SILVIO SANO: Ah! Um criativo concurso de karaokê!

 

Fui a Campinas para dar um abraço ao, agora professor, Renato Chibana e conferir esse seu intensamente badalado II Karaoke Taikai, conforme constatei no grupo de karaokê do Facebook, a onda da moda para socialização de informações e excelente meio para confraternização… além de “otras cositas mas”. Mas isto é outra história. O evento ocorreu no sábado e domingo, mas só pude ir no domingo, com minha “deusa”, e apenas para um curto período de cinco horas, o que, à primeira vista, não me daria condições para tirar as devidas conclusões a respeito. Ledo engano.

Já conhecia a associação Nipo Campinas, onde ocorreu o evento, mas por ter deixado o carro em uma rua de trás, acabamos entrando pelo espaço das barracas e refeitório, o que foi ótimo para colher a primeira boa impressão, pelo movimento intenso. Sem perda de tempo, fomos ao auditório… lotado. Encontramos muitos amigos. E como!! Daí, foi só utilizar aquele instrumento que ajuda a compensar o período ausente: a “boa conversa”… com os que vieram desde sábado e com os conhecidos da comissão organizadora. Simples assim! Afora isso, sempre muito atento ao andamento da programação e às reações da plateia.

Pois é, usando o formato dos Paulistão e Brasileirão, com acréscimo de alguns detalhes, como um Gran Prix aos “simples mortais” e outro, Golden Prix, em 3 fases, aos já consagrados, o taikai parece ter caído no agrado dos participantes e consagrado um sonho do próprio Renato de propiciar mesmas oportunidades a veteranos e novatos. Parabéns, portanto, ao Renato e aos campeões do Gran Prix Normal, Felipe Ikeda e do Golden Prix, Cinthia Nishimura.

Ou seja, conforme co­mentado no artigo anterior, além dos cuidados com aqueles itens que desagradam aos que participam por tanoshimi… e sem perder o glamour da competição, para se manter a chama acesa e salvar esse extraordinário boom do karaokê há que se usar também da criatividade. Ne, não?

ET: Mesmo agora, pós taikai, o grupo no Facebook manifesta-se intensamente e de maneira favorável ao evento e o próprio Renato, ao agradecer à sua eficiente comissão e a todos que o prestigiaram, enfatizou a simpatia dele aos que cantam por… TANOSHIMI!

 


*Silvio Sano é arquiteto e escritor. E-mail: silviossam@gmail.com

Redação

Redação

nippak@nippak.com.br
Redação

Últimos posts por Redação (exibir todos)

Related Post

BEM ESTAR: Vamos desacumular ? Olá , como vai você ? Hoje vamos abordar um assunto extremamente profundo , mas ao mesmo tempo simples . Vivemos hoje , uma realidade de crise , ins...
ERIKA TAMURA: Quando eu digo que vivo no Japão Decidi escrever esse texto para que as pessoas que não conhecem nada de Japão tenha alguma noção da correria que é viver por aqui. Por mais que os ...
MEMAI: LITERATURA — O SEXO NO JAPÃO SOB OLHAR OCID... Capa de “Vita Sexualis” Vita Sexualis, de Ogai Mori (Estação Liberdade, 2014) aborda um tema que perpassa a história das artes japonesas: o sexo. ...
CANTO DO BACURI > Francisco Handa: Enquanto molhav...   Enquanto molhava os pés   Foi pelas areias molhadas Que caminhei enquanto do lado Esquerdo a água rolava em ondas A rebe...

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *