, esquecem , não valorizam, judiam, boicotam, ate chegarem aos extremos de suas limitações. Po...

One Comment

  1. Ah, os três são incríveis, o Luiz parece ser muito engraçado também, acompanho o trabalho dele com afinco. Acredito que passar por um momento tão marcante da história japonesa os tenha feito sentir, de alguma forma, mais próximos do país, é plausível. Mas não deixam de ser humildes. Deve ter sido legal para os brasileiros que vivem no Japão ter o prazer de recebê-los, matar um pouco a saudade de casa.

    Beijos!

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *